Mineradores de Bitcoin lucraram R$ 46 bilhões em 2022

O lucro dos mineradores tende a ser uma métrica importante para o setor como um todo, afinal, os mineradores estão na base do funcionamento da blockchain, suas transações e a sua segurança.

2022 foi um ano complicado para o mercado de criptomoedas, com a tendência de baixa dominando o setor durante praticamente todo o ano e derrubando o preço do Bitcoin para valores mais baixos dos últimos 2 anos. No entanto, nem tudo está “perdido”, com números mostrando que os mineradores tiveram um lucro de US$ 9 bilhões, cerca de 46 bilhões de reais.

Dados do Coin Metrics, focado em rastrear números da blockchain, mostram que mineradores de Bitcoin obtiveram um lucro de mais de US$ 9 bilhões durante o ano de 2022.

Inicialmente o número já é excelente e está no topo dos anos mais lucrativos para mineradores até momento, mas também é uma métrica bem interessante, afinal, ela vem em um momento em que o mercado global de criptomoedas está passando por uma de suas piores crises, desde o colapso da Terra até o efeito cascata causado pela FTX.

“Mineradores de Bitcoin ganharam mais de US$ 9 bilhões em 2022, uma grande adição para o valor de US$ 47 bilhões totais dos últimos 13 anos. Esse valor assume que eles venderam os Bitcoins minerados instantaneamente, o que, quase certo, não é o caso – Mineradores são Hodlers.”

Como Lopp deixa claro em seu tweet, esse é um valor teórico considerando que os bitcoins foram vendidos assim que foram minerados. Mineradores tendem a guardar suas criptomoedas para momentos mais favoráveis de preço e com isso o lucro pode ser ainda maior.

O lucro dos mineradores tende a ser uma métrica importante para o setor como um todo, afinal, os mineradores estão na base do funcionamento da blockchain, suas transações e a sua segurança.

Os mineradores obterem lucro é algo importante para o funcionamento contínuo do Bitcoin, o problema é que alguns grandes nomes desse setor ainda parecem estar passando por dificuldades.

Grandes mineradoras de Bitcoin ainda parecem estar com problemas

Durante o ano de 2022, com a queda constante do preço do bitcoin, o lucro de algumas grandes mineradoras não foi tão bom, principalmente com uma crise energética em diferentes partes do mundo que aumentou ainda mais o preço para manter certas máquinas operacionais.

Uma dessas companhias é a Greenidge Generation, mineradora com sede nos Estados Unidos, que revelou possuir uma dívida de US$ 74 milhões.

Para tentar resolver o problema com a dívida, a mineradora de Bitcoin declarou seu plano de vender 70% de suas máquinas de mineração ao seu credor, a NYDIG.

Ou seja, mesmo com o possível lucro recorde, o setor de mineração ainda está enfrentando alguns problemas persistentes e perigosos.

💰 $100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na maior corretora de criptomoedas do mundo e ganhe até 100 USDT em cashback. Acesse Binance.com

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Matheus Henrique
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.

Últimas notícias