Mineradores do Cazaquistão deverão pagar imposto vinculado ao preço do bitcoin

Mineradores sendo surpreendidos por medidas do governo local.

Cazaquistão cercado de Bitcoin
Cazaquistão cercado de Bitcoin

Os mineradores do Cazaquistão poderão em breve ter de pagar o imposto das suas atividades vinculado ao preço do Bitcoin no mercado. Desse modo, o pagamento de impostos seria “flutuante”, na medida em que o preço do BTC é conhecido pela sua grande volatilidade em corretoras.

Desde 2021, com a China banindo a atividade de mineração do país, muitas empresas do setor migraram para o vizinho Cazaquistão, que logo se tornou o segundo maior país a registrar movimentos dessa atividade.

Contudo, essa chegada ao país foi marcada por momentos de protestos civis com queda de internet, entre outras barreiras mais.

Mineradores poderão pagar imposto vinculado ao preço do Bitcoin

Em breve os mineradores de Bitcoin do Cazaquistão deverão começar a ficar em dúvida se querem que o preço da moeda suba ou caia. Isso porque, caso a cotação valorize, eles ganham com a possível venda da moeda em relação ao Dólar.

Mas essa subida poderá ser fatal para mineradores do Cazaquistão, já que o país planeja criar um imposto atrelado a cotação. A informação foi divulgada pelo Ministro de Economia local, Alibek Kuantyrov.

De acordo com o portal local Tengrinews, a fala do ministro ocorreu durante uma conferência nos últimos dias.

“Estamos considerando um aumento na carga tributária para os mineradores, no momento também estamos considerando vincular a taxa de imposto dos mineradores ao custo da criptomoeda. Se a criptomoeda crescer, será bom para o orçamento”.

Medidas duras

Quando a China baniu as fazendas de mineração em 2021, o mercado já se encontrava sob pressão das autoridades locais há alguns anos. Isso porque, o país emitiu vários alertas e cercou os negócios, até que finalmente encerrou de vez as atividades.

E no Cazaquistão, ao contrário da China, as autoridades locais parecem querer que a indústria de mineração continue ativa. Mesmo assim, as medidas duras impostas aos mineradores podem tirar os incentivos das empresas de permanecer no país.

Isso porque, além de mineradores pagarem imposto veiculados a cotação do Bitcoin, o custo da energia não está sendo o mais atrativo possível. O presidente Kassym-Jomart Tokayev disse recentemente que planejava aumentar em cinco vezes o custo de energia para mineradores de Bitcoin.

Essas duras medidas tomadas contra mineradores, além da caça a empresas ilegais, podem ser fatais para que a indústria local em breve procure novos ares. Vale lembrar que os Estados Unidos também se beneficiou da mineração de Bitcoin após a saída da China deste mercado, ocupando a primeira posição mundial.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias