Polícia prende menores de idade que roubavam mineradores de bitcoin

A pena máxima para esse tipo de crime de acordo com a leia da Rússia é de 10 anos e também a possibilidade de impor muita de até 1 milhão de rublos, ou cerca de R$75 mil.

Siga no

O Departamento de Investigação do distrito de Irkutsk, Rússia, anunciou que conseguiu capturar membros de uma quadrilha responsável por roubar equipamentos de mineração de bitcoin. Os suspeitos foram acusados de participar de um roubo que resultou em 2 milhões de rublos de prejuízo, pouco mais de R$ 152 mil. 

Segundo as investigações, um dos criminosos era um morador do distrito que ofereceu para seus cúmplices dinheiro para auxiliar no roubo dos equipamentos.

A ação aconteceu em setembro deste ano e envolveu quatro suspeitos, sendo dois deles menores de idade. O grupo conseguiu arrombar um contêiner de metal no vilarejo de Granovshchina, parte do distrito de Irkutsk.

Mineradores roubados

O contêiner contava com equipamentos de mineração especializado ASIC. A quadrilha conseguiu roubar cerca de US$ 152 mil em equipamentos de mineração.

No entanto, imagens do circuito de segurança e investigações polícias em possíveis lugares de venda desses equipamentos levaram à prisão dos quatro suspeitos.

Os equipamentos roubados foram encontrados na casa do suposto mandante do crime, com a apreensão de cerca de 2 dúzias de equipamentos de mineração. No momento o organizador do crime está em prisão domiciliar e os demais participantes estão em medida preventiva e estão proibidos de sair do distrito.

Segundo as informações locais os participantes foram acusados de roubo em grande escala por grupo organizado e estão aguardando julgamento em liberdade. A pena máxima para esse tipo de crime de acordo com a leia da Rússia é de 10 anos e também a possibilidade de impor muita de até 1 milhão de rublos, ou cerca de R$75 mil.

O artigo também ressaltou que o roubo de equipamentos de mineração na região não é algo incomum, com pelo menos dois casos acontecendo ainda esse ano. Equipamentos de mineração, principalmente ASICs, costumam ter um valor bem alto no mercado e um mercado negro relativamente ativo, procurando por peças para compra, independente de sua origem.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.
Jack Dorsey, CEO do Twitter e fã do Bitcoin

Empresa de CEO do Twitter quer minerar Bitcoin

A Square, empresa de Jack Dorsey listada na NYSE, quer minerar Bitcoin como estratégia de negócio. A informação foi compartilhada por Dorsey em seu Twitter,...
Pedro-Bial-Hashdex

Pedro Bial testemunha o poder transformador das criptomoedas em campanha da Hashdex

A Hashdex surgiu para democratizar os investimentos em criptomoedas, oferecendo produtos seguros e regulados para todos os investidores. Atuando como ponte entre o mercado...
Símbolo da Binance em meio aos prédios sede endereço

Binance lançará o maior programa já anunciado na criptosfera

Para expandir os recursos do ecossistema Binance Smart Chain e implementá-lo em todo o setor de tecnologia financeira no futuro, a corretora de criptomoedas...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias