Pesquisa da Visa revela aumento de interesse em pagamento com criptomoedas na América Latina

Novo estudo da Visa avalia a mentalidade de pagamento do consumidor da LAC e revela anseio por novas tecnologias de que facilitem e tornem a vida mais prática.

Siga no
Bitcoin, Cartão Visa e Dólar ao fundo criptomoedas
Bitcoin, Cartão Visa e Dólar ao fundo

A Visa revelou em uma pesquisa recente que cresce a população na América Latina que quer pagar com soluções emergentes, como as criptomoedas, por exemplo.

A América Latina é a região que compreende os países que falam os idiomas espanhol, português e francês, ou seja, é a junção da América do Sul e Central.

E essa região tem chamado atenção mundial pela ampla adoção das criptomoedas como meio de pagamento. Em El Salvador, por exemplo, quaisquer transações podem ser feitas em Bitcoin, moeda que acabou se tornando de curso legal em setembro.

Já na Venezuela, o governo tem legalizado transações com criptomoedas nos últimos anos, apesar de não existir uma lei para isso. Cuba é outro país que já permite, através de uma medida recente do banco central local, o uso de criptomoedas para transações, sendo uma medida para evitar o uso de Dólar entre a população.

Em países como Brasil, Argentina e México, os maiores em economia da América Latina, a situação acaba sendo promissora, com mais empresas aceitando essas como meio de pagamento. O Mercado Pago é uma grande empresa que opera nestes países e já permite a compra de Bitcoin, mas que deverá liberar em breve opções como meio de pagamento no Mercado Livre.

Pesquisa da Visa revela aumento de interesse em pagar com criptomoedas na população da América Latina

Segundo a quarta onda de pesquisa da Visa intitulada “Mentalidade do Consumidor (Consumer Mindset)”, foi identificado que as pessoas querem mais métodos de pagamentos inovadores em suas vidas.

Entre eles, o pagamento por aproximação foi um dos principais destaques (57%), assim como com carteiras digitais em lojas físicas (48%) e compras online (45%). Mas esses consumidores estão querendo ainda mais inovações em suas vidas.

Segundo a pesquisa divulgada pela Visa, um exemplo é a crescente popularização dos pagamentos entre pessoas (P2P) na região, com 55% dos pesquisados interessados na facilidade de configuração que as plataformas P2P oferecem.

Para Vanesa Meyer, vice-presidente e head de Inovação e Design para a Visa América Latina e Caribe, os dados mostram que as pessoas querem facilidades para suas vidas, o que reflete em uma busca por melhores meios de pagamentos digitais com tecnologias inovadoras.

“Com esses novos insights, vemos claramente que, cada vez mais, o consumidor da LAC tem abraçado uma mentalidade digital e, mais do que nunca, busca conveniência, confiabilidade e formas de facilitar a vida”.

Questionados se estão dispostos a adotar novas soluções de pagamentos, muitos declararam que sim, colocando as criptomoedas entre os destaques.

O estudo aponta que os pesquisados estão interessados em usar métodos de pagamento como biometria (35%), realidade aumentada/virtual (28%), criptomoedas (22%), compras via IoT (21%), tecnologia de voz/assistentes virtuais (18%), vestíveis (18%) e até implantes (13%) nos próximos seis meses.

Pessoas estão intrigadas com as criptomoedas

Quanto ao uso das criptomoedas e seu interesse crescente na América Latina, uma das justificativas para isso é que as empresas da região estão começando a aceitar como meio de pagamento.

Assim, como as criptomoedas são boas em proteger a identidade dos pagadores e são compatíveis com as tecnologias correntes, muitas pessoas estão de olho no setor.

Muitos disseram ficar intrigados quando veem outras pessoas usando criptomoedas para pagamentos, o que desperta ainda mais a atenção.

De qualquer forma, só 12% dos participantes acredita ser fácil pagar com criptomoedas e de forma instantânea, mostrando que a maior parte ainda não sabe ou entende como isso funciona.

Assim, para a Meyer, a pesquisa mostra haver espaço para concorrência na América Latina para empresas que oferecem essas soluções, sendo importante ajudar os consumidores a entender os detalhes de cada tipo de pagamento oferecido.

“Todos esses dados mostram que há espaço para os competidores certos entrarem no mercado e tornarem essas tecnologias emergentes mais acessíveis e compreensíveis para os consumidores da LAC. Hoje, mais do que nunca, é preciso que todos nós entendamos esses novos desejos e expectativas para podermos cocriar produtos inteligentes que ofereçam valor agregado a todo o ecossistema e atendam às novas necessidades da região”.

A Visa é uma empresa de olho no mercado de criptomoedas, assim como sua principal concorrente, a Mastercard.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Bitcoin dispara 10% após queda marcante

O Bitcoin surpreendeu com sua volatilidade de mercado e opera em alta de 10% nesta terça-feira (25), após várias quedas marcantes nos últimos dias....
Criptomoedas

5 criptomoedas para ficar de olho em 2022

O mercado de criptomoedas tem se mostrado cada vez mais promissor, cenário que deve se expandir ainda mais em 2022. À medida que esse...
Bitcoin sob pressão na Rússia, mineração, negociação, compra e venda

Além da Rússia, mais países pretendem banir o Bitcoin, diz minerador brasileiro

A mineração de Bitcoin poderá ser banida por mais países além da Rússia, segundo o minerador brasileiro Ray Nasser, CEO da Arthur Mining. No...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias