Por que a Binance comprou o CoinMarketCap?

-

Siga no

Recentemente o criptomercado recebe uma notícia surpreendente com a Binance oficializando a compra do CoinMarketCap. Ao comprar o maior site agregador de dados sobre criptomoedas, a corretora abriu uma grande dúvida entre os muitos investidores: Porque a Binance comprou o CoinMarketCap?

O CoinMarketCap (CMC), como dissemos, é o maior agregador de dados sobre o criptomercado e é um site com um grande número de acessos. Porém, a sua principal força é a influência que ele tem, principalmente nos ativos de baixa capitalização de mercado.

A plataforma também possui os dados relacionados as Exchanges, registrando os dados relacionados ao volume de negociação.

Vale lembrar que o CMC é muito utilizado como fonte de pesquisa para diferentes artigos. Isso fez com que muita gente ficasse preocupado com a situação do site, que agora é controlado por uma exchange que poderia se beneficiar dos dados informados ao público.

Estaria então a Binance interessada em utilizar a influência do indexador de dados para o seu próprio bem? Bom, enquanto alguns teoristas especulam que sim, é possível que a resposta seja a mais simples possível.

E então por que a Binance comprou o CoinMarketCap?

O site Brave New Coin definiu a compra como um jogo de números. A Binance é a corretora com maior volume de negociações do mundo (reportado) e ela tem um mercado fortíssimo em diferentes regiões, com exceção dos EUA e partes da Europa.

A corretora continua tentando aumentar o seu alcance em diferentes mercados, mas sem muito sucesso. A compra do CoinMarketCap então vem como um investimento para tentar aumentar o tráfego para o site da corretora. Essa é uma tática muito comum para o crescimento de marcas no marketing digital.

A Binance tem uma média de 1 a 1.5 milhões de visitas diárias em seu site principal. No entanto, o acesso na versão norte-americana [e de 20 mil cliques diários. Esse é um número inofensivo se compararmos com a sua principal concorrente nesta região, a Coinbase, com mais de 1 milhão de acessos diários.

Na Europa temos o mesmo resultado, com o site da plataforma atingindo cerca de 2 mil acessos diários contra os 100 mil da Bitstamp

Já os números do CMC ficam entre 2.5 e 5 milhões de visitantes diários em todo o mundo. Essa é uma plataforma com um potencial gigantesco para estratégias de marketing bem-sucedidas. E é muito provável que é nisso que a Binance está interessada.

A Binance poderá afetar as estratégias do CoinMarketCap?

A Binance fez questão falar sobre as preocupações que a comunidade de criptomoedas levantou em relação à aquisição. A corretora informou que:

“O CoinMarketCap vai continuar a funcionar como uma entidade de negócios independente. Mesmo que a exchange Binance e o token BNB estejam listados no CMC, o CoinMarketCap e a Binance são entidades separadas que mantêm uma política estrita de independência uma da outra. A Binance não tem controle nos rankings do CoinMarketCap e o CoinMarketCap não tem influência nas operações da Binance.”

Saiba tudo sobre:
Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Anúncio

Bitcointrade - 95% dos depósitos aprovados em até 30 minutos!

Eleita a melhor corretora do Brasil. Segurança, Liquidez e Agilidade. Não perca mais tempo, complete seu cadastro em 5 minutos!

Complete seu cadastro em 5 minutos!
Avatar
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.
Divulgação/Polícia Federal

Ligado ao caso Telexfree um Policial Federal foi preso

No mês de fevereiro, a Polícia Federal havia iniciado a Operação Ousadia, que buscava apurar um crime cometido dentro da instituição. Isso porque, um...
XTR Corporation atrasa pagamentos

Suposto áudio de presidente assusta investidores da XTR Corporation

A XTR Corporation é uma empresa que apresenta para seus investidores um negócio suspeito, envolvendo Bitcoin. Com início em janeiro de 2020, o negócio...

Justiça russa diz que ladrões não precisam devolver Bitcoins roubados

O roubo de Bitcoins é um problema com solução difícil, já que dificilmente descobre quem foram os criminosos. Mas e se os criminosos e...