Peso argentino é mais volátil que o Bitcoin

Última semana mostra moeda nacional da Argentina em apuros!

Siga no

A crise argentina é uma das piores da região da América do Sul. O país já está em um cenário próximo ao da Venezuela, que beira o caos para a população. Além disso, nos últimos sete dias o peso argentino é mais volátil do que Bitcoin (BTC), mostrando que o mercado cambial está totalmente descontrolado no país.

Uma moeda é uma forma de ter acesso a bens e serviços. Tal ativo cria na mente das pessoas um item desejado por ambas as partes de uma negociação. Isso facilita muito uma troca de valores, mesmo em um ambiente digital.

Com a criação das moedas nacionais, cada país teve uma forma soberana de tratar suas finanças. Com o tempo, o lastro dessas moedas passou a ser o Dólar, processo conhecido como Bretton Woods. Entretanto, nos últimos anos houve uma intensa a digitalização do dinheiro. Mas carregar as moedas fiduciárias para a web não reduziu seus erros, visto que no modelo atual é mais fácil ainda criar “novo dinheiro”.

Peso argentino é mais volátil do que Bitcoin

Certamente que o Bitcoin é uma moeda que vem tendo destaque nas crises. Em 2018, o  BTC ajudou argentinos, venezuelanos e turcos a evitarem as trapalhadas dos bancos centrais de seus países.

A emissão de moedas por bancos centrais é feita de forma centralizada, e ao menor sinal de crise, as entidades resolvem imprimir mais no mercado. Isso por vezes poderia controlar os problemas no curto prazo, mas afetam bastante no longo prazo a inflação, fazendo com que populações percam poder de compra. Certamente tal situação aconteceu na Argentina, afundando o país em um caos.

Na última semana de abril de 2019, de acordo com notícia do G1, a moeda argentina oscilou mais de 8% frente ao dólar. Isso porque os problemas cambiais no país datam de 2018, e mesmo após um ano o governo não conseguiu resolver os problemas.

No mesmo período apurado pelo G1 no fim de abril, o Bitcoin teve menos 4% de volatilidade. Ou seja, o Bitcoin que é conhecido por sua volatilidade teve metade do apurado pelo peso argentino.

Fonte: https://bitvol.info/

Crise no câmbio está longe da solução

A população argentina já procura formas de escapar de uma realidade caótica, um cenário próximo ao da Venezuela. Finalmente, em meio às polêmicas o governo anunciou ainda um congelamento de preços que pode piorar a situação, segundo especialista.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Robert Kiyosaki Imagem: Instagram

“Compre Bitcoin e Ethereum antes do maior crash da história”, alerta autor de “Pai...

Robert Kiyosaki, o autor do livro de finanças pessoais "Pai rico, Pai Pobre", insiste que as pessoas se protejam da maior crise do mundo,...
Elon Musk alerta sobre criptomoedas. Imagem: TMZ

Elon Musk pede agilidade para que Dogecoin faça melhorias

Após passar um tempo afastado das criptomoedas, esta semana Elon Musk voltou a se mostrar mais ativo no Twitter. Após a AMC divulgar estar...
Itajaí Moeda digital de recompensa

Itajaí vai dar moeda digital para quem contribuir com meio ambiente

O município de Itajaí, no estado de Santa Catarina, vai dar uma moeda digital para a população que contribuir com o meio ambiente. A novidade...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias