Início Criptomoedas O papel das criptomoedas em uma economia global multipolar

O papel das criptomoedas em uma economia global multipolar

Dima Zaitsev da ICOBox sobre o papel das criptomoedas na diplomacia internacional cada vez mais caótica

-

ICOBox Dolar

Sanções financeiras acontecem desde a época da guerra do Peloponeso, quando Atenas tentou bloquear mercadores aliados à Esparta . Na história moderna, Cuba tem estado sob um embargo econômico desde 1960, o uso de sanções acelerou desde os ataques terroristas de 11 de setembro.

O Tesouro dos EUA é um dos órgãos geopolíticos mais poderosos do mundo, o que está levando a questões sobre a conveniência do dólar americano como a espinha dorsal do sistema financeiro internacional.

Por anos, o dólar americano serviu de base para a estrutura financeira global. À medida que as sanções se tornam mais populares como arma política, os debates entre a comunidade financeira também estão se aquecendo. A solução possível para difundir as tensões? Moedas digitais.

Com a notícia de que os EUA expandiram sua lista de organizações Russas e indivíduos sujeitos a sanções, as criptomoedas estão no centro das atenções para o papel que podem desempenhar no fornecimento de estabilidade em momentos de crise.

Elas podem, essencialmente, liderar uma estrutura econômica que pode ser analisada de maneira completamente imparcial.

As últimas sanções surgiram depois que a Microsoft disse ter frustrado as tentativas russas de lançar ataques cibernéticos contra grupos conservadores dos Estados Unidos.

As sanções adicionais do Tesouro dos EUA supostamente são contra duas companhias de remessas russas suspeitas de negociar com a Coréia do Norte.

Muitos estão preocupados, confusos e as tensões parecem estar aumentando continuamente; o público em geral precisa de algo que traga algum tipo de conforto durante esses tempos.

O principal debate em curso é se essas sanções são necessárias ou não. Como podemos criar um corpo governamental melhor, mais dedicado, mas severo?

A confiança é necessária para garantir um ambiente mais seguro e pacífico, e criptomoedas podem ajudar a estabelecer essa confiança.

Um dos aspectos mais negligenciados das criptomoedas é o seu poder de executar funções imutáveis ​​na blockchain.

Nada pode ser mudado depois de publicado e permanece lá. Com isto em mente, os países poderiam potencialmente usar essa função imutável para criar confiança entre si. Nenhum país poderia falsificar qualquer transação, e tudo seria legitimado e verificado via blockchain.

As sanções criadas pelas autoridades norte-americanas equivalem ao abuso da posição do dólar americano como moeda de reserva mundial e significam que infra-estruturas financeiras globais alternativas precisam ser desenvolvidas, afirmam os críticos.

Esses comentários não vêm de alguns “críticos crípticos”, mas do ministro das Finanças alemão, que nesta semana pediu a criação de um novo sistema de pagamentos que não dependesse dos EUA.

Heiko Maas disse que a Europa não deve permitir que os EUA ajam “acima de nossas cabeças e às nossas custas” em seu uso cada vez mais regular de sanções financeiras.

Então, como podemos consertar isso? Uma solução complexa, mas alcançável, seria adicionar uma alternativa econômica subjacente secundária, na forma de criptomoeda.

As declarações de Maas eram definitivamente interessantes. Embora a incapacitação total dos Estados Unidos de estar na vanguarda da atividade econômica global seja improvável e, mais do que provável, impossível, a questão agora levantada é se um novo tipo de infraestrutura precisa ou não ser ativado.

Embora as criptomoedas possam permanecer discutível como um ativo, não é nenhum segredo que a tecnologia por trás disso tem cientistas da computação em todo o mundo pensando muito.

Permitir a imutabilidade e a velocidade das transações dentro de uma economia global pode ser um ponto de partida.

Os países poderiam utilizá-lo em um campo de teste; Vamos dar um exemplo teórico, certos países são inseridos em um pool onde uma criptocorrência definiu restrições sobre o que pode ser comprado, no entanto, nenhuma sanção específica é aplicada.

Um consenso global é alcançado depois que as transações são concluídas de forma completa e eficiente.

As transações e ações podem então ser analisadas uma por uma para discrepâncias específicas, e se algo der errado nessas transações, o consenso estabelece uma restrição.

Em vez de especulação, pela primeira vez, o fato puro e a democracia estão tecnologicamente integrados a um sistema financeiro.

Em tempos de crise econômica, vimos países se voltarem para as criptomoedas. Por quê?

Se necessário, uma criptomoeda pode ser codificada para possuir apenas uma quantidade finita.

Mesmo como uma espécie de garantia econômica global, algo assim poderia manter a economia global fluindo de uma maneira benéfica para todas as partes.

Os países atualmente sob sanções poderiam então passar por testes. Se eles falharem nos estágios iniciais e tentarem quaisquer transações que os reguladores tenham concordado que não realizariam, ou se surgirem outras preocupações, então uma sanção obrigatória poderia ser estabelecida.

A diplomacia poderia então depender de informações factuais e imutáveis, algo que não foi visto até agora, mas poderá em breve ser possível.

Anúncio

Nexo

Empréstimos na hora por transferência bancária usando sua criptomoeda como garantia sem vendê-la. Ganhe juros de até 8% ao ano em suas Stablecoins.

Comece agora
Curta nossa página no Facebook e também no Twitterpara começar e terminar o dia bem informado. Cadastra-se também na Newsletter para receber em seu e-mail.
Mateus Nunes
Mateus Nuneshttps://livecoins.com.br
Analista de Sistemas, aprendiz e entusiasta de criptomoedas e blockchain. Sugestão de pauta: [email protected]

Veja também

Diretor jurídico da Unick se entrega e cumpre prisão em casa com tornozeleira eletrônica

Fernando Marques Lusvarghi, diretor jurídico da Unick e dono da SA Capital se entregou para a polícia no último dia 22 (sexta). Ele era...

Mãe e ex-cunhada do “rei do bitcoin” são sequestradas, amarradas e ameaçadas de morte

A mãe e a ex-cunhada do empresário Claudio Oliveira, dono do Grupo Bitcoin Banco – empresa de criptomoedas que deve R$ 616 milhões a...

Prosegur foi atacada por ransomware que pede Bitcoin como resgate

A empresa de segurança Prosegur foi atacada por um ransomware, que pede resgate em Bitcoin. Os softwares da empresa na área de telecomunicações foram...

Justiça de SP determina bloqueio de mais R$ 532,7 mil da Genbit

A Justiça de São Paulo determinou o bloqueio de mais R$ 532,7 mil da Genbit, exchange que promete rendimentos de 5% a 15% mensais,...

Gráfico de regressão linear mostra tendência da Ripple (XRP) indo a Zero

Um analista do criptomercado fez um polêmico estudo nos últimos dias. Nele, o preço da criptomoeda Ripple (XRP) poderia chegar até zero, já em fevereiro...

Ações contra a Genbit na Justiça de SP passam dos R$ 3 milhões

A Gensa Serviços Digitais, grupo que controla a Genbit - antiga Zero10 Club - responde a quase 50 processos na Justiça de São Paulo....

Escreva seu comentário:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Diretor jurídico da Unick se entrega e cumpre prisão em casa com tornozeleira eletrônica

Fernando Marques Lusvarghi, diretor jurídico da Unick e dono da SA Capital se entregou para a polícia no último dia 22 (sexta). Ele era...

Mãe e ex-cunhada do “rei do bitcoin” são sequestradas, amarradas e ameaçadas de morte

A mãe e a ex-cunhada do empresário Claudio Oliveira, dono do Grupo Bitcoin Banco – empresa de criptomoedas que deve R$ 616 milhões a...

Prosegur foi atacada por ransomware que pede Bitcoin como resgate

A empresa de segurança Prosegur foi atacada por um ransomware, que pede resgate em Bitcoin. Os softwares da empresa na área de telecomunicações foram...

Justiça de SP determina bloqueio de mais R$ 532,7 mil da Genbit

A Justiça de São Paulo determinou o bloqueio de mais R$ 532,7 mil da Genbit, exchange que promete rendimentos de 5% a 15% mensais,...