Itália vai pesquisar Blockchain e anuncia especialistas

O que sairá de bom dessa caixinha?

-

Siga no
Anúncio

A terra do panetone e das pizzas vai entrar com tudo na tecnologia blockchain, já tendo inclusive anunciado que terá 30 especialistas nas pesquisas da área.

De acordo com o site do Ministério de Desenvolvimento Econômico italiano, foi definido os 30 membros que irão liderar a Estratégia Nacional de Blockchain.

O perfil dos profissionais é mesclado entre engenheiros, cientistas da computação, telecomunicações, especialistas em finanças e direito também.

Anúncio

Entre o histórico profissional da equipe de destaque na Itália sobre Blockchain, um deles tem passagem pela TIM e outros tem passagens em várias empresas grandes do país, e espera-se portanto que o que a comissão descobrir tenha peso para o futuro da blockchain no país.

Cabe o destaque que a intenção da comissão não é apenas observar blockchains públicas como Bitcoin e Ethereum, mas também as blockchains privadas que são conhecidas como DLT.

Em Setembro de 2018 o primeiro ministro do país já havia mostrado o seu interesse em trabalhar com a pesquisa na área, assim como em Inteligência Artificial e IoT.

Os países tem buscado conhecer de maneira sólida o cenário de blockchain, de forma que possam atuar de maneira concisa, algo que muitos critícos das regulamentações acreditam que poderia ferir o potencial criativo em que o setor se posiciona.

O mercado despertou para Blockchain por volta de 2013, muito em cima do início da Ethereum e seu projeto, pois até então, o assunto só era discutido como uma camada da rede Bitcoin utilizada para transações.

A tecnologia é muito nova para se regulamentar de forma rígida, o que poderia sufocar potenciais projetos que podem ajudar a melhorar a qualidade de vida das pessoas globais.

O Japão é um destaque positivo no modelo de regulamentação a criptomoedas e blockchain atualmente.

De acordo com o portal de notícias Cointelegraph no dia 05 de dezembro, a Itália foi um dos sete países europeus a assinar uma declaração que promete incentivar a adoção da blockchain (DLT), junto com Malta, França, Portugal, Chipre, Espanha e Grécia.

O bloco europeu tem se movido em frente para regulamentações e entendimento sobre a tecnologia, tendo Portugal uma política clara sobre o assunto, seguiremos acompanhando o que sairá do Velho Continente nesse sentido.

Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Leia mais sobre:
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Leia mais

ONU (Nações Unidas, Blockchain e Bitcoin)

USP participou na ONU de Blockchain Central UNGA

O estado de São Paulo foi representado na 75.ª Assembleia Geral da ONU na última semana, e com a participação da USP em um...
Rede social Twitter e Bitcoin (Blockchain)

Blockchain é o futuro do Twitter, afirma Jack Dorsey

O CEO do Twitter, Jack Dorsey, participou nessa sexta-feira (25) do Oslo Freedom Forum 2020. Durante a conversa, Jack deixou claro que a tecnologia...
Nouriel Roubini

Nouriel Roubini ataca DeFi: “é um vaporware”

O termo DeFi toma as manchetes do mercado de criptomoedas e de economistas renomados em 2020. De acordo com o analista financeiro Nouriel Roubini,...

Últimas notícias

USP participou na ONU de Blockchain Central UNGA

O estado de São Paulo foi representado na 75.ª Assembleia Geral da ONU na última semana, e com a participação da USP em um...

Corretora de criptomoedas perde R$ 1 bilhão após ser hackeada

A KuCoin, uma das maiores corretoras de criptomoedas do mundo perdeu US $ 200 milhões (R$ 1.1 bi) após ser hackeada. O ataque aconteceu...

Grande banco dos EUA é acusado de participação em golpe com criptomoedas

O esquema de pirâmide OneCoin foi o maior esquema ponzi recente, sumindo com bilhões de clientes, levando a prisões e até mesmo a uma...