Mark Cuban diz que as pessoas preferem pagar com Dogecoin

Bilionário Mark Cuban dogecoin
Bilionário Mark Cuban

Em recente entrevista à FOX Business, Mark Cuban, o bilionário americano dono da equipe de basquete Dallas Mavericks, afirmou que as pessoas gostam de usar criptomoedas para comprar ingressos de jogos e outros produtos do clube.

Além disso, o bilionário explicou que há diferenças entre o uso de criptomoedas, enquanto uma é mais usada para reserva de valor, outra é mais usada para compras e assim por diante.

A expectativa do bilionário é que seu clube obtenha ainda mais receita advinda de vendas com criptomoedas após a temporada começar, seja em Doge ou bitcoin.

As diferenças entre as criptomoedas

Segundo Cuban, cada criptomoeda tem um foco diferente. Enquanto o Bitcoin está sendo fortemente usado como uma reserva de valor, devido a sua oferta limitada em 21 milhões de unidades, outras como Doge são mais usadas diariamente para pagamentos pelo motivo oposto, não há um limite máximo de moedas a serem imprimidas, sendo bem provável que ela não valorize tanto quanto o BTC.

“Eu acho que [o bitcoin] é uma alternativa melhor do que ouro, mas nem toda criptomoeda é igual. Você coloca o Bitcoin na categoria ‘reserva de valor’, então você vai para outras como o Ethereum.”

Em relação ao Ethereum, segunda maior criptomoeda por valor de mercado, Cuban explicou que por conta de seus contratos inteligentes e outras funcionalidades, ela acaba sendo mais utilizada por aplicativos descentralizados, servindo para pagar as taxas.

Público está usando criptomoedas para comprar ingressos e produtos

Segundo o bilionário, cada vez mais as pessoas estão usando criptomoedas no dia a dia, como ele mesmo notou nas vendas de ingressos de jogos e produtos da loja do seu clube, o Dallas Mavericks.

“Há muitas pessoas pagando com Dogecoin. Nós vendemos milhares e milhares de dólares por mês fora da temporada e, assim que a temporada começar, eu espero que este número seja semanal com a Dogecoin – e isso se deve ao fato de que é fácil gastar Doge, ela não valoriza tanto a ponto das pessoas desejarem guardá-las para sempre.”

Ao ser questionado se ele possui Dogecoin em seu portfólio, o bilionário revelou que tem apenas 1.500 dólares em Doge, apenas por zoeira, segundo ele. Admitindo que nunca disse a ninguém que a Doge é um bom investimento e sim que ela apenas serve para introduzir as pessoas as criptomoedas e ao seu mercado.

A chegada das criptomoedas no mundo físico abre uma nova porta para as criptomoedas, a iniciativa do Dallas Mavericks em aceitá-las como forma de pagamento é um grande passo para que o uso de intermediários, como exchanges, sejam eliminados da equação. Fazendo com que o usuário tenha uma melhor experiência ao trabalhar com criptos.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Henrique Kalashnikov
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias