JPMorgan admite que estava errado sobre Bitcoin (de novo) e prevê preço em $ 140 mil

O maior banco dos EUA, JPMorgan, o mesmo que chamou o Bitcoin de fraude há alguns anos, admitiu que a moeda digital “continua” a se recuperar fortemente nas últimas duas semanas, se aproximando da marca de $ 19 mil, desafiando sua avaliação anterior de que as posições de sobrecompra do bitcoin poderiam desencadear a realização de lucros e queda em curto prazo.

A informação é mostrada em um gráfico de interesse por contratos futuros da CME – usado provavelmente por CTAs – o interesse continuou a subir vertiginosamente nas últimas duas semanas, apontando para um aumento de posição ao invés de uma reversão de posição.

O relatório tem assinatura do banco.

Em setembro de 2017, cerca de três meses antes do Bitcoin atingir o maior recorde histórico de quase $ 20.000 por unidade e cair logo depois, Jamie Dimon, O CEO do JPMorgan lançou uma bomba. Ele disse que o Bitcoin era uma “fraude”.

Em maio deste ano o banco voltou atrás começou a permitir transferências de clientes para a Coinbase e a Gemini , duas corretoras cripto com sede nos Estados Unidos.

Dimon disse que “algumas ‘pessoas muito inteligentes’ estão investindo em bitcoin atualmente.”

E mais recente ele disse:

“O potencial de alta a longo prazo para o Bitcoin é considerável, acreditamos, pois ele compete mais intensamente com o ouro, uma vez que a geração do milênio se tornaria com o tempo um componente mais importante do universo dos investidores.”

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.

Últimas notícias