Inicio Bitcoin Marcos Elias, fundador da Empiricus, confessa crimes à justiça dos EUA

Marcos Elias, fundador da Empiricus, confessa crimes à justiça dos EUA

-

Compartilhe
Imagem: Pixabay

O brasileiro Marcus Elias, investidor internacional e sócio-fundador da consultoria Empiricus, confessou à justiça norte-americana uma série de crimes financeiros. Ele é acusado de ter feito parte de um esquema que roubou US$ 750 mil de uma conta em um banco de Nova York.

Em decorrência das acusações, Marcus foi preso em junho de 2018 na Suíça, sendo depois extraditado para os EUA em 28 de agosto a pedido do FBI (polícia federal americana).

Em comunicado emitido no último dia 4 pela justiça americana, o procurador Geoffrey S. Berman, de Nova York, afirma que Elias “se confessou culpado de conspiração para cometer fraude econômica”, agravada pelo “roubo de identidade para obter fraudulentamente mais de US$ 750 mil”. Para isso, segundo o comunicado, Elias usou “falsas representações e identidades roubadas de correntistas brasileiros”.

Segundo o procurador, “ele cometeu esse crime verdadeiramente internacional por meio de uma empresa de fachada no Panamá, uma conta bancária em Luxemburgo e usando a identidade roubada de um correntista brasileiro”.

Cenas do crime

O esquema funcionava assim: segundo a justiça, Elias se passava por funcionário de uma empresa que tinha conta em um banco em Nova York. Dessa forma, se comunicava com o gerente do banco diretamente e, em determinado momento, começou a solicitar transferências da conta da empresa para outra, em Luxemburgo, repasses que ultrapassaram US$ 750 mil.

Para que o banco de Nova York acreditasse nele, a conta criada em Luxemburgo teria de estar no nome da empresa brasileira. A solução engenhosa desenvolvida para o esquema foi criar uma empresa no Panamá com o mesmo nome da brasileira e, com essa empresa, abrir a conta em Luxemburgo.

Detalhe é que tanto a empresa, como a conta em Luxemburgo e até o e-mail usado por Elias, tudo foi criado poucos dias antes de começarem as movimentações.

Com a confissão, segundo a nota da procuradoria, Marcos Elias agora aguarda sua condenação pelos crimes.

Mais sobre Marcus Elias

Elias é investidor internacional e sócio-fundador da Empiricus, consultoria voltada a pessoas físicas que publica informações e dicas diárias sobre investimentos diversos, de renda fixa a ações e criptomoedas.

No mundo dos investimentos, Elias é considerado um prodígio. Tendo cursado engenharia na Poli-USP e feito MBA nos EUA, já aos 22 anos era analista de ações e, aos 30, chegou a analista-chefe do banco francês BNB no Brasil.

A Empiricus é também uma das donas do site político “O Antagonista”, um dos mais fortes bunkers montados contra o governo Dilma Rousseff, engajado na campanha que culminou com o impeachment.

Curta nossa página no Facebook e também no Twitter para começar e terminar o dia bem informado. Cadastra-se também na Newsletter para receber em seu e-mail.

MAIS LIDOS

NuCoin: clientes sugerem Nubank a criar sua própria criptomoeda

O Nubank poderia aceitar as sugestões dos usuários e criar sua própria criptomoeda. É assim que pensa parte da comunidade do banco, que levantou...

Banco Central da Argentina dá força para o Bitcoin

Com a inabilidade em resolver os problemas da inflação, o Banco Central da Argentina dá força para o Bitcoin (BTC). Essa moeda digital ganha...

Bilionário perde R$ 512 milhões em Bitcoin após “comprar na alta e vender na baixa”

Masayoshi Son, bilionário japonês fundador do Softbank Group, perdeu mais de US $ 130 milhões (R$ 512 milhões) em investimento em Bitcoin depois de comprar...
 
Compartilhe
close-link
Siga o Livecoins nas redes sociais para começar e terminar o dia bem informado!