Juventus pede registro de marca no Brasil e cita suporte a criptomoedas

Registro da marca "JUVE" no Brasil.

Camisa da Juventus Football Club
Camisa da Juventus Football Club

Um dos maiores clubes italianos de futebol da atualidade, a Juventus pediu um registro de marca no Brasil e colocou as criptomoedas como foco em sua chegada ao país.

Campeão do Campeonato Italiano 2019 e 2020, a Juventus vem se destacando no cenário do futebol nos últimos anos, recebendo até a passagem do jogador Cristiano Ronaldo em seu elenco por algumas temporadas. Isso mostra que o clube se destacou muito e segue lutando para chegar ao topo do futebol internacional.

Ainda que na quarta posição do atual campeonato em 2022, mesma posição que terminou em 2021, a Juventus se movimenta no extracampo para chegar até o Brasil. Isso porque, o clube protocolou no INPI em fevereiro último um registro de sua marca no país.

O que a Juventus espera fazer no Brasil com sua marca no setor de criptomoedas?

Da classe NCL(11) 35, que envolve a consultoria em gestão de negócios, a Juventus Football Club, conhecida também como “A Velha Senhora” ou “Juve”, pretende aplicar seus conhecimentos no mercado esportivo brasileiro.

E a marca a ser registrada é justamente a JUVE, que está contando com ajuda do escritório Ariboni, Fabbri e Schmidt Sociedade de Advogados, representante legal do pedido.

Com relação ao mercado de criptomoedas, a Juventus chega ao Brasil querendo trabalhar com consultoria na área, seja publicitária, de marketing, aconselhamento empresarial, entre outras questões mais.

Consultoria publicitária na área de tecnologia blockchain e criptomoeda; consultoria comercial na área de blockchain tecnologia e criptomoeda; consultoria de marketing na área de tecnologia blockchain e criptomoeda; Prestação de aconselhamento empresarial no domínio da tecnologia blockchain e criptomoedas; Fornecimento de informações comerciais no domínio da tecnologia blockchain e criptomoedas; fornecendo informações comerciais no domínio da tecnologia blockchain e moedas virtuais; fornecendo consultoria e informações comerciais no campo da tecnologia blockchain e gestão de ativos de criptomoedas“.

Juventus pediu registro de sua marca no Brasil com foco em consultoria envolvendo até criptomoedas
Juventus pediu registro de sua marca no Brasil com foco em consultoria envolvendo até criptomoedas /INPI

É claro que o pedido de marca apenas não deixa totalmente clara as intenções da empresa no Brasil, visto que pode acontecer um registro apenas para uso futuro, contudo, pode ser que esse recurso nem mesmo seja utilizado.

O Livecoins pediu ao clube comentário sobre o registro de marca no Brasil, mas não foi possível obter mais detalhes até o fechamento dessa matéria.

Juventus já tem fan token

A relação da Juventus com o mercado de criptomoedas já começou há alguns anos, com o clube lançando seu fan token em parceria com a empresa Socios.com.

Com alta de 2% nas últimas 24 horas, o Juventus Fan Token (JUV) tem em seu principal mercado a corretora Binance, nos pares USDT e BTC, que representam quase 70% do volume de negociações desta sexta-feira (4).

Não está claro se o pedido de registro de marca também tem relação com a novo chegada ao Brasil em uma eventual consultoria no setor.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias