Marcos Elias, fundador da Empiricus, confessa crimes à justiça dos EUA

Siga no
Imagem: Pixabay

O brasileiro Marcus Elias, investidor internacional e sócio-fundador da consultoria Empiricus, confessou à justiça norte-americana uma série de crimes financeiros. Ele é acusado de ter feito parte de um esquema que roubou US$ 750 mil de uma conta em um banco de Nova York.

Em decorrência das acusações, Marcus foi preso em junho de 2018 na Suíça, sendo depois extraditado para os EUA em 28 de agosto a pedido do FBI (polícia federal americana).

Em comunicado emitido no último dia 4 pela justiça americana, o procurador Geoffrey S. Berman, de Nova York, afirma que Elias “se confessou culpado de conspiração para cometer fraude econômica”, agravada pelo “roubo de identidade para obter fraudulentamente mais de US$ 750 mil”. Para isso, segundo o comunicado, Elias usou “falsas representações e identidades roubadas de correntistas brasileiros”.

Segundo o procurador, “ele cometeu esse crime verdadeiramente internacional por meio de uma empresa de fachada no Panamá, uma conta bancária em Luxemburgo e usando a identidade roubada de um correntista brasileiro”.

Cenas do crime

O esquema funcionava assim: segundo a justiça, Elias se passava por funcionário de uma empresa que tinha conta em um banco em Nova York. Dessa forma, se comunicava com o gerente do banco diretamente e, em determinado momento, começou a solicitar transferências da conta da empresa para outra, em Luxemburgo, repasses que ultrapassaram US$ 750 mil.

Para que o banco de Nova York acreditasse nele, a conta criada em Luxemburgo teria de estar no nome da empresa brasileira. A solução engenhosa desenvolvida para o esquema foi criar uma empresa no Panamá com o mesmo nome da brasileira e, com essa empresa, abrir a conta em Luxemburgo.

Detalhe é que tanto a empresa, como a conta em Luxemburgo e até o e-mail usado por Elias, tudo foi criado poucos dias antes de começarem as movimentações.

Com a confissão, segundo a nota da procuradoria, Marcos Elias agora aguarda sua condenação pelos crimes.

Mais sobre Marcus Elias

Elias é investidor internacional e sócio-fundador da Empiricus, consultoria voltada a pessoas físicas que publica informações e dicas diárias sobre investimentos diversos, de renda fixa a ações e criptomoedas.

No mundo dos investimentos, Elias é considerado um prodígio. Tendo cursado engenharia na Poli-USP e feito MBA nos EUA, já aos 22 anos era analista de ações e, aos 30, chegou a analista-chefe do banco francês BNB no Brasil.

A Empiricus é também uma das donas do site político “O Antagonista”, um dos mais fortes bunkers montados contra o governo Dilma Rousseff, engajado na campanha que culminou com o impeachment.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Sui Teixeira
Sui Teixeira é jornalista desde 2001, formada pela USP. Trabalha ainda como produtora de jingles, é programadora amadora e entusiasta de ciência e tecnologia.
Shiba-Inu

Um dólar investido na criptomoeda Shiba Inu há um ano rendeu R$ 2 milhões

O preço da Shiba Inu (SHIB) renovou hoje seu recorde histórico em US$ 0,00004447. Ao longo de um dia, a criptomoeda meme viu seu...
Epic Games

Epic Games abraça jogos de criptomoedas banidos da Steam

De acordo com o tweet publicado por Tim Sweeney, CEO da Epic Game Store, a loja online irá aceitar jogos com tecnologias baseadas em...
Baleia Bitcoin. (Imagem: Adobe Stock)

Baleias movem R$10 bilhões em duas transações após correção do Bitcoin

Após o preço do Bitcoin voltar para a região dos 60 mil dólares depois de ter quebrado sua alta máxima de 66 mil, duas...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias