Início Altcoins Kroger abandona Visa e estuda aceitar criptomoedas, gigante dos EUA

Kroger abandona Visa e estuda aceitar criptomoedas, gigante dos EUA

Rede de supermercados Americana

-

Kroger abandona Visa e estuda aceitar criptomoedas

Uma das maiores redes de supermercados dos Estados Unidos, Kroger, anunciou recentemente que está banindo os cartões de crédito Visa como forma de pagamento em seus estabelecimentos. Alguns dias após essa decisão a rede anunciou a possibilidade de aceitar pagamentos em criptomoedas em um futuro próximo.

Kroger, decidiu não aceitar os cartões Visa em 250 lojas da rede, incluindo 142 supermercados e 108 postos de gasolinas em vários estados dos Estados Unidos.

A empresa anunciou que a decisão foi tomada como um protesto ao excesso de taxas e custo de transações cobradas pela processadora de pagamentos Visa e que a intenção é voltar para formas de pagamentos de baixo custo como dinheiro e abandonar os cartões de crédito de uma vez por todas.

Cartões de credito custam ao empreendedor ou estabelecimento entre 1.5% ha 5% do valor da transação. O objetivo maior é diminuir os custos e manter o preço dos produtos baixo para o cliente.

Bitcoin e outras criptomoedas podem ser uma alternativa promissora para a rede Kroger como forma de pagamento, especialmente porque o custo de transação é baixo.

No dia 3 de março Anthony Pomplano (@APomplano), um especialista em criptomoedas, revelou no Twitter que discutiu pessoalmente com um representante da Kroger sobre auxiliar a rede de supermercados a adicionar pagamentos em criptos. 

Como um dos líderes na indústria de alimentos, esse tipo de atitude drástica da Kroger pode ativar competidores e outras indústrias a tomarem atitudes similares.

Alto custo com Cartões de Crédito

Pequenas e grandes empresas no mercado atual estão criando estratégias para competir em um mercado global e eliminar o alto custo cobrado pelos processadores de pagamentos certamente cria uma vantagem competitiva para todos.

Isso porque em muitos casos as redes de cartões como Visa, Mastercard, American Express e outros essencialmente monopolizam o mercado de pagamentos digitais.

Não existem outras opções a não ser aceitar cartões para basicamente não arriscar perder seus clientes ou não competir no mercado. Quase um monopólio, que talvez possibilitou a Visa a inflacionar suas taxas além da expectativa do mercado.

Com tudo isso, o custo de usar cartão de crédito é muito alto. Consequentemente, Kroger e possivelmente outras empresas estão buscando alternativas para o processamento de pagamentos nas lojas e na internet.

Opções que existem há anos, como o dinheiro em espécie continuam sendo uma ótima alternativa para o uso em lojas. Mas na internet os cartões de crédito possuem um domínio quase total.

Criptomoedas, ou melhor, o dinheiro digital é a alternativa que já está sendo usada por várias empresas, não só pelo fato de ser de baixo custo, mas também pelo nível de segurança, privacidade que cripto moedas proporciona.

Kroger será possivelmente a primeira grande rede de supermercados a implementar e popular essa nova forma de pagamento. Seguimos aguardando novidades sobre a implementação.

Por: MamãeCrypto

Nexo

Empréstimos na hora por transferência bancária usando sua criptomoeda como garantia sem vendê-la. Ganhe juros de até 8% ao ano em suas Stablecoins.

Comece agora
Curta nossa página no Facebook e também no Twitterpara começar e terminar o dia bem informado. Cadastra-se também na Newsletter para receber em seu e-mail.
Michelle Mafrahttp://mamaecrypto.blogspot.com
Mãe na ativa, empreendedora e cripto entusiasta. Meu foco é ser uma ponte de informação segura sobre cripto moedas, trazendo muitas novidades diretamente da California. Autora o livro e Ebook: O Guia da Litecoin (LTC) Voluntária da Equipe West Coast USA da Litecoin Foundation

MAIS LIDOS

CVM não reconhece acordo proposto pela Genbit

A CVM (Comissão de Valores Mobiliários) não reconheceu a proposta (Termo de Compromisso) apresentada pela Genbit - antiga Zero10 Club – para tentar encerrar...

Unick Voltou? “Unick International” promete trazer empresa de volta

Unick Universal, este é o nome da suposta "nova Unick". Em um vídeo que circula nas redes sociais, e um novo site, o projeto...

“De 5 mil, apenas 40 criptomoedas possuem liquidez”, afirma trader

Um trader e analista de criptomoedas, Willy Woo, afirmou que pouquíssimas criptomoedas são consideradas "bons investimentos". O trader utilizou dados do Coinmarketcap para apontar...

Criador do C++ repudia o uso de sua linguagem de programação para criação do bitcoin

O cientista da computação dinamarquês Bjarne Stroustrup, criador da linguagem de programação C++, comentou sobre sua frustração com o uso da linguagem de programação...

Cliente acusa maior youtuber de Bitcoin do Brasil de fazê-lo perder R$ 90 mil com pirâmide

O YouTuber Ronaldo Silva, dono do canal Ronaldo Silva – Bitcoin RS, com mais de 161 mil inscritos e que oferece há anos o...

CEO de corretora de bitcoin vai encarar 16 anos de prisão por fraude de R$ 1.6 bi

O presidente de uma empresa que alegava ser uma "corretora de bitcoin", da Coreia do Sul foi sentenciado a 16 anos de prisão. O...

Escreva seu comentário:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

CVM não reconhece acordo proposto pela Genbit

A CVM (Comissão de Valores Mobiliários) não reconheceu a proposta (Termo de Compromisso) apresentada pela Genbit - antiga Zero10 Club – para tentar encerrar...

Unick Voltou? “Unick International” promete trazer empresa de volta

Unick Universal, este é o nome da suposta "nova Unick". Em um vídeo que circula nas redes sociais, e um novo site, o projeto...

“De 5 mil, apenas 40 criptomoedas possuem liquidez”, afirma trader

Um trader e analista de criptomoedas, Willy Woo, afirmou que pouquíssimas criptomoedas são consideradas "bons investimentos". O trader utilizou dados do Coinmarketcap para apontar...

Criador do C++ repudia o uso de sua linguagem de programação para criação do bitcoin

O cientista da computação dinamarquês Bjarne Stroustrup, criador da linguagem de programação C++, comentou sobre sua frustração com o uso da linguagem de programação...