Minerador ‘solitário’ ganha R$ 1,23 milhão em Bitcoin sozinho após vencer indústria bilionária

Segundo Dr. Con Kolivas, responsável pela pool que permite que mineradores trabalhem individualmente, o minerador em questão era grande, mas tinha poucas chances de encontrar um bloco sozinho. O esforço, no entanto, valeu a pena.

Um minerador solo foi o responsável pelo bloco de Bitcoin número 818.588, minerado na tarde do último domingo (26). Como recompensa, ele recebeu 6,74 bitcoins, cerca de 1,23 milhão em conversão direta.

Antes dele, outro minerador solo havia recebido uma recompensa parecida no final de outubro. Em 2023, apenas 12 blocos foram minerados por esses mineradores que preferem contar com a sorte do que ter ganhos estáveis.

Por dia, são minerados cerca de 144 blocos de Bitcoin, elevando o número para mais de 52.000 blocos por ano. A indústria é dominada por grandes mineradoras, muitas delas listadas em bolsas americanas e canadenses.

Minerador solo de Bitcoin vence indústria bilionária e leva prêmio de R$ 1,23 milhão

Segundo Dr. Con Kolivas, responsável pela pool que permite que mineradores trabalhem individualmente, o minerador em questão era grande, mas tinha poucas chances de encontrar um bloco sozinho. O esforço, no entanto, valeu a pena.

“Presumo que este minerador de tamanho considerável pensou em arriscar minerar sozinho com uma chance de 1 para 5 de encontrar um bloco sozinho antes do halving, em vez de depender da renda constante da mineração regular em pool.”

Seguindo, Kolivas revela que o equipamento usado tinha apenas 200 TH/s. No entanto, destaca que a operação do minerador era maior, chegando a 2 PH/s. Questionado sobre o valor para montar uma fazenda com esse poder computacional, ele revelou que o valor mínimo é de 30 mil dólares (R$ 147.000).

“Parabéns ao minerador 15VYcd…Q2XMJW com 2PH por resolver o 279º bloco solo na CKPool! Um minerador desse tamanho resolveria um bloco, em média, apenas uma vez a cada 5 anos.”

Hash rate do Bitcoin segue crescendo mesmo com halving no radar

Dados do YCharts revelam que o hash rate do Bitcoin chegou a 546 milhões de TH/s na última semana, quebrando mais um recorde para a rede. O motivo pode estar relacionado a expansão das grandes mineradoras conforme o preço do BTC as deixa com uma melhor margem de lucros.

Hash rate do Bitcoin atinge novo pico. Fonte: YCharts.
Hash rate do Bitcoin atinge novo pico. Fonte: YCharts.

No entanto, as mineradoras podem estar aproveitando os últimos meses antes de suas receitas caírem. Afinal, em meados de abril a rede passará pelo halving, que diminuirá a recompensa de 6,25 BTC para apenas 3,125 BTC por bloco.

De qualquer forma, mineradores solos continuarão desafiando essas empresas bilionárias e, com um pouco de sorte, continuarão levando prêmios gigantes para casa.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na maior corretora de criptomoedas do mundo e ganhe até 100 USDT em cashback. Acesse Binance.com

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Henrique HK
Henrique HKhttps://github.com/sabotag3x
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias