O tempo parece dizer sobre um novo topo histórico no Bitcoin

É mais cedo do que todos os ciclos. A sugestão histórica é de que ainda há tempo suficiente para realizar novas correções assim como novas ATHs.

Siga no

Preço a partir do Halving:

É possível este ciclo ser o de maior duração?

Ainda tem tempo se repetir como 2016, já que o ciclo anterior foi mais prolongado comparado a 2012.

Preço a partir da quebra da última All Time High:

É mais cedo do que todos os ciclos. A sugestão histórica é de que ainda há tempo suficiente para realizar novas correções assim como novas ATHs.

2011 ocorreu 4 correções com duração média de 80 dias. Sendo elas entre -40% a -55% de profundidade.

2013 apenas uma única correção de -75% de profundidade, demorou cerca de 210 dias até retomar o último topo. Após uma breve retomada de preços depois do grande mergulho, em 36 dias caiu -50%, a partir daqui apenas retomou alta.

2017 ocorreu 3 correções de preço, com duração média de 35 dias para retomada do último topo e continuação de tendência. A profundidade dos mergulhos foram entre -30% a -40%.

Já atualmente passou por uma correção no começo deste ano e agora passa pela segunda que ainda só podemos de fato confirmar após romper o último topo ($65,000). As correções são entre -30% a -55% de profundidade. Demorou-se cerca de 30 dias para recuperar a primeira retração, já a correção que ainda é vigente está a 140 dias do último topo.

Há uma breve semelhança com o primeiro ciclo, ainda que as correções foram mais agressivas e em maior número. Se este ciclo fica ainda mais parecido com 2011 no padrão de correções, ainda há 2 correções a se enfrentar, sugerindo novo ATH.

Ainda assim também a igualdade no aspecto corretivo em quantidade, comparando com 2017, já que as retrações foram menos agressivas em termos de porcentagem.

Olhando a partir do Halving, o topo de 2011 e 2013 foram mais rápidos, já 2017 demorou mais que todos até agora, pode ser que isso ocorra novamente. O ciclo atual seja mais longo que todos os anteriores, inclusive 2017.

Os ciclos são parecidos no aspecto técnico e padrão de correção. O ponto é: Os momentos que ocorreram no passado têm semelhanças com os movimentos atuais, a sugestão é que ainda vamos mais alto!

Reservas de Bitcoin em todas as Exchanges (Gráfico 1h)

As Reservas de Bitcoin dentro de todas as trocas, estão numa acumulação a mais de 39 dias no mesmo patamar de quando Bitcoin custava no fim do ano passado cerca de $20,000 ou quando era cotado por volta de $58,000 ainda em maio deste ano, agora parece lentamente perder a base deste suporte chegando em 2,426 milhões de BTC.

Reservas de Bitcoin em todas as Exchanges (Gráfico 1D)

Esse ajuste entre preço e patamares de oferta sugere no curto prazo continuar a retomada de preços. A oferta continuar a cair em direção ao nível do último topo histórico é um ótimo sinal de alta.

Ao chegar no mesmo nível em oferta (2,4 milhões BTC), quando Bitcoin era cotado em seu topo histórico, há possibilidades de continuar o enxugamento desta oferta, levando as reservas perderem este último fundo formado em meados de abril.

Fluxos de entrada/saída de Bitcoin + Netflow

É de se observar volumes crescente recentemente de saídas de BTC das corretoras, a continuidade desse padrão também é um sinal de alta, já que isso afeta diretamente as Reservas e devemos ver mais grandes volumes de saídas para carteiras externas.

O último pico foi de ~6,400 BTC, deixando um saldo positivo Netflow de ~5,000 BTC. Desde o começo desse mês são mais de 29,000 BTC para fora das trocas.

Detentores de médio prazo, 6-12 e 12-18 meses tem feito uma acumulação estável e vigente. Eles absorveram praticamente toda a correção e parte da acumulação. É de se esperar que esses caras guardem consigo seus BTC.

SCA em recorde atrás de recorde, HODLERS nunca parou de comprar, estão acumulando mais do que nunca.

Indicador UTxO Sum Coin Age (SCA)

Este indicador é o valor da soma das moedas não gastas, saída da transação em dias vivos e seu valor.

Detentores de longo prazo com idade 2-3 anos e de 12-18 meses continuam acumular forte, como é refletido no SCA. Desde o teste no suporte em $30,000 esses caras viram a mão para compra.

Indicador UTxO Age Distribution

Detentores de curto prazo com idade 1-4 semanas e 1-3 meses ainda não voltaram para o mercado, esses caras entram mais tarde e historicamente compram forte à medida que o preço sobe forte, o mesmo acontece na venda.

No entanto esses detentores se desfizeram mais cedo e ofertaram na correção, justamente para outra mão comprar.

Indicador UTxO Age Distribution

Portanto, quem continua a acumular desde o fundo são as mãos fortes que levam à longo prazo, grandes baleias, pequenos tubarões e também os mineiros estão nesta fase e sabemos que quando eles vendem um topo pode estar próximo. Ao acumular nessa faixa espera-se que a tendência de alta continue e avança o último topo.

Detentores de curto prazo vendem com prejuízo na acumulação entre $30,000 – $40,000, marcando um belo sinal de fundo, mostrando claramente que trocou de mãos, das fracas para os fortes.

Até quando o mercado está somente em alta, com topos e fundos ascendentes, ainda sim os negociantes de curto prazo vendem com prejuízo e no fundo.

Indicador de Mercado UTxO SOPR e aSOPR

Detentores de longo prazo SEMPRE vendem com lucro, o que nos mostra isto é o SOPR acima de 1.00

Os mineiros voltam acumular desde a correção até o suporte em $30,000, houve vendas de mineiros ao longo da correção, porém apenas pra complementar caixa já que houve a proibição na China e então tiveram que deslocar-se para outro local.

Reservas de todos os Mineiros (Gráfico 1D)

Recentemente postei o padrão identificado no MPI, que mostra quando os mineiros vendem.

As Reservas mostram o momento em que ofertaram venda, por volta de $25,000 a $30,000 bem no começo desde ano. Foi uma grande e maciça venda, voltando as Reservas a patamares de dezembro de 2019.

Comparado com a venda recente é de se concluir que os mineiros tendem a continuar acumulação, já que o MPI também está na fase amarela. Eles esperam um preço maior para novamente entrar com venda maior, no meio deste tempo eles são detentores como nós.

Todas as saídas das carteiras de Mineiros

As saídas de BTC das carteiras de mineiros está relativamente baixo, com alguns picos de volumes podendo ser pequenos mineiros capitulando.

O MPI indica isto, aos mineiros venderem fortemente é de se esperar um topo nos preços em seguida, isso também significa que este momento não é topo e vamos além do último topo histórico, seria uma questão de tempo? Pelo menos é o que os mineiros também esperam!

  • Ao clicar na legenda dos gráficos você é redirecionado direto para a CryptoQuant e pode visualizar o gráfico ao vivo.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gabriel Cordeirohttps://www.investemais.net/
Sou Gabriel, Gestor Fundo Privado na InvesteMais. Analista dados on-chain/Técnico. Investidor e Trader criptoativos. Atuava no Mercado Tradicional, agora é 24/7 Bitcoin!
Glaidson Acácio dos Santos em pronunciamento público sobre problemas da GAS Consultoria Bitcoin

Ministro Alexandre de Moraes nega habeas corpus ao “Faraó dos Bitcoins”

O Ministro Alexandre de Moraes do Supremo Tribunal Federal (STF) negou o pedido de liberdade e manteve preso o "Faraó dos Bitcoins", Glaidson Acácio...

“Ethereum é uma aposta melhor que o Bitcoin”, diz maior banco dos EUA

Em um começo de semana que marcou uma recuperação no criptomercado, principalmente entre os top 10, o Bitcoin vem ganhando parte do valor perdido...
Opensea

Cartunista acusa plataformas NFT de censura política

O mercado de NFTs tem ficado cada vez mais popular, com a possibilidade de artistas criarem obras digitais, venderem com suas próprias regras e...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias