Mercado Bitcoin capta US$ 200 mi e se torna 1º unicórnio cripto no Brasil

Empresa japonesa fez um grande aporte na fintech brasileira, que figura entre os grandes agora.

Siga no
Mercado Bitcoin unicórnio
Mercado Bitcoin/Divulgação

O Mercado Bitcoin agora é o primeiro unicórnio cripto da América Latina, após uma captação da japonesa SoftBank. Segundo comunicado compartilhado com o Livecoins, a fintech captou US$ 200 milhões na nova rodada de investimentos.

Inspirada pela norte-americana Coinbase, o Mercado Bitcoin recebeu seu primeiro investimento no início de 2021. Na ocasião, a empresa captou um investimento de várias empresas, como GP Investimentos, Parallax Ventures, Banco Plural e outras.

Após isso, um diretor do Mercado Bitcoin chegou a cogitar um IPO da corretora no Brasil. Agora, o foco é expandir as operações para outros países e fortalecer a presença na América Latina, que está com alta visibilidade após a legalização do Bitcoin por El Salvador.

Grupo que detém Mercado Bitcoin capta US$ 200 milhões e empresa se torna primeiro unicórnio cripto da América Latina

O Grupo 2TM, que controla o Mercado Bitcoin, captou da japonesa multinacional SoftBank US$ 200 milhões, assim a empresa se tornou o primeiro unicórnio cripto da América Latina.

“O Grupo 2TM, holding do Mercado Bitcoin, a maior plataforma de ativos digitais da América Latina, concluiu um acordo para receber um aporte de R$ 1 bilhão (US$ 200 milhões) do Softbank Latin American Fund.

Essa é a maior rodada Série B da América Latina e, ao mesmo tempo, o maior investimento em uma empresa cripto já realizado pelo SoftBank na região.

O investimento avalia o Grupo 2TM em R$ 10,4 bilhões (US$ 2,1 bilhões) tornando a 2TM o 8º unicórnio mais valioso da América Latina”

Vale o destaque que, na região, o Mercado Bitcoin se tornou assim uma das maiores fintechs, de acordo com o relatório de Unicórnios da CBI.

Mais funcionários e expansão internacional, entenda o que muda para a corretora

Em um comunicado compartilhado com o Livecoins, o Mercado Bitcoin deixou claro que espera alcançar a marca de 700 colaboradores até o final de 2021. Assim, os produtos novos que a empresa planeja lançar já serão acelerados.

Com uma expansão internacional nos planos da corretora, o Mercado Bitcoin hoje conta com mais de 2,8 milhões de clientes. Essa marca, que aproxima a base de usuários da B3, mostra que a empresa captou uma enorme quantidade de clientes, sendo 700 mil só no início de 2021.

Para a captação com o SoftBank, a corretora contou com a ajuda do JPMorgan.

“Essa rodada acontece apenas cinco meses depois da Rodada Série A, realizada em janeiro, e coliderada pela G2D/GP Investimentos e Parallax Ventures, com a participação da HS Investimentos, de Hélio Seibel, Gear Ventures, Évora e Genial. O banco J.P.Morgan e a DealMaker atuaram como assessores da 2TM na transação.”

CEO do Softbank está de olho na adoção de criptomoedas na região latino-americana

Para Marcelo Claure, CEO do SoftBank Group International e COO do SoftBank Group, o Mercado Bitcoin hoje é líder global em criptomoedas, com um amplo conhecimento do ecossistema brasileiro neste setor. Assim, a gigante japonesa acredita que a empresa pode atender a revolução blockchain no continente.

“Graças à liderança do Roberto e do Gustavo, o Mercado Bitcoin se tornou um líder global em criptomoedas. Nós ficamos impressionados pela compreensão que o Grupo 2TM tem do ecossistema brasileiro e da contribuição para a discussão em curso, sobre o ambiente regulatório no Brasil.

Esses elementos colocaram a empresa não só como líder no país, mas como um player fundamental para atender essa revolução do Blockchain em toda a América Latina”

Marcelo ainda declarou que as criptomoedas são cada vez mais comuns na América Latina, sendo assim, a SoftBank fez o aporte no Mercado Bitcoin para fazer parte desta jornada, que ganhou fama após a legalização de El Salvador com a Lei Bitcoin.

“As criptomoedas têm um potencial incrível na região e estamos ansiosos para fazer parte dessa jornada incrível”

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Kid Bengala promete dar “madeirada” em quem vender criptomoeda

Após a sua grande carreira na indústria de filmes adultos, Clóvis Basílio dos Santos, mais conhecido como Kid Bengala, se tornou uma celebridade na internet...

Um dos maiores bancos dos EUA pode estar explorando empréstimos com Bitcoin

Com os bancos e outras instituições demonstrando cada vez mais interesse no criptomercado, podemos ver cada vez mais produtos ligados ao setor tradicional e...
Homem olhando bravo para notas amassadas de Real brasileiro enquanto segura o Bitcoin

Pesquisa revela que brasileiros acreditam no Real digital apenas no curto prazo

Muitos brasileiros acreditam no Real digital como uma tecnologia promissora de curto prazo, não para daqui a cinco anos. Pelo menos isso é o...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias