Mercado Bitcoin projeta IPO no Brasil

Uma das maiores corretoras de criptomoedas no Brasil em volume de negociações diárias.

Siga no
Corretora Brasileira Mercado Bitcoin
Corretora Brasileira Mercado Bitcoin - Imagem: Reprodução/Facebook

A primeira corretora de Bitcoin brasileira deu mais um passo importante nos últimos dias. Ao receber um aporte de grandes fundos de investidores, o Mercado Bitcoin espera um grande crescimento no mercado latino americano.

Com a expansão, a empresa espera se tornar uma das maiores do mundo ao longo do tempo. Em nota ao Valor, o fundador do Mercado Bitcoin, Gustavo Chamati, afirmou que sempre imaginou o Bitcoin ligado ao mercado financeiro.

O valor do aporte não foi revelado ao público, mas dá um ânimo para as operações já aquecidas do Mercado Bitcoin.

De acordo com um diretor da corretora, a captação anunciada pela empresa foi um movimento importante. Inclusive, poderia projetar um eventual IPO do Mercado Bitcoin, que poderia ter suas ações em bolsa no Brasil no futuro.

O volume da corretora no mês de janeiro de 2021 já é equivalente à metade do negociado em 2020. Ou seja, a operação do Mercado Bitcoin tem crescido muito no ano.

Mercado Bitcoin recebe aporte de grandes empresas de investimentos e mira ser uma das cinco maiores do mundo

Com o aporte recebido pela corretora, o fundador acredita que deu um passo na direção em que acreditava. A empresa, que recentemente criou o token para o Clube Vasco da Gama, espera crescer ainda mais com aplicações blockchain, no Brasil e América Latina.

Participaram da rodada de investimentos a GP Investimentos, Parallax Ventures, Banco Plural, FIP de HS Investimentos e Gear Ventures. Apesar dos valores não divulgados, o negócio consolida o plano de expansão do Mercado Bitcoin.

O CEO da corretora, Reinaldo Rabelo, destacou que espera ver o Mercado Bitcoin no nível de corretoras dos Estados Unidos. Países como Chile, Argentina e México serão os prováveis destinos do Mercado Bitcoin, afirmou Reinaldo.

Diretor destaca potencial da captação até para um futuro IPO da corretora

Com o plano de expansão do Mercado Bitcoin agora conhecido, a fintech com sede em São Paulo mostrou atenção ao futuro do ecossistema de criptomoedas.

Contudo, os internautas já começaram a especular sobre o futuro da corretora. Um deles questionou o Mercado Bitcoin pelo Twitter sobre uma eventual listagem de ações na bolsa de valores.

O processo conhecido como IPO (Oferta Inicial Pública), logo foi esclarecido pelo Diretor do Mercado Bitcoin, Fabrício Tota, que projeta um eventual lançamento no futuro.

De acordo com ele, o Mercado Bitcoin ganhou um bom folego com a recente captação. Dessa forma, as bases de um eventual IPO da corretora estão criadas, sem determinar quando a corretora poderia dar início ao processo no Brasil.

Tota ainda idealizou um IPO tokenizado, usando a própria estrutura do Mercado Bitcoin. Apesar de ainda ser uma projeção, no Brasil nenhuma empresa do mercado de criptomoedas está listada na B3.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

DeFi: três setores de grande potencial

De acordo com dados da Messari, o volume trimestral das Corretoras Descentralizadas (DEXs) no final do segundo trimestre de 2021 foi de R$ 2...
Criptomoeda Tether com sinais vermelhos

Michael Burry faz alerta sobre criptomoeda Tether

O lendário trader Michael Burry compartilhou em seu Twitter que a criptomoeda Tether pode estar no meio da confusão da Evergrande na China. Vale notar...
Dedo encostando em aplicativo da Binance

Binance está sendo investigada por manipulação de mercado, diz Bloomberg

A maior corretora de criptomoedas do mundo, Binance, está sendo investigada nos Estados Unidos por suposta manipulação de mercado e inside trading, de acordo...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias