Lá vem eles: SEC quer contratar um especialista em criptomoedas

Um cargo chave para o futuro das criptomoedas!

-

Siga no
Anúncio

A SEC (Securities and Exchange Commission) é o órgão dos EUA que regulamenta o mercado mobiliário. Seu trabalho é análogo ao da CVM do Brasil.

De acordo com informações do portal Coindesk, a SEC estaria em busca de contratar um especialista em criptomoedas.

A vaga de emprego teria sido postado no USAJOBS, um portal que disponibiliza vagas de emprego do governo.

Características da vaga de especialista em criptomoedas

Anúncio

A vaga é para trabalhar full-time, com período de inscrição iniciado no último dia 29 de março até o próximo dia 12 de abril.

O contratado trabalhará na capital do país, Washington – DC, com salário anual entre U$ 144 mil e U$ 238 mil.

O contratado terá várias atribuições, devendo ser cidadão norte-americano ou residente legal do país. Poderá ainda passar por um período de experiência de dois anos.

SEC busca aumentar seu conhecimento sobre o tema

A SEC busca com este especialista ter uma base de conhecimento maior acerca das criptomoedas.

Prováveis regulamentações futuras do órgão e normas para o mercado de criptomoedas dos EUA podem vir deste profissional.

Algumas visões atuais da SEC

Recentemente o presidente da SEC se colocou contra o argumento de que o Ethereum (ETH) é um ativo mobiliário.

Além disso, no órgão há uma comissária que foi até apelidada de “mamãe cripto”, que é a Heister Peirce.

Pierce é uma esperança para a comunidade de criptomoedas mundial, que vê com bons olhos a atuação positiva no debate da regulamentação.

Em fevereiro de 2019, em uma entrevista exclusiva ao BreakerMag, Pierce afirmou que dentro da SEC “todos nós da comissão estamos sendo forçados a enfrentar agora”.

Pierce afirmou que dentro do órgão há uma pressão pela regulamentação do mercado cripto. Para a comissária nomeada em 2018 por Trump, as inovações devem ser livres para crescer, sendo uma regulamentação algo ruim para a inovação no país.

“Pelo que ouvi, há incerteza regulatória suficiente para que as pessoas evitem fazer sua inovação nos EUA ou estão evitando os investidores norte-americanos. E isso obviamente não é algo que queremos”

Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Leia mais

Verificador de saldo de endereços bitcoin

Verifique o Saldo de Endereços Bitcoin

O Verificador de Saldo de Endereços Bitcoin já está disponível. Desenvolvido no Brasil, o aplicativo permite verificar facilmente o saldo de diversos endereços bitcoin...
ONU (Nações Unidas, Blockchain e Bitcoin)

USP participou na ONU de Blockchain Central UNGA

O estado de São Paulo foi representado na 75.ª Assembleia Geral da ONU na última semana, e com a participação da USP em um...
Hacker. Imagem: Cortesia Pixabay

Corretora de criptomoedas perde R$ 1 bilhão após ser hackeada

A KuCoin, uma das maiores corretoras de criptomoedas do mundo perdeu US $ 200 milhões (R$ 1.1 bi) após ser hackeada. O ataque aconteceu...

Últimas notícias

USP participou na ONU de Blockchain Central UNGA

O estado de São Paulo foi representado na 75.ª Assembleia Geral da ONU na última semana, e com a participação da USP em um...

Corretora de criptomoedas perde R$ 1 bilhão após ser hackeada

A KuCoin, uma das maiores corretoras de criptomoedas do mundo perdeu US $ 200 milhões (R$ 1.1 bi) após ser hackeada. O ataque aconteceu...

Grande banco dos EUA é acusado de participação em golpe com criptomoedas

O esquema de pirâmide OneCoin foi o maior esquema ponzi recente, sumindo com bilhões de clientes, levando a prisões e até mesmo a uma...