Initiative Q: A saga continua

-

Nos siga no:

A Initiative Q sequer foi lançada, mas já tem uma reputação. Supostamente fundada pelo ex-PayPal, gigante dos pagamentos online, funcionário (e fundador da Fraud Sciences Corp. Adquirida pelo PayPal em 2008), a startup está convidando pessoas a se inscreverem antecipadamente em sua rede de pagamentos e incentivando-os a convidar amigos.

Apesar de anunciar que dois milhões de pessoas de mais de 180 países já se inscreveram para usar a rede assim que for lançada, o sistema da Initiative Q não está oferecendo uma nova criptomoeda ou blockchain. Apesar de afirmar claramente isso em seu site, a Moeda Q foi chamada de “o próximo Bitcoin” por certos sites de notícias.

A Initiative Q trouxe pelo menos duas lições importantes. Em primeiro lugar, seus métodos proativos de marketing são, sem dúvida, algo que as criptomoedas devem tentar imitar e desenvolver.

E em segundo lugar, a suposição equivocada de que a Initiative Q pode ser um ‘novo Bitcoin’ revela que as criptomoedas ainda são dolorosamente mal entendidas, e que precisa trabalhar mais para comunicar ao público em geral que é mais do que um esquema para ‘ficar rico rápido’.

Almoço grátis e Scam

O fundador da Initiative Q, Saar Wilf contou ao site Cryptonews.com que a pré-criação de uma base de usuários para a Initiative Q – mesmo antes de ter um produto – é, na verdade, um componente-chave de seu sistema de pagamento.

Por mais interessante que pareça, essa estratégia de negócios – que também é caracterizada pelo acesso “grátis” de usuários que se cadastrem para receber a moeda Q ainda a ser lançada – resultou em afirmações de que o sistema é uma fraude, um golpe.

Por exemplo, uma pesquisa extremamente informal realizada no Twitter descobriu que 55% dos fãs de criptomoeda acreditam que o Initiative Q é uma farsa.

Enquanto isso, reportagens de importantes jornais como Financial Times e o Mashable descreveram o sistema como um esquema de pirâmide, dado que ele é baseado em pessoas selecionadas sendo convidadas a participar e sendo a elas oferecido dinheiro, tudo na esperança de ganhar mais dinheiro convidando outras pessoas.

A Initiative Q no entanto, nega todas as alegações de que é uma fraude. No início deste mês, ela disse ao Mashable que não se tratava de um esquema de pirâmide: “O principal diferencial é que os potenciais ganhos futuros são o resultado da moeda se tornar amplamente adotada, e não dos outros usuários que terão que pagar para entrar”.

Ainda, falando ao site Cryptonews.com, o fundador Saar Wilf explicou que sua abordagem para o recrutamento de usuários está direcionada a resolver um problema fundamental que afeta novas redes de pagamento.

“A capacidade da Initiative Q de recrutar uma massa crítica de compradores e vendedores para adotar um novo sistema de pagamento, nos permite atualizar simultaneamente toda a infraestrutura de ponta a ponta – algo que ninguém foi capaz de alcançar até agora”, diz ele. “Isso tornará os pagamentos muito mais simples, mais rápidos e mais baratos”.

Initiative Q não é criptomoeda

A Initiative Q não é uma criptomoeda, como confirma Wilf. “O principal atributo de uma criptomoeda é o fato de que elas são descentralizadas e “se autogovernam”. A Moeda Q, por outro lado, será administrada centralmente por um comitê monetário independente democraticamente eleito, separado da companhia Q.”

Dada essa diferença, torna-se curioso saber por que o público e partes da mídia confundiram a Initiative Q com uma criptomoeda, embora o próprio Wilf tenha uma explicação:

_______

“Como o valor do Bitcoin e outras criptomoedas aumentaram significativamente e rapidamente cerca de 12-18 meses atrás, elas receberam muita atenção do público […] e, consequentemente, eu acho que os termos criptomoeda e moeda digital se tornaram sinonimos. Como a Q está oferecendo umA nova rede de pagamento e moeda digital, e muitos esperam que um dia possa ter um valor significativo, essa comparação entre os leigos é esperada “.

Por mais que essa explicação faça sentido, é preocupante para a indústria de criptomoedas e a comunidade. Se o público considera “criptomoeda” simplesmente como “dinheiro eletrônico”, então a criptomoeda claramente fracassou em distinguir suas virtudes distintas – descentralização e imutabilidade – fora da indústria.

E é exatamente por isso que toda a saga da Initiative Q deve ser uma lição para a comunidade de criptomoedas, não por suspeitas de que a moeda Q é um esquema de pirâmide, mas porque o episódio revela quanto trabalho resta para que as criptomoedas obtenham uma adoção generalizada.

Fonte: cryptonews.com

Quer receber novidades no e-mail? Assine nossa  Newsletter.
Anúncio

Bitcointrade - 95% dos depósitos aprovados em até 30 minutos!

Eleita a melhor corretora do Brasil. Segurança, Liquidez e Agilidade. Não perca mais tempo, complete seu cadastro em 5 minutos!

Complete seu cadastro em 5 minutos!
Mateus Nunes
Mateus Nuneshttps://livecoins.com.br
Analista de Sistemas, aprendiz e entusiasta de criptomoedas e blockchain. Sugestão de pauta: [email protected]

Escreva seu comentário:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Atlas. Foto Renata Santos, Livecoins

Plataforma de pagamento deve responder por investimentos perdidos na Atlas Quantum

O caso da Atlas Quantum, ao lado da Unick, foi um dos mais notórios do mercado de criptomoedas brasileiro. A Atlas deixou muita gente...
Prédio do Banco do Brasil (BB)

Hacker que levou R$ 400 milhões do Banco do Brasil foi preso

Na última segunda (1) o Banco do Brasil teria notado que R$ 400 milhões teriam sido levados por um ataque hacker. O alto valor...
Empresa Bitmain é uma das principais a construir máquinas de mineração de Bitcoin

Cofundador da Bitmain invade escritório da empresa com exército privado

O cofundador da Bitmain e ex-presidente da companhia, Micree Zhan, invadiu o escritório da empresa com uma unidade de guardas privados para tentar recuperar...
Cristo Redentor, símbolo no Brasil (Rio de Janeiro), e Bitcoin (BTC)

Ataque hacker na Prefeitura do Rio de Janeiro atrapalha saúde

Na esteira da prevenção ao novo coronavírus, a Prefeitura do Rio de Janeiro foi alvo de um ataque hacker nos últimos dias. Com o...

YouTube não deve remover vídeo de usuário que acusa empresa de ser pirâmide financeira,...

O Tribunal de Justiça do Distrito Federal determinou que o Google Brasil não precisa remover do YouTube, ao menos por ora, um vídeo publicado na...