League of Legends infectado com malware de mineração de Monero

Siga no
league of legends malware monero LOL
League of Legends/Reprodução

Foi encontrado um script de mineração de criptomoedas ilícito no jogo MOBA mais popular do mundo, League of Legends. Mais especificamente nas Filipinas, onde o servidor foi comprometido e o cliente do jogo estava minerando Monero.

O relato sobre o malware foi feito pela primeira vez por um redditor filipino chamado u/Lestergonzaga. Ele descobriu que os clientes do servidor Garena do popular jogo online estavam silenciosamente sendo infectados por um malware de mineração malicioso.

PSA: League of Legends Philippines client is using your PC as a bitcoin miner. from r/leagueoflegends


O malware minerava Monero em segundo plano enquanto os jogadores jogavam partidas de League of Legends (LOL).

O malware mantinha conexão com o Coinhive, popular software de mineração de criptomoedas.

League of Legends é muito popular no mundo dos jogos online, gerando mais de um bilhão de dólares em receita anual para a gigante Riot Games.

O MOBA funciona com duas equipes de 5 jogadores cada disputando entre si, escolhendo entre uma variedade estonteante de personagens com habilidades diferentes.

No entanto, parece que a poderosa Riot Games não está imune a hackers. Claro que isso causou, naturalmente, preocupação entre os jogadores do League of Legends.

Como a mineração de criptomoedas ilícita prejudica o desempenho do computador, a jogabilidade dos jogadores pode ser facilmente afetada.

Para aqueles que não jogam MOBAs, os jogadores de tais jogos são geralmente muito hardcore, e qualquer coisa que afete o desempenho de sua equipe, como um jogador novato, é geralmente tratado com total desdém (e muitos e xingamentos).

Depois que Lestergonzaga postou sua descoberta no subreddit do jogo, outros jogadores relataram também, chegando a conclusão que todos os jogadores que usaram o cliente Garena foram impactados pelo malware.

LOL minerando monero

A equipe da Garena, informou a remoção do malware de seu sistema e prometeu aos usuários que o incidente nunca mais acontecerá.

Relatos de especialistas em segurança de criptomoedas sugerem que quase 1 em 20 Monero (XMR) é explorado maliciosamente.

Josh Grunzweig, pesquisador da Palo Alto Networks, descobriu que aproximadamente 5% de todo Monero em circulação foram explorados por hackers.

League of Legends é um dos jogos de PC mais populares do mundo. Se um servidor nas Filipinas foi alvo do malware de mineração, é possível que outros servidores tenham sido alvos também.

Fique atento para mais informações sobre o hack do Monero através dos servidores do League of Legends – isso pode ser o primeiro de muitos.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Mateus Nuneshttps://livecoins.com.br
Analista de Sistemas, entusiasta de criptomoedas e blockchain. Tradutor do site Bitcoin.org Sugestão de pauta: mateus@livecoins.com.br

Criptomoedas mais populares atualmente são de jogos

De acordo com medidores de popularidade de criptomoedas, uma nova tendência parece estar começando dentro do mercado de criptomoedas: a popularização dos ativos ligadas...

Sob pressão regulatória, maior corretora de Bitcoin do mundo decide limitar saques de novos...

A Binance, maior corretora de criptomoedas do mundo, sempre teve uma postura não muito rígida em relação as regras de KYC (identificação de clientes)...
Movimentos de baleias em gráfico do Bitcoin

Baleias compraram 170 mil bitcoins nas últimas cinco semanas

Um recente estudo publicado pela Santiment revelou que as baleias (grandes detentores) compraram 170 mil bitcoins nas últimas cinco semanas, avaliados em cerca de...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias