Importante: China quer se tornar líder de Blockchain no mundo

País quer aproveitar momento para tomar dianteira!

Siga no
Celular na China
Celular na China

De acordo com uma agência de notícias chinesa, o país está de olho na tecnologia descentralizada utilizada pelas criptomoedas. Isso porque o presidente Xi Jinping acredita que a China deve se tornar líder da tecnologia blockchain, ainda em estado emergente.

Certamente o momento é bom para se investir em criar inovação com a tecnologia blockchain. De acordo com presidente chinês, esta tecnologia poderá fazer com que a China tenha novas vantagens industriais.

China tem condições de se tornar líder em tecnologia blockchain no mundo atual?

A situação é a seguinte: a China já possui grandes investimentos em tecnologias diversas, e é uma das potências econômicas do mercado mundial. Com isso, a facilidade de adentrar a um novo mercado, mergulhando no desenvolvimento deste, é muito fácil.

E nesse sentido as palavras de Xi Jinping ganharam força em um pronunciamento do dia 25 de outubro de 2019. De acordo com o portal de notícias chinês Xinhua, a tecnologia blockchain está em um estado emergente, ou seja, inicial. Entretanto, esta tecnologia pode desempenhar um papel importante na transformação industrial.

Assim como Internet das Coisas, finanças digitais, gestão de cadeia de suprimentos, a tecnologia possui grande aplicação. Jinping afirmou que é necessário aproveitar o momento e acelerar os desenvolvimentos nessa área, com aumento de investimentos no setor. Atualmente, a China é um dos países que mais investem em blockchain no mundo.

Ao que parece, o novo pronunciamento do presidente chinês visa mostrar que o país vai se posicionar fortemente na nova tecnologia. A China, que é considerada um país comunista, poderá utilizar a tecnologia blockchain para construir “sistemas mais confiáveis”.

Regulamentação do setor deve ser forte

Para o presidente chinês, a regulamentação do setor de blockchains deve ser forte, assim como a pesquisa e análise dos riscos desta. Além disso, o cenário futuro também é motivo de preocupação, visto que a segurança dos sistemas deve ser imensa.

Xi Jinping enfatizou que a tecnologia blockchain deve conter as redes do estado de direito chinesas, ou seja, as leis do país. Com isso, será responsabilidade dos desenvolvedores de soluções “promover o desenvolvimento seguro e ordenado da blockchain”.

O presidente ainda apontou que os departamentos chineses deverão prestar atenção ao status quo e tendências da tecnologia. Xi Jinping espera que assim, a China se torne um país líder em tecnologia blockchain. Em conclusão, os principais focos seriam:

  • Construir uma rede de poder;
  • Desenvolver a economia digital;
  • e, por fim, promover o desenvolvimento econômico e social.

China irá lançar criptomoeda nos próximos meses

A China certamente não está de olho apenas na capacidade de criar redes blockchain. O país irá lançar também sua própria criptomoeda, assunto abordado até por Mark Zuckerberg em sua visita recente ao congresso dos EUA.

De acordo com um recente estudo da LongHash, a criptomoeda da China está sendo desenvolvida para substituir o dinheiro. De acordo com James Gong, que afirmou que esta pode funcionar, isso seria a maior ironia do setor.

De fato, quando Satoshi Nakamoto criou o Bitcoin, o objetivo principal era substituir os Bancos Centrais. Entretanto, com o anúncio da China, o país irá disputar fortemente com Dólar, utilizando para isso uma moeda criptografada.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Meme dogecoin que circula nas redes.

Mercado cripto sofre uma das maiores quedas já vistas, Dogecoin sobe

As últimas 24 horas foram um pesadelo para alguns investidores em criptomoedas. A primeira moeda a sentir a queda foi o Bitcoin, que perdeu mais...
Mina carvao

Taxa de hash do Bitcoin cai após acidente em mina de carvão na China

O hashrate do Bitcoin caiu cerca de 40% nas últimas 24 horas, de mais de 180 petahashes por segundo para cerca de 105 Ph/s....

Bitcoin desaba com desligamento de mineradoras chinesas e preocupações regulatórias

O Bitcoin despencou mais de 15% neste domingo (18), para cerca de US $ 51 mil, depois de ter alcançado um marco de US...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias