Investidor perde R$ 100 mil em bitcoin após carteira Blockchain ser hackeada

blockchain.com não recomendada. 2,4 unidades de bitcoin foram roubadas por hacker que ainda utilizou carteira de vítima para cometer outros crimes.

Siga no

Um investidor perdeu R$ 100 mil em bitcoin após sua carteira digital ser hackeada. O caso foi apresentado em um fórum de discussão na internet, onde o investidor relatou sua perda. Segundo o usuário, após transferir 2,4 bitcoins para sua carteira digital, as criptomoedas simplesmente sumiram.

Hackers aproveitam da vulnerabilidade de sistemas e equipamentos para acessar criptomoedas de terceiros. Smartphones que não recebem atualizações, por exemplo, podem ser locais facilmente acessados por experts no assunto. Desse modo, a proteção em relação as criptomoedas deve ser redobrada em busca de proteger os ativos digitais.

Investidor perdeu 2,4 bitcoins na carteira digital

A Blockchain.com possui uma das carteiras digitais mais conhecidas no mercado de criptomoedas. Com milhares de usuários, essa carteira digital pode armazenar várias criptomoedas como o bitcoin, por exemplo. Mas, nem mesmo toda a tecnologia por trás da Blockchain.com pode garantir a proteção as criptomoedas.

Segundo o relato do usuário no Reddit, um celular antigo foi utilizado para acessar a carteira Blockchain.com. O modelo era da marca Apple, sendo um iPhone 5s. O investidor alega que criou um novo ID Apple, bem como um novo e-mail para acessar uma nova carteira digital na Blockchain.com.

Mas, nem mesmo com novos dados o usuário estava seguro de ataques. Após transferir 2,4 bitcoins para a nova carteira digital, o investidor alega que não mais utilizou o smartphone. Até que ele percebeu que as criptomoedas foram roubadas.

Usuário não sabe o que aconteceu com bitcoins

Sem saber o que realmente aconteceu, o usuário pediu ajuda no Reddit. Para o investidor, o problema poderia estar relacionado ao aparelho, ou então, seria uma invasão a carteira digital.

A transferência dos quase R$ 100 mil em bitcoin aconteceu no último dia 26 de agosto de 2019. Após deixar o smartphone “de lado”, o usuário foi conferir suas criptomoedas. Porém, dois dias depois em que o depósito foi realizado, as criptomoedas simplesmente sumiram da carteira digital.

Segundo um comentário na própria publicação no Reddit, outro usuário isenta a responsabilidade do smartphone. Segundo a resposta, as criptomoedas estavam armazenadas na Blockchain.com. Ou seja, o problema envolve um ataque a carteira digital e não ao telefone utilizado pelo usuário.

Outras transações foram realizadas pelo criminoso

Um detalhe no roubo dos bitcoins chama a atenção pela audácia dos invasores da carteira digital. O usuário mostrou que, após ser roubado, sua carteira digital ainda foi utilizada pelo criminoso em outras transações.

Imagens publicadas pelo investidor mostram várias transferências de bitcoins feitas para sua carteira digital de contas desconhecidas. Segundo a publicação, essas transferências podem estar relacionadas a roubos de criptomoedas de outros investidores.

Para o usuário adm8877, sua carteira digital ainda foi usada para “lavar” bitcoins de outros roubos. No dia 01 de setembro sua carteira digital recebeu 0,64 (BTC) que logo foram transferidos para outro endereço.

A façanha também foi repetida pelo hacker nos dias 03 e 10 deste mês. Respectivamente foram transferidos 0,4 e 0,39 (BTC) para a carteira. Essas frações de criptomoedas podem pertencer a outros investidores, que supostamente também foram roubados.

Transações da carteira hackeada

Quer utilizar uma carteira de bitcoin segura? Conheça a KriptoBR

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Paulo Carvalho
Jornalista em trânsito, escritor por acidente e apaixonado por criptomoedas. Entusiasta do mercado, ouviu falar em Bitcoin em 2013, mas era que nem caviar, "nunca vi, nem comi, só ouço falar".
Bitcoin em celular e Tesla ao fundo

Tesla revela que mantém US$ 1,3 bilhão em bitcoin

Empresas listadas em bolsas de valores devem divulgar trimestralmente seus resultados para os acionistas e mercado financeiro em geral. Essa política mantém transparente as...
Empresário observando a rede Bitcoin na cidade

Maior companhia de telecomunicações da Tailândia vai minerar Bitcoin

Uma das maiores empresas de telecomunicações da Tailândia vai minerar Bitcoin e pretende ser uma referência na Ásia neste setor. A Jasmine Telecom Systems (JTS)...
Michael Saylor Kitcon News

Michael Saylor: “Bitcoin vai durar 3950 anos, invista no que foi feito para durar...

Michael Saylor é um dos grandes apoiadores do Bitcoin e um dos mais conhecidos defensores da criptomoeda, sempre falando bem dela e de seus...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias