Meu irmão está no hospital por causa do vício em criptomoedas, diz jovem que perdeu bitcoins

Jovem juntou bitcoins por dois anos e meio para sair do país mas perdeu parte das moedas após corretora ser fechada. Na Argélia o Bitcoin não é legal.

Siga no

Criptomoedas para alguns são uma forma de investimento que pode render lamborguines e milhões de dólares na conta. Para outros, contudo, a moeda digital é usada da forma pelo qual foi criada, uma forma de viver de acordo com ideais de liberdade, sendo uma arma contra governos tiranos e uma alternativa ao sistema econômico atual que está em decadência e mantém pessoas na pobreza.

Em um relato publicado no reddit neste sábado, um morador da Argélia contou como ele e seu irmão juntaram frações de bitcoins nos últimos dois anos para tentar fugir do país que sofre de pobreza extrema, e como isso se tornou um vício e acabou quase terminando em uma tragédia.

Depois de 3 anos encontrando formas de ganhar bitcoins na internet, com faucets ou executando tarefas, o governo fechou uma corretora no país e com isso eles perderam uma parte dos bitcoins que estavam sendo juntados para financiar uma mudança de vida.

“Nós dois somos fãs das criptomoedas desde o início de 2017, ouvimos sobre elas em um servidor do Teamspeak, mas naquela época não podíamos comprar, ficamos trabalhando em alguns serviços para ganhar alguma porção de dinheiro e assim que tivéssemos pelo menos $ 100 (do nosso dinheiro de merda) compraríamos Bitcoin nos grupos de Bitcoin ou Facebook. Já que não temos cartões de crédito internacionais.” Diz o usuário identificado como CyreexCS.

Pobreza atinge 20% da população

Na Argélia as criptomoedas são proibidas, o país da África do Norte enfrenta uma pobreza generalizada e crescente, a Argélia sofre de ataques terroristas frequentes e desastres naturais. A pobreza atinge 20% da população. De acordo estudos recentes, 14 milhões de argelinos vivem abaixo da linha da pobreza, vivendo com apenas R$ 7 por dia.

Com intenção de mudar de vida em outro país, eles dedicaram suas vidas a juntar frações de Bitcoin nos últimos dois ano e meio, conseguindo um total de R$ 10 mil. Por este motivo seu irmão levou o assunto muito a sério, nada mais importava a não ser juntar frações da moeda digital.

“Meu irmão levou isso muito a sério (juntar bitcoins), pois queria deixar nosso país e estudar no exterior, a criptomoeda foi para ele a melhor maneira de guardar dinheiro e para pagar as mensalidades, então cada centavo que ele ganhava era colocado em suas contas e ele se privava de qualquer outra coisa.”

Bitcoin não é legalizada na Argélia

O problema é que as criptomoedas são proibidas, e uma das corretoras que ele utilizava para guardar parte dos bitcoins foi fechada, assim, ele não conseguiu sacar as moedas e entrou em desespero.

“Acordamos um dia e descobrimos que aconteceu uma das coisas que mais temíamos, uma conta com $ 480 foi encerrada, ele começou a chorar e ficou louco, se trancou no quarto e não queria falar com ninguém. Mais tarde ele saiu do quarto com a mão cheia sangue e desmaiou.”

O jovem sobreviveu aos ferimentos após passar por uma cirurgia, mas continuou lamentando a perda dizendo o tempo todo que quer sair do “país de merda”.

“Meus pais decidiram que meu irmão precisa fazer terapia assim que sair do hospital, mas eles realmente não sabem os motivos. Meu irmão não quer falar com eles sobre as criptomoedas, tudo que ele diz é que este país é uma merda e que ele não aguenta mais morar aqui e que vai se matar se ficar mais um dia aqui.”

O irmão diz ainda que tudo que aconteceu foi por culpa dele mesmo, por utilizar uma corretora em um país cujo Bitcoin é proibido e, além disso, pessoas que estão há mais tempo no mercado sabem que o ideal é guardar as moedas em uma carteira própria.

“Não estou aqui para culpar ninguém, nunca vou negar que ele é responsável pelo que aconteceu e que sua ganância foi o problema e entendo que alguns de vocês podem nos culpar por abrir contas em países que o proíbem.”

Ter criptomoedas não está ao alcance de todos

Ter criptomoedas é uma facilidade que muitas pessoas podem desfrutar, seja para investir ou para usar, aqui no Brasil e em muitas partes do mundo é possível comprar Bitcoin em menos de 5 minutos. Para outros, contudo, a moeda é um luxo difícil de obter, mesmo que seja poucas frações.

A importância do Bitcoin na vida do jovem se tornou uma prioridade de vida, resultado de um país pobre com poucas oportunidades. A perda das moedas foi ver parte do sonho sendo destruído, anos de trabalho duro ganhando migalhas diariamente.

Mas como o irmão disse, eles vão continuar tentando. Esperamos poder publicar daqui a algum tempo que eles conseguiram mudar de vida com ajuda do Bitcoin.

Reddit
Imagem: Reddit

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Livecoins
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.

Governo Biden vê ameaça potencial do Yuan digital da China

O governo dos Estados Unidos está monitorando o desenvolvimento da moeda digital da China, o Yuan digital. A equipe de Biden está preocupada com...

“ETFs de Bitcoin podem revolucionar o mercado” diz Wall Street Journal

O Bitcoin já dobrou de preço em 2021, com um crescimento que viu o preço sair da casa dos US $ 29 mil para...
Imagem: MicroStrategy Youtube

Diretores da MicroStrategy agora serão pagos em Bitcoin

A MicroStrategy, empresa de análise de negócios que desde meados de 2020 vem investindo em Bitcoin, anunciou na manhã desta segunda-feira (12) que o...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias