Início Bitcoin Mais de 150 policiais apreendem 1.720 máquinas de minerar Bitcoin

Mais de 150 policiais apreendem 1.720 máquinas de minerar Bitcoin

Megaoperação contra local que estava roubando energia da rede elétrica.

Mais de 150 policiais foram chamados para uma megaoperação e apreenderam milhares de máquinas de minerar Bitcoin na ação.

A mineração de Bitcoin é uma atividade essencial a rede da moeda digital descentralizada, levando mais segurança ao setor. Para isso, são utilizadas máquinas específicas para mineração, as chamadas Asics.

Um dos pontos que chama atenção nesses equipamentos eletrônicos é justamente seu alto consumo de energia, que acaba sendo um problema para quem realiza a atividade. Em operações de mineração clandestinas, contudo, operadores costumam fazer o famoso “gato” na rede elétrica, prática considerada furto.

Mais de 154 policiais apreendem milhares de máquinas de mineração de Bitcoin

Na Malásia, país 32 milhões de habitantes, uma megaoperação chamou a atenção da população local nesta semana. Revelada pela Polícia de Perak nesta sexta-feira (30), a operação aconteceu no distrito de Lumut.

A ação envolveu um total de 21 Policiais Seniores com 133 Perak Oficiais de Polícia Contingentes com assistência 15 Técnico Especial e 6 membros da Estação de Bombeiros e Resgate de Sitiawan.

Deflagrada a operação, o objetivo dos policiais era realizar batidas em 75 endereços suspeitos. Destes, 30 estabelecimentos tiveram máquinas de mineração encontradas, em plena atividade.

O portal Harian Metro foi até o local onde as máquinas foram exibidas pela polícia e viu a vasta quantidade de equipamentos apreendida pelas autoridades.

Essa é a segunda grande operação feira por autoridades da Malásia em 2021, visto que em julho de 2021 as autoridades também divulgaram um vídeo de um trator destruindo 1 mil máquinas de mineração no país.

Prejuízo de milhões para companhia de energia

O resumo da operação teve um balanço positivo na visão das autoridades, que afirmaram ter detido um homem chinês de 28 anos durante a operação. Não está claro, segundo informações divulgadas pela polícia, se essas instalações pertenciam a uma empresa ou se eram vários operadores distintos operando do país.

No total, foram apreendidas 1720 unidades de máquinas de mineração de Bitcoin, 15 monitores, 22 gabinetes, 16 teclados, 7 mouses, 56 equipamentos modem, 1 Toyota Hilux, entre outros itens mais. O valor total do confisco é de aproximadamente RM 3,5 milhões, o equivalente a R$ 4,6 milhões.

A companhia de energia Tenaga Nasional Berhad (TNB) sofreu uma perda de aproximadamente RM 2 milhões devido ao uso ilegal de eletricidade, segundo a polícia, uma perda estimada de R$ 2,66 milhões.

Como visto anteriormente pelas autoridades da Malásia, é possível que os equipamentos sejam destruídos novamente, saindo de vez do mercado de criptomoedas. O homem preso poderá responder por furto de energia, sendo que o caso deverá ser melhor investigado com a apreensão dos materiais.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples.

Acesse: https://coinext.com.br.