Mercado Bitcoin é uma das 15 maiores corretoras do mundo, de acordo com o CoinMarketCap

Tráfego das corretoras passa a ser fator de ranqueamento em ferramenta referência mundial!

Siga no
Corretora Brasileira Mercado Bitcoin
Corretora Brasileira Mercado Bitcoin - Imagem: Reprodução/Facebook

Desde que a Binance comprou o CoinMarketCap, a ferramenta já passou por várias mudanças. Dessa forma, a corretora Mercado Bitcoin, a maior em termos de volume no Brasil, passou a figurar entre as 15 maiores do mundo no famoso indexador.

No momento da reportagem, o Mercado Bitcoin era a 14.ª maior corretora do mundo em volume negociado. Nessa posição, ultrapassou até famosas corretoras como a Huobi Global, Poloniex, entre outras.

A posição foi alcançada após uma mudança no ranking do CoinMarketCap, que atualmente coloca a Binance como a maior corretora. O fator tráfego é o que influencia as melhores, por padrão, dando notas de 0 a 1000 para as corretoras de criptomoedas.

O CoinMarketCap fornece um fator de tráfego da Web para exchanges referenciando dados de várias soluções de tráfego da Web e fornece uma pontuação resumida de 0 a 1000. Quanto maior a pontuação, melhor.

Mercado Bitcoin 14ª maior corretora do mundo, de acordo com o Coinmarketcap
Mercado Bitcoin 14ª maior corretora do mundo, de acordo com o Coinmarketcap

Várias corretoras brasileiras no TOP 100 do CoinMarketCap, Mercado Bitcoin aparece entre os 15 maiores

A Binance é uma das maiores corretoras do mundo, considerando volume de negociações e tráfego de traders. Pelo fator tráfego, o indicador do CoinMarketCap tem atribuído nota 1000 (máxima) para a Binance, colocando a corretora, por padrão, como a melhor do mundo.

Dentre às três maiores, aparece na segunda posição a Coinbase Pro e fechando vem a BitMEX. O novo fator de ranqueamento da Binance causou polêmicas na comunidade de criptomoedas, que apontou a nova métrica como ruim.

Contudo, isso não impediu as corretoras brasileiras de ganharem um bom destaque no CoinMarketCap. A principal corretora brasileira em volume de tráfego é a Mercado Bitcoin, com nota 764, que tem também um dos maiores volumes de negociação diárias no Brasil.

Ainda no TOP 100, aparece a corretora BitcoinTrade na posição 61, com nota 624 e uma das principais no Brasil. A NovaDAX aparece em seguida, na posição 66, com nota 609 nesta classificação baseada em tráfego.

Já a corretora Braziliex, na posição 83, recebe nota 564 e é a última brasileira a ter mais tráfego até que a Binance DEX.

Todas as brasileiras tiveram nota superior a Bithumb Global, uma das maiores da Coreia do Sul, país que negocia muito volume de Bitcoin.

Bitcoin e Bandeira do Brasil
Bitcoin e Bandeira do Brasil – Reprodução/Flickr

Classificação das corretoras brasileiras em volume nas últimas 24 horas ainda não é tão competitiva

Ao alterar a visualização do ranking do CoinMarketCap para volume nas últimas 24 horas, o Mercado Bitcoin já perde posições. A principal em volume do Brasil, segundo ranking do CMC, é a NovaDAX, que ocupa a posição 162 com $5.516.078 negociados em 24 horas.

O Mercado Bitcoin aparece na posição 185, com $2.583.846 negociados nas últimas 24 horas. O ranqueamento do CoinMarketCap considera valores em dólar, ou seja, os valores são considerados como apresentado lá na plataforma.

Já a BitcoinTrade aparece na posição 208, com volume de $841.272, sendo de fato a terceira brasileira mais bem colocada por volume. De 341 corretoras listadas, a Braziliex é a última a ter volume no período de apuração, ocupando a posição 246 com negociações de $94.322.

O CoinMarketCap não apresenta nenhum volume da corretora BitcoinToYou nas últimas 24 horas, que ocupou a posição 287 da classificação, a primeira apresentada dentre as corretoras sem negociações. Cabe o destaque que o CoinMarketCap é uma das referências mundiais para quem acompanha o mercado de Bitcoin e altcoins.

Cabe o destaque que as mudanças no ranking do CoinMarketCap causaram enorme repercussão na comunidade. Além de colocar por padrão o quesito tráfego, que beneficia a Binance, algumas outras regras foram retiradas. Por fim, apesar de algumas desconfianças, alguns analistas como, por exemplo, Larry Cermak do The Block, aprovaram as mudanças.

Confira a versão do CoinMarketCap brasileiro aqui no Livecoins.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Preço do Bitcoin em Euro

“Criptomoedas estão com os dias contados”, diz vice-presidente do Bank of China (Brasil)

"As criptomoedas estão com os dias contados", de acordo com Hsia Hua Sheng, professor de finanças da FGV e vice-presidente do Bank of China...
Símbolo do Bitcoin em blocos, representando blockchain atualização Taproot

Binance ainda não deu sinal verde para atualização do Bitcoin e é criticada nas...

A Binance ainda não atualizou sua versão do Bitcoin para aderir ao Taproot, uma das atualizações mais importantes da história do Bitcoin. Como resultado,...
Criptomoeda Chia mineração

Amazon lança mineração em nuvem de Chia e criptomoeda dispara 70%

A criptomoeda Chia foi integrada na AWS, serviço de computação em nuvem da Amazon, segundo uma postagem na pagina chinesa da empresa. Com o...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias