“Nunca duvidei”, diz família que vendeu tudo para comprar bitcoin em 2017

Família que vendeu tudo para comprar bitcoin em 2017 acredita que moeda digital valerá $ 200 mil em 2022.

Siga no
Didi Taihuttu Familia
Didi Taihuttu Familia

No início de 2017, quando o bitcoin era negociado por $ 900, uma família resolveu embarcar em uma empreitada arriscada, eles venderam tudo que tinham para comprar bitcoin. Isso resultou em uma troca de o conforto de casa por uma vida na estrada.

Didi Taihuttu, sua esposa e três filhos apostaram tudo no bitcoin e o resultado naquele ano não podia ser melhor, a moeda digital atingiu $ 20 mil depois de 9 meses da compra por $ 900.

No ano seguinte, no entanto, uma “fatalidade”, o bitcoin desabou em mais de 80%, deixando o mercado desesperado.

O que a família fez?

Comprou muito mais bitcoin.

Depois que a bolha estourou e o preço caiu para cerca de $ 3.000 no início de 2018, Taihuttu e sua família não se intimidaram.

“Quando o bitcoin caiu, começamos a comprar mais.”

Dois anos se passaram e o bitcoin voltou a brilhar, ultrapassando mais uma vez seu valor histórico deixando a família com um lucro dobrado.

Em entrevista à CNBC nesta quinta (03) Taihuttu disse que nunca duvidou que o bitcoin iria se recuperar de sua preocupante queda de 2018.

Ele disse acreditar que o atual ciclo de alta pode levar a moeda digital para mais de $ 100 mil.

Acho que neste ciclo de alta veremos um pico mínimo de $ 100.000. Não ficarei surpreso se atingir $ 200.000 em 2022.

Taihutti atribui sua previsão de preço a uma previsível “crise de oferta” de bitcoin que seria impulsionada pela alta demanda de investidores institucionais que estão entrando no mercado. Exemplos são o PayPal, MicroStrategy, e várias outras.

Ele afirma que a decisão do PayPal de permitir que seus 350 milhões de usuários comprem bitcoin vai fazer a empresa ter uma alta demanda pelo ativo.

“Haverá uma grande crise de oferta, porque não haverá novos bitcoins minerados para atender às necessidades de grandes empresas”, disse Taihutti.

A família de Taihutti não é a única que espera uma grande alta do bitcoin nos próximos anos. Os irmãos do Facebook Cameron e Tyler Winklevoss acreditam que o bitcoin pode valer $ 500 mil em 10 anos.

Taihutti começou sua sua aventura no mundo do bitcoin em 2013, minerando a moeda digital, com o tempo a atividade de mineração ficou restrita a grandes empresa.

“Entramos no bitcoin porque queríamos mudar nossas vidas”, disse o pai de três filhos.

A família vive viajando o mundo por 3 anos agora. A jornada continua.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.
Imagem: Adobe Stock

Idosa de 77 anos perde tudo em golpe com Bitcoin

Após decidir participar do mercado de criptomoedas, uma idosa de 77 anos caiu em um golpe e perdeu todas as suas economias. O caso...
Montes de Bitcoins e Dólares em negociação transação compra venda

Empresa que rastreia criptomoedas desde 2014 compra Bitcoin pela primeira vez

Uma empresa que rastreia criptomoedas para governos desde 2014 anunciou nesta terça-feira sua primeira compra de Bitcoin como reserva de valor. Em 2021, muitas empresas...

Rússia pode usar Bitcoin para evitar sanções dos EUA

Alexander Pankin, vice-ministro das Relações Exteriores da Rússia, falou ao Interfax sobre os caminhos que seu país pode tomar para evitar sanções americanas, considerando...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias