Investidor da Unick tem processo excluído da justiça por má-fé

Juiz declarou que houve abuso das leis pelo autor de processo e encerrou caso!

Siga no
Estátua da Justiça
Estátua da Justiça

Um dos maiores esquemas de pirâmide financeira com Bitcoin do Brasil foi a Unick. Um investidor que acreditou no esquema de rendimentos da Unick e a processou, teve seu processo excluído da justiça por má-fé.

Encerrada pela polícia federal (PF), após a operação chamada Lamanai, os principais líderes da Unick foram presos. Durante o acirramento da pandemia do novo coronavírus, todos os líderes foram colocados em prisão domiciliar, mas seguem investigados pela justiça brasileira.

Contudo, os ex-clientes da maior pirâmide a usar a imagem do Bitcoin do Brasil continuam esperando o saque dos seus investimentos. Após meses de angústia, nem o mínimo possível foi devolvido, uma vez que nada tem sido encontrado nas contas bancárias de líderes e nem da Unick.

Os casos que chegam na justiça, ainda em 2020, não são nada animadores.

Diretores Unick Forex
Diretores Unick Forex

Um investidor da Unick não consegue mover processo contra empresa, juiz aponta má-fé

Muitos casos envolvendo pirâmides financeiras não conseguem uma resolução fácil na justiça. Em situações como essa, é normal que os líderes das pirâmides ocultem o capital adquirido pelos investidores, mesmo quando vão para a prisão.

A Unick, que é acusada de ter criado um golpe sofisticado, é mais um exemplo da dificuldade de se ter os bens encontrados. Mesmo quando o autor de um processo contra essa pirâmide obtém decisão favorável na justiça, recuperar o dinheiro ainda é uma missão quase impossível.

Nem todos os clientes da Unick, entretanto, têm encontrado facilidades ao registrar um processo contra a empresa. Um investidor do Estado do Amazonas já tentou abrir dois processos contra a Unick, contudo, não conseguiu prosseguir com nenhum deles.

No primeiro processo aberto contra a Unick, ainda em 2019, o investidor alegou ter R$ 59 mil para receber. O valor seria o investimento de R$ 49 mil mais R$ 10 mil de danos morais. O juiz que cuidou do caso, ao analisar o pedido, negou acesso ao benefício de justiça gratuita.

Após isso, o autor não pagou as custas do processo e teve seu caso extinto pelo juiz. Na ocasião, o investidor que processou a Unick não recorreu da decisão do juiz, preferindo ingressar novamente na justiça.

Empresa Unick Forex
Empresa apontada como pirâmide financeira, Unick Forex

Em novo processo contra Unick, juiz aponta situação estranha

O investidor não satisfeito com a decisão, ingressou novamente no Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) com novo processo contra a Unick. Dessa vez, informou que esperava recuperar R$ 36 mil, sendo R$ 31 mil referente ao seu investimento na empresa e mais R$ 5 mil por danos morais.

O novo processo, que não está em sigilo de justiça, corre no TJAM com número 0644830-16.2020.8.04.0001. Novamente, o autor ingressou com pedido de gratuidade na justiça, chamando atenção do juiz que cuidou do caso.

De acordo com o magistrado, o investidor da Unick não pretendeu recorrer do primeiro processo, o que era possível. Além disso, ao ingressar com novo pedido, não citou o antigo caso.

Martelo da Justiça
Martelo da Justiça

Dessa forma, além de negar o pedido de gratuidade da justiça, o juiz condenou o homem a pagar uma multa ao estado. O valor foi fixado em 5% do pedido na ação, ou seja, além de não recuperar seu dinheiro preso na Unick, deverá indenizar em R$ 1800 o sistema judiciário brasileiro. As custas do processo também deverão ser pagas pelo autor.

DECLARO a litigância de má-fé do Autor e o CONDENO a pagar a multa de 5% do valor corrigido da causa, a título indenizatório em favor do Estado-Juiz

Por fim, o caso Unick deixa mais uma jurisprudência aos investidores de pirâmide financeira como legado. Para o investidor acusado de má-fé, que abriu dois processos e não conseguiu decisão favorável em nenhum, a situação é ainda pior.

Leia mais sobre:
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Etiopia-bitcoin

Etiópia descobre bitcoin e volume dispara

O bitcoin chegou à Etiópia, um país africano muito pobre e dividido que se orgulha de nunca ter sido colonizada. A Etiópia é o...
Niall Ferguson

“Bitcoin está vencendo a revolução monetária”, diz premiado historiador da Bloomberg

Niall Ferguson é um premiado jornalista, historiador financeiro, comentarista político e uma figura muito respeitada dentro do mercado financeiro, sendo até um conselheiro de...
Bitcoin-carta-amigos-e-familiares

Desenvolvedor do bitcoin escreve carta para amigos e família: “comprem bitcoin”

O bitcoin continua se mostrando um investimento por diferentes motivos, tanto para quem realiza trades quanto para quem vê a moeda como uma reserva...

Últimas notícias

“Bitcoin está vencendo a revolução monetária”, diz premiado historiador da Bloomberg

Niall Ferguson é um premiado jornalista, historiador financeiro, comentarista político e uma figura muito respeitada dentro do mercado financeiro, sendo até um conselheiro de...

Desenvolvedor do bitcoin escreve carta para amigos e família: “comprem bitcoin”

O bitcoin continua se mostrando um investimento por diferentes motivos, tanto para quem realiza trades quanto para quem vê a moeda como uma reserva...

Comunistas adotam o bitcoin

Use blockchain para “aproveitar os meios de produção monetária”. É assim que começa o livro escrito pelo filósofo Mark Alizart, Criptocomunismo. Ele argumenta que a...