Meetup: Como trabalhar em uma fintech?

Siga no

Atualmente, presenciamos um boom das fintechs. Este, anteriormente um mercado tradicional e burocrático, vem sendo adaptado por novas tecnologias das empresas de serviços financeiros e meios de pagamentos

Essas empresas estão focadas em serviços e apresentam crescimento rápido. Oferecem soluções em pagamentos, crédito, contas bancárias, transferências, investimentos. E, para o desenvolvimento destas novas tecnologias e serviços, são necessárias pessoas. 

Mesmo parecendo um pouco contraditório, em um cenário que novas techs vêm diminuindo a necessidade de mão de obra, ainda estamos em um mercado em crescimento e com necessidade de muitas soluções personalizadas. 

Vagas em fintechs

O corpo de colaboradores dessas empresas vem crescendo consideravelmente nos últimos anos. Mesmo a maioria das fintechs barasileiras tendo entre 1 e 20 colaboradores, segundo pesquisa da PWC, elas pretendem dobrar de tamanho no próximo ano. 

Com mais de 400 vagas abertas, elas precisam contratar para continuar seu crescimento exponencial. À medida que os números de usuários vão aumentando e novos produtos vão surgindo, a necessidade de mão de obra aumenta.

Processos nas startups e fintechs

Muitas startups e fintechs são referência em cultura, seleção e onboarding dos novos funcionários no Brasil. São várias etapas de avaliações, entrevistas de justiça social, fit cultural, conhecimento técnico e, uma vez na empresa, semanas de apresentação e envolvimento com diferentes áreas.

O dia a dia nas fintechs tendem a garantir uma ótima qualidade de vida para os colaboradores. Horários flexíveis, home office, lanches saudáveis durante o dia, plano de saúde, planos de academia e outros benefícios trazem o conforto para o profissional, que está focado em entregar seu melhor para as novas soluções que está desenvolvendo. 

Meetup em São Paulo

Pensando em trazer à tona este tema, a Nox Bitcoin, fintech brasileira focada em investimentos, organiza no próximo dia 10, um meetup com o painel “Quero trabalhar em uma fintech”.

meetup nox bitcoin
Ingressos disponíveis em: Sympla

O evento contará com a mediação da Mariana Fonseca, repórter de empreendedorismo e inovação na PEGN. As participantes do painel são: Juliana Gusmão, Gerente de aquisição de talentos na Creditas, Beatriz Bazanelli, que compõe o time de RH da Juros Baixos e Juliana Machado, Gerente de Operações no QuintoAndar. 

As diferenças entre as profissionais e as empresas que representam serão responsáveis por promover uma discussão sobre estes três cenários. Aspectos de uma grande fintech, com mais de 1500 funcionários, uma fintech menor e outra startup brasileira, super presente no mercado de tecnologia e já um unicórnio, serão abordados. 

Aberto para dúvidas, o evento começa às 18:30 no dia 10 de março, no Distrito Fintech, em São Paulo. 

Programação do evento:

18:30 – Chegada dos participantes

19:10 – Palestra apresentação Nox Bitcoin

19:20 – Painel

Mediadora: 

Mariana Fonseca – jornalista na PEGN 

Participantes confirmadas:

Juliana Gusmão – Talent Acquisition Manager na Creditas

Juliana Machado – Head of Operations no QuintoAndar

Beatriz Bazanelli – Analista de RH na Juros Baixos

20:30 – Happy hour

Para garantir sua entrada, os interessados deverão acessar o evento no Sympla, e adquirir o ingresso. As vagas são limitadas e sujeitas a esgotamento.

Tem alguma pergunta para ser feita em nosso evento? Manda para a gente que vamos incluir em nosso painel!

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
João Paulo Oliveirahttps://noxbitcoin.com.br
João Paulo Oliveira é CEO e Fundador da Nox Bitcoin, líder brasileira em operações financeiras especializada com criptomoedas. Compra de bitcoin com capital protegido. Se o preço cair, você não perde dinheiro. Se subir, você participa da valorização. Fornecemos o acesso que instituições financeiras e grandes investidores precisam para aproveitar oportunidades no ecossistema de criptomoedas. Nosso negócio é focado em operações (automatizadas ou não) de trading em bolsas, market making para corretoras de criptomoedas, consultoria, e principalmente, compra e venda de bitcoin em grande volume (OTC).

Debate Descentralizado: stablecoins podem impactar outras criptomoedas

As stablecoins são possivelmente um dos pilares do mercado de criptomoedas atualmente. O USDT, por exemplo, é usado como medidor de demanda por investidores....
Trade na Uniswap baleia

Criador da Uniswap quer melhorar negociações de baleias Ethereum

Hayden Adams, o criador da Uniswap quer implementar uma melhoria para as negociações de baleias de Ethereum. Um estudo está sendo feito em conjunto...
US Marshals na vigilância do telhado bitcoin

Polícia americana contrata empresa para armazenar bitcoins apreendidos

A polícia dos Estados Unidos quer guardar os bitcoins apreendidos em operações e para isso, contratou uma empresa especializada, a Anchorage Digital. De acordo com...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias