Ministério Público arquiva processo contra Minerworld

Empresa oferecia lucros de 100% do investimento, mas ruiu em 2017.

Siga no
Minwerworld
Minerworld/Reprodução

Os antigos clientes da Minerworld se assustaram nos últimos dias com uma novidade envolvendo a empresa. Isso porque, o MP do Mato Grosso do Sul arquivou nos últimos dias um processo contra a Minerworld.

A empresa é acusada de operar um esquema de pirâmide financeira por clientes. Encerrada de fato durante operação policial, a Minerworld já vinha dando problemas. Após um suposto ataque hacker em uma corretora, a empresa teria deixado de realizar os pagamentos prometidos aos clientes.

Após declarar uma suposta insolvência, a Minerworld foi alvo de busca e apreensão pelo Ministério Público em abril de 2018. Ainda hoje, mais de dois anos após o encerramento, clientes seguem em busca do investimento. A defesa da empresa nega que o negócio seja um esquema de pirâmide financeira.

Conselho do MP do Mato Grosso do Sul arquivou um processo contra a Minerworld, por unanimidade

O Ministério Público estadual do Mato Grosso do Sul (MP-MS), arquivou um processo contra a Minerworld na última semana. A empresa era investigada pelo órgão por uma suposta fraude contra milhares de brasileiros em vários estados.

O arquivamento de um procedimento preparatório ocorreu por unanimidade dentro do Conselho do MP-MS. Essa votação, inclusive, já foi publicada no Diário Oficial do MP-MS na última quinta-feira (10).

Para encerrar o processo, o Conselho observou que há uma ação civil coletiva contra a Minerworld. Além disso, há uma investigação da Polícia Federal, com vistas do Ministério Público (MPF), contra a Minerworld.

Dessa forma, o MP-MS arquivou o processo, de acordo com o Midia Max, que seguirá acompanhado por outras autoridades. A investigação contra a Minerworld corre em sigilo de justiça ainda hoje.

Com promessas de ganhos com mineração de Bitcoin, a Minerworld prometia ganhos descabidos. Os clientes conheciam o negócio com promessas de dobrar o capital, mas o final da história não foi bem esse.

Minerworld deixou milhões de prejuízo para clientes ao oferecer rendimentos garantidos com Bitcoin

Em junho de 2020, a Minerworld virou até manchete no Jornal da Record. Com denúncias de crime por ex-clientes, foram vários os casos registrados de investidores que aguardam na esperança de reaver seu dinheiro.

Na época, um promotor ouvido pela reportagem apontou que apenas 30% dos clientes deverão receber alguma coisa da Minerworld. Mesmo assim, o pagamento deverá ser após um longo processo.

Apesar das acusações de ex-clientes, a defesa da Minerworld ainda nega as acusações. Para eles, o problema do não pagamento aos clientes foi devido a um ataque hacker em uma corretora. Com grande parte dos fundos na corretora hackeada, a Minerworld teria tido problemas com o repasse aos clientes.

Quando a Operação Lucro Fácil do Gaeco foi deflagrada, em 2018, a Minerworld, Bit Ofertas e Bitpago foram encerradas. Partes do mesmo grupo, foram alvos de ação em São Paulo e Campo Grande.

Como o Bitcoin é uma moeda digital nova no mundo, empresas de pirâmide usaram sua imagem para perpetuar golpes. Passando por uma enorme valorização nos últimos anos, principalmente em 2016 e 2017, a moeda despertou interesses. Muitos investidores, sem estudo prévio, caíram na lábia dos rendimentos fáceis e amargam prejuízos.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Debate Descentralizado: stablecoins podem impactar outras criptomoedas

As stablecoins são possivelmente um dos pilares do mercado de criptomoedas atualmente. O USDT, por exemplo, é usado como medidor de demanda por investidores....
Trade na Uniswap baleia

Criador da Uniswap quer melhorar negociações de baleias Ethereum

Hayden Adams, o criador da Uniswap quer implementar uma melhoria para as negociações de baleias de Ethereum. Um estudo está sendo feito em conjunto...
US Marshals na vigilância do telhado bitcoin

Polícia americana contrata empresa para armazenar bitcoins apreendidos

A polícia dos Estados Unidos quer guardar os bitcoins apreendidos em operações e para isso, contratou uma empresa especializada, a Anchorage Digital. De acordo com...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias