Mercado ultrapassa a marca de 20.000 criptomoedas criadas

Servindo como uma reserva de valor, o Bitcoin segue dominante após seus 13 anos de existência. Atualmente, seu maior concorrente é uma criptomoeda meme, a Dogecoin, 10.ª maior do mercado, porém ainda 15 vezes menor que o BTC.

Bitcoin cercado por outras moedas.
Bitcoin cercado por outras moedas.

Nem mesmo a forte queda do Bitcoin afetou o número de projetos do setor. Segundo dados do CoinMarketCap, o site está acompanhando negociações de mais de 20.000 criptomoedas e tokens pela primeira vez na história.

Contudo, vale notar que o número de criptomoedas é bem maior, porém sites como CoinMarketCap e CoinGecko possuem algumas diretrizes para que as mesmas apareçam em seu site. De qualquer forma, tais dados ajudam a analisar o mercado.

Em relação ao Bitcoin, sua dominância segue acima dos 40% em relação ao resto do mercado, mesmo com mais projetos surgindo a cada dia e com seu preço 70% mais baixo em relação a novembro do ano passado.

Muitas shitcoins

Embora o mercado de criptomoedas possua um valor de mercado de R$ 5 trilhões, o Bitcoin detém 42% deste valor e as 9 maiores altcoins, incluindo três stablecoins, possuem outros 40%. Portanto, as outras mais de 20.000 criptomoedas do setor brigam por menos dos 20% restantes.

Entre estas milhares de criptomoedas, a maioria delas são tokens. Ou seja, ativos que rodam em cima de uma blockchain já existente, sem precisar preocupar-se com segurança.

Apesar da facilidade de criar-se um token ser um convite para experimentos, infelizmente o que mais vemos são clones de outros projetos. Após a moda dos jogos play-to-earn, por exemplo, agora é possível encontrar diversos projetos move-to-earn. Isso sem falar na inundação de memecoins no mercado.

Últimas criptomoedas adicionada no CoinMarketCap, todas rodando em outras blockchains. Fonte: CMC

Portanto, parece ser cada vez mais difícil encontrar bons projetos, o que facilmente nos faz rotular todas estas como shitcoins, cujo único propósito é enriquecer seus desenvolvedores.

20.000 criptomoedas, nenhum concorrente ao Bitcoin

Servindo como uma reserva de valor, o Bitcoin segue dominante após seus 13 anos de existência. Atualmente, seu maior concorrente é uma criptomoeda meme, a Dogecoin, 10.ª maior do mercado, porém ainda 15 vezes menor que o BTC.

Dominância do Bitcoin em relação ao mercado de criptomoedas. Fonte: CoinMarketCap

Portanto, a cada nova criptomoeda criada, o Bitcoin se fortalece ainda mais. Afinal está provando ser um ativo único devido a sua descentralização, segurança e status. Quanto aos tokens, ainda parecem uma boa ideia, porém com uma péssima execução na grande maioria dos casos.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Henrique Kalashnikov
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias