Número de empresas comprando bitcoin e criptomoedas no Brasil volta a subir

Dados da Receita Federal do Brasil mostram que mulheres diminuíram a presença no mercado, mas empresas seguem atentas.

A Receita Federal do Brasil (RFB) divulgou os dados de negociações de investidores de bitcoin e criptomoedas para fevereiro de 2023, mostrando que o número de empresas que investem no mercado voltou a subir.

Isso porque, após uma alta demanda de ativos digitais por empresas brasileiras, o número caiu bruscamente no início de 2023. De acordo com dados da RFB, enquanto em dezembro de 2022 mais de 65 mil CNPJs investiram, em janeiro de 2023 apenas 48.373 compraram criptomoedas.

Após a queda, em fevereiro de 2023 as empresas voltaram a se movimentar no mercado, quase alcançando 50 mil, quando 49.994 CNPJs declararam suas movimentações. Ao que tudo indica, as empresas não perderam o interesse nas criptomoedas.

Já em quesito CPFs, que representa investidores pessoa física, o mês de fevereiro de 2023 representa queda em relação a janeiro. Mesmo assim, mais 1,1 milhão de investidores realizaram aportes no mercado cripto.

Empresas e pessoas que declararam operações com criptomoedas para a Receita Federal do Brasil em fevereiro de 2023
Empresas e pessoas que declararam operações com criptomoedas para a Receita Federal do Brasil em fevereiro de 2023.

Brasileiros já negociaram mais de R$ 30 milhões no mercado de criptomoedas em 2023, mulheres recuam em operações

Os dados referente ao fechamento do primeiro bimestre de 2023 mostram que o ano começou movimentado em corretoras brasileiras de criptomoedas. Isso porque, mais de R$ 30 milhões já foram movimentados no mercado nacional, entre bitcoin e outras criptomoedas.

Negociações de criptomoedas no Brasil declaradas por brasileiros para receita já superaram 30 milhões de reais em 2023
Negociações de criptomoedas no Brasil declaradas por brasileiros para receita já superaram 30 milhões de reais em 2023.

Em 2022, por exemplo, a soma de janeiro e fevereiro movimentou apenas R$ 25 milhões, ou seja, o ano de 2023 começou melhor.

Contudo, no mês de fevereiro um dado curioso é revelado nos dados divulgados pela receita federal. Isso porque, o número de operações realizadas por mulheres investidores de criptomoedas é o menor desde junho de 2022. Isso porque, apenas 17,5% das operações foram de pessoas do sexo feminino.

Já o percentual do valor das operações do sexo feminino é o menor desde maio de 2021, com apenas 10,7% em fevereiro de 2023.

Recua o número de investidoras de criptomoedas em fevereiro de 2023
Recua o número de investidoras de criptomoedas em fevereiro de 2023.

Bitcoin segue com maior número de operações entre investidores, e supera mais de 1 milhão de reais declarados por brasileiros

Com relação às criptomoedas mais negociadas por brasileiros, o bitcoin surge com o maior número de operações, superando 1.352 mil operações em corretoras. Além disso, mais de 1 milhão de reais foram negociados em bitcoin, no mês de fevereiro de 2023.

A Tether (USDT) segue como a moeda com maior valore de operações entre investidores. Outras stablecoins que estão entre as dez mais negociadas são USDC, BRZ e BUSD.

Entre as altcoins favoritas dos brasileiros estão Ethereum, MATIC, SOL, CHZ e ADA, completando as dez criptomoedas mais negociadas em fevereiro de 2023.

Criptomoedas mais negociadas por brasileiros em fevereiro de 2023
Criptomoedas mais negociadas por brasileiros em fevereiro de 2023.

No último mês de janeiro de 2023, chamou atenção para a alta no volume, quando investidores declararam mais criptomoedas que nos últimos sete meses.

💰 $100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na maior corretora de criptomoedas do mundo e ganhe até 100 USDT em cashback. Acesse Binance.com

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias