Review masternode

 

Full Node

Vamos começar explicando o que é um Node para melhor entender o tema. Para isso, vamos falar do Bitcoin que é a primeira moeda de todas utilizadas hoje em dia, uma rede segura pela sua mineração Proof-of-Work (POW) e também pelos seus nodes. Veja aqui a lista de nodes de Bitcoin mundial.

 

Rodar um Full Node (Nó completo) da rede Bitcoin ajuda a segurança da rede da mesma forma que a mineração. A diferença é que a mineração efetivamente cria novos bitcoins e é recompensada por seu trabalho prestado a segurança da rede. Já o Full Node da rede Bitcoin registra os balanços da wallets e ajuda a verificação das transações, mais não é recompensado por seu trabalho.

 

Masternode

Sabendo sobre o Full Node já temos uma boa noção do trabalho desempenhado pelo Masternode Nó Mestre), ele é de certa forma um Full Node também, ou seja, presta serviço a rede da moeda com a segurança da mesma e nesse caso também é recompensado pelo seu trabalho, sendo essa uma das vantagens do masternode. A recompensa de um masternode é de moedas geradas pelos blocos gerados nas transações ou mesmo das taxas de rede.

 

O processo de se tornar um masternode é POS-like, ou seja, se assemelha a mineração Proof-of-Stake (POS), mais não é exclusiva desse método de mineração, também existindo masternodes de moedas com mineração POW. Estamos citando isso para que todos possam entender essa diferença, que não é exclusivo de moeda com mineração POS, porém o processo de rodar um masternode e ser remunerado por isso se assemelha muito ao processo POS.

 

Um exemplo de masternode é a moeda DASH que utiliza mineração POW e possui masternodes para garantir a segurança de suas redes e os usuários podem participar de debates e atividades de marketing, entre outras atividades, para serem recompensados pela sua participação ativa na rede e solução de problemas. Algumas pessoas estudam também a DECRED e sua mineração POS como um masternode pois trabalha com um sistema de votação de tickets e são recompensados por ser ativos na rede, que para quem está estudando cabe uma olhada nesse sistema de recompensas que se mostra promissor.

 

Esse método de manter suas criptomoedas em algum local e prestar serviços a rede é uma forma de renda passiva, ou seja, você é recompensado por prestar um trabalho de validação e segurança, entre outros, de um projeto que aposta que irá dar certo. Há alguns sites que mostram alguns exemplos de masternodes e o quanto eles estão remunerando ao mês e ano para efeito de comparação. Segue uma lista para quem está pesquisando essa modalidade de investimento de alguns sites para que procure conhecer a rentabilidade de algumas moeda:

 

Obviamente que rodar um masternode é um investimento e por isso deve ser escolhido com muito carinho e dedicação, afinal o investimento não é baixo, e em muitos casos hoje já nem é uma realidade mais. Para realizar esse investimento e esperar bons frutos deve se investir em uma boa quantidade de moedas para ter a possibilidade de recompensa, e com isso alguns dos principais pontos a serem observados são:

  1. Rentabilidade (ROI)
  2. Payback (é um indicador que pela volatilidade pode ser impactado, mais não deve ser desconsiderado)
  3. Conhecimento do projeto
  4. Visão de longo prazo da moeda
  5. Qual é a facilidade e recompensa de ser um masternode

Dash Masternode

Como anteriormente comentamos da criptomoeda Dash, a mesma possui um sistema de masternode e fomos atrás de conhecer o seu sistema e trazer para vocês mais informações. Para rodar um masternode DASH é recomendado um computador seguro, com IP dedicado que ficará a disposição da rede por 24 horas. Deve possuir também 1.000 DASH em uma carteira própria nesse computador. A cotação da Dash no dia 07/03/2018 é de R$ 1.704,66, ou seja, investir nessa data em um sistema de masternodes DASH sai por R$ 1.704.663,4, sem considerar aqui a energia e internet a ser paga para manter o sistema rodando. A DASH estima que a cada sete dias o masternode é recompensado com 2 DASH, ou seja, R$ 3.409,33 por semana e R$ 13.637,31 ao mês (considerei a cotação na data observada). Para calcular então o prazo do retorno do investimento (PAYBACK) considerando que o fluxo de rendimento se mantenha estável, calculamos investimento inicial / resultado médio do fluxo de caixa: R$ 1.704.663,4 / R$ 13.637,31 = 124.9. Ou seja, hoje investir em um masternode DASH, mantendo o rendimento mensal e mesmo valor da moeda em 10 anos pagará o seu investimento. Obviamente que é um indicador para se ter noção, pois se a moeda valorizar muito a partir da data observada impacta a nossa conta, assim como a remuneração de 8 DASH ao mesmo caso seja alterada. Veja mais aqui e aqui sobre o sistema masternode da DASH.

 

Rodar um masternode então, é uma forma de acreditar e apoiar um projeto cripto e ser remunerado por isso, além de alguns projetos serem considerados uma boa poupança visto sua remuneração anual, podendo ser uma espécie de renda fixa das criptomoedas (sic). É óbvio que possui riscos apostar em qualquer projeto, esse mercado é novo, volátil e você pode perder todo o seu dinheiro investido, por isso, só aposte o que pode perder, estude muito antes de tomar uma decisão para investir o seu suado dinheiro.

 

Quer saber quais os melhores masternodes de 2018, clique aqui!

 

Já conhece as carteiras de Bitcoin em forma de Hardware? As melhores e mais famosas do mundo são da empresa Ledger, possui suporte a várias criptomoedas, inclusive a tokens Ethereum, acesse o seguinte link e compre a sua agora mesmo com segurança e renome na comunidade Bitcoin Brasil do Facebook: Jr Envios – Ledgers

Link para cadastro na Binance aqui!