Japão pode ter ETF Bitcoin em breve

Siga no

Depois de desistir de seus planos de permitir a listagem de derivativos baseados em criptomoedas e instrumentos como os contratos futuros de bitcoin nas bolsas devido a um ponto de vista de que esses produtos são suscetíveis à especulação, a Agência de Serviços Financeiros do Japão (FSA) está agora procurando ETFs que rastreiam os ativos digitais.

A FSA está avaliando o interesse da indústria em moedas digitais com rastreamento de ETFs, informou a Bloomberg.

Estima-se que tais ETFs no Japão poderiam reavivar o apetite de investidores de varejo. O mercado de ETFs do Japão vale US $ 335 bilhões (com cerca de 75% de propriedade do banco central), comparado com US $ 3,7 trilhões de ETFs em circulação nos EUA, de acordo com o relatório.

Até agora, os reguladores norte-americanos e europeus não aprovaram ETFs em Bitcoin, alegando preocupações com a manipulação de preços ou a segurança dos ativos de subjacentes.

Jake Chervinsky, analista de valores mobiliários e analista de criptomoedas, estima que a Comissão de Câmbio e Segurança dos Estados Unidos (SEC) nunca permitirá a ocorrência de um ETF Bitcoin. Comentando os rumores de que este instrumento possa vir a público em breve, Chervinsky disse que “uma mudança de regra proposta é auto-aprovada se a SEC não tomar uma decisão dentro do prazo, mas na realidade, isso nunca aconteceria”.

 

Quanto aos próprios ETFs, alguns especialistas também não acreditam neles. Tyrone Ross, sócio-gerente da NobleBridge Wealth, uma empresa de gestão de investimentos e planejamento estratégico, disse que não era fã de um ETF Bitcoin e que não deixaria seus clientes “chegarem perto”. Ele tem certeza de que as criptomoedas dentro de um ETF só confundiria as pessoas que não entendem de criptomoedas ou ETFs.

E ele não está sozinho. Andreas Antonopoulos, um evangelista e empreendedor do Bitcoin, também acha que os ETFs são uma ideia terrível e que “violam fundamentalmente o princípio do dinheiro peer-to-peer, em que cada usuário opera não através de um custodiante, mas tem controle direto de seu dinheiro porque eles têm controle direto de suas chaves. ”Ele avisa que o ETF Bitcoin pode se tornar um instrumento para manipular os preços do bitcoin.

Enquanto isso, os contratos futuros de bitcoin têm sido a palavra de ordem no mundo das criptomoedas ultimamente, a Bakkt e a Eris Exchange LLC devem começar a oferecer tais contratos no início de 2019. Além disso, a CoinfloorEX, pretende oferecer os derivados de algumas das maiores criptomoedas para investidores de varejo da Ásia no início de fevereiro.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Mateus Nuneshttps://livecoins.com.br
Analista de Sistemas, entusiasta de criptomoedas e blockchain. Tradutor do site Bitcoin.org Sugestão de pauta: mateus@livecoins.com.br
Vídeo com Deepfake da Ruja, líder da Onecoin, promete novo golpe com Bitcoin

‘Rainha do Bitcoin’ está de volta? Suposto vídeo de líder é publicado no Youtube

Um vídeo publicado no YouTube afirma que Ruja Ignatova, conhecida como 'Rainha do Bitcoin' está de volta. Ela é líder da Onecoin, um golpe...

A China é para o bitcoin o que a Dilma foi para o movimento...

Há quem acredite que os maiores precursores e catalisadores do movimento libertário no Brasil foram pessoas como Daniel Fraga, Raphael Lima (Ideias Radicais) ou...
Bitcoin dentro de livro criptomoeda blockchain vocabulário

Academia Brasileira de Letras inclui “criptomoeda” em vocabulário atualizado da língua portuguesa

Mais um vocabulário brasileiro adiciona o termo "Criptomoeda", reconhecendo assim na língua portuguesa a palavra que tanto chama atenção dos brasileiros nos últimos anos. No...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias