Japão pode ter ETF Bitcoin em breve

Siga no

Depois de desistir de seus planos de permitir a listagem de derivativos baseados em criptomoedas e instrumentos como os contratos futuros de bitcoin nas bolsas devido a um ponto de vista de que esses produtos são suscetíveis à especulação, a Agência de Serviços Financeiros do Japão (FSA) está agora procurando ETFs que rastreiam os ativos digitais.

A FSA está avaliando o interesse da indústria em moedas digitais com rastreamento de ETFs, informou a Bloomberg.

Estima-se que tais ETFs no Japão poderiam reavivar o apetite de investidores de varejo. O mercado de ETFs do Japão vale US $ 335 bilhões (com cerca de 75% de propriedade do banco central), comparado com US $ 3,7 trilhões de ETFs em circulação nos EUA, de acordo com o relatório.

Até agora, os reguladores norte-americanos e europeus não aprovaram ETFs em Bitcoin, alegando preocupações com a manipulação de preços ou a segurança dos ativos de subjacentes.

Jake Chervinsky, analista de valores mobiliários e analista de criptomoedas, estima que a Comissão de Câmbio e Segurança dos Estados Unidos (SEC) nunca permitirá a ocorrência de um ETF Bitcoin. Comentando os rumores de que este instrumento possa vir a público em breve, Chervinsky disse que “uma mudança de regra proposta é auto-aprovada se a SEC não tomar uma decisão dentro do prazo, mas na realidade, isso nunca aconteceria”.

 

Quanto aos próprios ETFs, alguns especialistas também não acreditam neles. Tyrone Ross, sócio-gerente da NobleBridge Wealth, uma empresa de gestão de investimentos e planejamento estratégico, disse que não era fã de um ETF Bitcoin e que não deixaria seus clientes “chegarem perto”. Ele tem certeza de que as criptomoedas dentro de um ETF só confundiria as pessoas que não entendem de criptomoedas ou ETFs.

E ele não está sozinho. Andreas Antonopoulos, um evangelista e empreendedor do Bitcoin, também acha que os ETFs são uma ideia terrível e que “violam fundamentalmente o princípio do dinheiro peer-to-peer, em que cada usuário opera não através de um custodiante, mas tem controle direto de seu dinheiro porque eles têm controle direto de suas chaves. ”Ele avisa que o ETF Bitcoin pode se tornar um instrumento para manipular os preços do bitcoin.

Enquanto isso, os contratos futuros de bitcoin têm sido a palavra de ordem no mundo das criptomoedas ultimamente, a Bakkt e a Eris Exchange LLC devem começar a oferecer tais contratos no início de 2019. Além disso, a CoinfloorEX, pretende oferecer os derivados de algumas das maiores criptomoedas para investidores de varejo da Ásia no início de fevereiro.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Mateus Nunes
Mateus Nuneshttps://livecoins.com.br
Analista de Sistemas, entusiasta de criptomoedas e blockchain. Tradutor do site Bitcoin.org Sugestão de pauta: mateus@livecoins.com.br

Investidores confundem “bitcoin gold” com BTG Pactual e moeda dispara 200%

O valor da criptomoeda bitcoin gold (BTG), que surgiu em 2017 como uma cópia do Bitcoin, valorizou 200% nos último 7 dias. O motivo...

XRP sobe 200% em 30 dias e alcança maior valor de 3 anos

A criptomoeda XRP, emitida pela Ripple, continua sua tendência de alta neste final de semana. A moeda digital valorizou 136% nos últimos 7 dias...

Ethereum será atualizado em 14 de abril, Bitcoin vai comer poeira?

Está previsto para a próxima quarta-feira (14 de abril) a mais nova atualização da plataforma Ethereum. Chamada de Berlin, o update da rede foi...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias