JPMorgan faz alerta sobre preço do Bitcoin

JPMorgan, um dos maiores bancos dos EUA, publicou um relatório com muitas previsões sobre o futuro do Bitcoin.

Siga no
Banco dos EUA JPMorgan - Bitcoin BTC Criptomoedas
Banco dos EUA JPMorgan - Reprodução/Flickr

Depois de prever que o preço do Bitcoin poderia chegar a US $ 146 mil ainda este ano, o analista do JP Morgan, Nikolaos Panigirtzoglou, agora está fazendo um alerta sobre o futuro da moeda digital.

O estrategista acredita que se o Bitcoin não voltar rápido para a marca de $ 60 mil, os sinais de impulso começarão a desaparecer, afirmando que US $ 60.000 é um nível de “vida ou morte” para os touros.

Segundo ele, o Bitcoin está enfrentando resistência devido a um acúmulo de posições compradas no mercado de contratos futuros, o que pode significar um grande problema para a maior criptomoeda do mundo.

“Nos últimos dias, os mercados de contratos futuros de Bitcoin experimentaram uma liquidação acentuada de forma semelhante a meados de fevereiro, janeiro e novembro passado”, disse Panigirtzoglou em um relatório da Bloomberg.

De acordo com Panigirtzoglu, os traders, incluindo consultores de commodities e fundos de criptomoedas, foram pelo menos parcialmente responsáveis ​​por gerar grandes volumes de posições compradas em contratos futuros de Bitcoin durante várias semanas e por fechá-las nos últimos dias.

Nessas três ocasiões, o impulso geral do fluxo foi forte o suficiente para permitir que o Bitcoin rapidamente ultrapassasse os limites-chave, gerando novos acúmulos de posição por parte dos traders, disse o estrategista.

“Se veremos uma repetição dos episódios anteriores na conjuntura atual, ainda não se sabe”, disse, acrescentando que a probabilidade de acontecer novamente parece menor porque a queda do “momentum” parece mais avançada e, por sua vez, mais difícil de reverter.

“Os sinais de momentum decairão naturalmente daqui por vários meses, devido ao seu nível ainda elevado”, disse.

Momentum” é um indicador técnico calculado como a diferença entre o preço atual e algum tempo atrás.

O Bitcoin subiu para US $ 65.000 no dia 14 de abril, quando a corretora mais popular dos EUA, Coinbase, abriu capital na NASDAQ.

No dia seguinte houve uma liquidação de cerca de US $ 10 bilhões, o que pode ser interpretado como uma armadilha de touros.

O estrategista do banco, portanto, espera que o ímpeto recorde do Bitcoin diminua lentamente a partir de agora.

O analista enfatizou que com as liquidações nos contratos futuros do Bitcoin, o apetite pelo ativo diminuiu e os investidores ficariam mais cautelosos. O analista, que dá a entender que está esperando pelo menos alguns meses de consolidação para o Bitcoin, é claro que espera que isso afete também outras criptomoedas (altcoins).

Além disso, Panigirtzoglou apontou que há uma desaceleração dos investimentos institucionais e afirmou que é possível que o preço do Bitcoin não ultrapasse US $ 60.000 por um tempo.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Livecoins
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.
Criptomoeda Ethereum preço

Taxas do Ethereum ultrapassam R$ 1.550

Fazer uma transação na rede Ethereum agora custa mais de US $ 300, cerca de R$ 1.564 - o motivo é que a rede...
ICP Internet Computer

O que é a “Internet Computer”? Criptomoeda já nasce no top 5 do mercado

Uma nova criptomoeda surpreendeu o mercado nesta terça-feira (11), ao alcançar a oitava posição em valor de mercado. Criada há alguns anos, o projeto...

Token Shiba Inu prejudica Ethereum, diz especialista

O fenômeno das criptomoedas meme, como a Shiba Inu, por exemplo, atrapalha o funcionamento da rede Ethereum. A análise foi feita pelo especialista em...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias