Minerar bitcoin é mais barato que comprar, diz empresa

Será que compensa minerar Bitcoin? Empresa diz que sim.

Equipamentos sendo ligados no Bitcoin em sinal de mineração
Equipamentos sendo ligados no Bitcoin em sinal de mineração

Segundo uma fabricante de equipamentos para minerar Bitcoin, é mais barato minerar uma moeda hoje que comprar no mercado ao preço atual. A mineração de Bitcoin é uma atividade essencial da rede e tem sido procurada por muitas pessoas ao longo dos últimos anos.

É importante lembrar que com a evolução da rede, equipamentos específicos são utilizados para essa atividade, os chamados ASICS.

Ao observar o valor dos equipamentos e seu consumo de energia, contudo, muitas pessoas se afastam da mineração pelo medo de obter um prejuízo. Assim, a opção é comprar BTC com outras pessoas no mercado, seja em corretoras ou P2P.

Caça ao tesouro: é mais barato minerar 1 bitcoin que comprar

Está aumentando novamente a procura pela mineração individual e domiciliar entre pessoas, que começam a ver a importância do bitcoin como moeda segura e incensurável.

Recentemente, um minerador sozinho encontrou 1 bloco válido da rede contendo 6,25 BTCs de recompensa, ou seja, R$ 1,22 milhão por desempenhar uma atividade que ajuda a rede a se tornar ainda mais segura.

E a empresa Braiins, que desenvolve equipamentos de mineração de Bitcoin, acabou publicando uma provocação para seus seguidores pelo Twitter, ao afirmar que é mais barato minerar que comprar.

Para fazer essa afirmação, o perfil considerou o preço do Bitcoin em US$ 37 mil. Vale considerar que nesta quarta (23) ele é cotado a US$ 38.900,00 e o cálculo fica pior para quem prefere comprar.

Após apresentar o preço de aquisição de 1 Bitcoin, a empresa estimou que com uma ASIC S19 Pro é possível minerar uma moeda por apenas US$ 13 mil. Assim, a diferença de aquisição ou mineração seria de US$ 24 mil, um cálculo que não estima o consumo de energia da prática.

“Custa US$ 37.000 para comprar 1 BTC. Mas quanto custa a mineração? Com um S19 Pro, você pode minerar 1 BTC por US$ 13.000. Isso é uma diferença de US$ 24.000.”

Custos de energia são impedimentos para minerar?

Quando se estuda sobre a mineração de Bitcoin, é comum que muitas pessoas estimem o custo de energia e acabem colocando essa como uma barreira para iniciar na atividade.

E em sua página, a Braiins deixa a mostra uma calculadora de consumo de energia para a mineração de Bitcoin, que estima que o custo de produção para se gerar uma moeda seja de US$ 16 mil, o que ainda é ótimo ao se considerar o preço do Bitcoin próximo de US$ 39 mil.

É claro que quem minerou no passado quando o Bitcoin não valia nem US$ 10 mil, mesmo que tenha pago caro na energia, já lucrou milhares de vezes com a alta da moeda. Mesmo com a queda de 2022, os lucros ainda são grandes para quem aproveitou para criar moedas nos últimos anos e não seria impossível que isso volte a acontecer no futuro.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias