Unick Forex: Maior golpe com Bitcoin do Brasil roubou R$ 12 bilhões, diz PF

Empresa usava a imagem do Bitcoin para prometer ganhos milagrosos aos clientes. Polícia Federal concluiu inquérito no começo desta semana.

Siga no
Polícia Federal
Polícia Federal/Foto por: Surian Soosay

Um dos maiores esquemas fraudulentos a utilizar Bitcoin para aplicar golpes no Brasil teve seu inquérito concluído pela Polícia Federal na última terça-feira (11). Após dois anos de investigações, a PF concluiu que a Unick Forex roubou R$ 12 bilhões com esquema de pirâmide.

Ainda que muitos hoje se apresentem como vítimas, vários líderes acabaram ajudando o esquema fraudulento da Unick.

Apresentando o Bitcoin como uma solução mágica, que renderia 30% ao mês, os líderes captavam novos investidores para o negócio. Com a entrada dos novos, os antigos eram pagos, configurando este como um claro esquema de pirâmide financeira, considerado crime de estelionato no Brasil.

O inquérito da PF agora será enviado para o processo criminal contra 15 pessoas.

Unick Forex roubou R$ 12 milhões em esquema, maior parte do dinheiro ainda não foi encontrado pela justiça brasileira

Convenções em hotéis de luxo, vida fácil e altos ganhos mensais eram os principais chamarizes da Unick Forex. Com sede no Rio Grande do Sul, o negócio acabou se expandindo para todo o Brasil, acumulando escritórios e líderes entusiasmados com o sucesso do agora provado golpe.

Na época das atividades, a Unick Forex chamou muita atenção, e mesmo após mudar seu nome para Unick Academy, ainda continuava a atrair novos investidores. Muitos que se colocam como vítimas do negócio eram, na verdade, líderes que ajudavam na captação de novas pessoas para a pirâmide financeira.

Com o esquema, a PF apontou na conclusão do inquérito que a Unick Forex roubou R$ 12 bilhões. Ou seja, essa é uma das maiores pirâmides financeiras já instaladas no Brasil, que acabou após a deflagração da Operação Lamanai, em 2019.

De acordo com o Portal GZH, as informações obtidas pelos investigadores agora serão encaminhadas para a justiça, que deverá anexar os documentos nos processos criminais que correm contra 15 líderes da Unick.

Vale o destaque que a maior parte do dinheiro roubado pela Unick Forex nunca foi encontrado. Dessa forma, não está claro se a conclusão do inquérito policial ajudará a resolver esse mistério.

Carros de luxo já foram leiloados, mas dinheiro deverá ficar a disposição da justiça

Em busca de reaver o dinheiro roubado pela pirâmide financeira de São Leopoldo (RS), a justiça já vendeu alguns dos bens que haviam sido apreendidos. Os carros de luxo da Unick Forex, por exemplo, já foram leiloados, com o dinheiro das vendas ficando à disposição da justiça federal.

Isso porque, a justiça brasileira considera que a Unick Forex cometeu um crime contra a União. Ou seja, as “vítimas” da Unick Forex, que investiram e convidaram pessoas para realizar investimentos, não seriam os verdadeiros sofredores.

O caso ilustra bem os danos que uma pirâmide financeira podem causar para investidores. Independente do ativo escolhido pelos golpistas, seja Bitcoin, Energia Solar ou Avestruz, o golpe segue a mesma dinâmica: rendimentos fixos acima da média e a necessidade de entrar novas pessoas para manter o esquema funcionando.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Robert Kiyosaki Imagem: Instagram

“Compre Bitcoin e Ethereum antes do maior crash da história”, alerta autor de “Pai...

Robert Kiyosaki, o autor do livro de finanças pessoais "Pai rico, Pai Pobre", insiste que as pessoas se protejam da maior crise do mundo,...
Elon Musk alerta sobre criptomoedas. Imagem: TMZ

Elon Musk pede agilidade para que Dogecoin faça melhorias

Após passar um tempo afastado das criptomoedas, esta semana Elon Musk voltou a se mostrar mais ativo no Twitter. Após a AMC divulgar estar...
Itajaí Moeda digital de recompensa

Itajaí vai dar moeda digital para quem contribuir com meio ambiente

O município de Itajaí, no estado de Santa Catarina, vai dar uma moeda digital para a população que contribuir com o meio ambiente. A novidade...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias