John McAfee é indiciado por golpe com criptomoedas

McAfee, que tem acesso ocasional ao Twitter da prisão, publicou um post em que classificou as acusações da SEC de “exageradas”.

Siga no
mcafee satoshi nakamoto

O empresário de tecnologia e ex-magnata do antivírus John McAfee foi indiciado pelo Departamento de Justiça dos Estados Unidos (DoJ) por lavagem de dinheiro e acusações de fraude.

O procurador dos Estados Unidos de Nova York e o FBI revelaram a acusação contra John McAfee e Jimmy Watson por fraude em títulos. De acordo com um comunicado à imprensa publicado pelo Departamento de Justiça, McAfee foi indiciado por uma série de acusações relacionadas às suas operações com criptomoedas e sua chamada “Equipe McAfee”.

Em um comunicado, a procuradora dos Estados Unidos de Manhattan, Audrey Strauss, disse:

“A McAfee e o Watson exploraram uma plataforma de mídia social amplamente usada e o entusiasmo entre os investidores no mercado emergente de criptomoedas para ganhar milhões por meio de mentiras e engano.

“Os réus supostamente usaram a conta do Twitter da McAfee para publicar mensagens para centenas de milhares de seus seguidores no Twitter, divulgando várias criptomoedas por meio de declarações falsas e enganosas para ocultar seus verdadeiros motivos de interesse próprio”.

Golpes com criptomoedas

McAfee e seu sócio foram indiciados por conspiração para cometer fraudes de commodities e valores mobiliários, fraude eletrônica e crimes de conspiração de lavagem de dinheiro decorrentes de dois esquemas relacionados a criptomoedas.

Os promotores americanos afirmam que a equipe da McAfee acumulou mais de US $ 13 milhões de investidores e acrescentaram que essas acusações foram levantadas após investigações ocorridas em 2017 durante a corrida das criptomoedas que se estendeu até 2018.

McAfee se defende

McAfee, que tem acesso ocasional ao Twitter da prisão, publicou um post em que classificou as acusações da SEC de “exageradas”.

Ele explicou como ele e sua equipe escolheram moedas para promover em sua página do Twitter de 2017 a 2019.

Segundo ele, eles avaliaram cada moeda construindo seu julgamento sobre a equipe de gestão, planos de negócios e potencial que a moeda tinha. Ele acrescenta que era impossível prever a quebra do mercado de altcoins.

Além disso, a McAfee afirma que não foi pago em dólares americanos, mas nas moedas que estava promovendo – aquelas que quebraram mais tarde.

E mesmo quando todas aquelas altcoins quebraram, o pioneiro do antivírus continua, ele nunca vendeu uma única moeda daquelas que recebeu como pagamento.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Livecoins
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.

Repressão global às criptomoedas pode estar chegando, alerta CEO da Kraken

Recentemente o Bitcoin e várias outras criptomoedas tiveram uma alta surpreendente, com muitas alcançando novas máximas históricas (como é o caso do Bitcoin e...

Dogecoin passa banco Itaú, Santander e Bradesco em valor de mercado

Dogecoin, a criptomoeda feita como uma piada, surpreendeu o mundo após disparar 150% em poucas horas e ser negociada por um valor recorde de...

Pelé terá coleção NFT na plataforma Ethernity

Edison Arantes do Nascimento, conhecido mundialmente como Pelé, é o mais famoso jogador de futebol da história e é um grande ícone para os...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias