Phoenix Wallet permite receber Bitcoin na LN com app fechado

Phoenix permite pagamentos offline na Lightning Network

Siga no

Você concluiu um serviço para um cliente e vai receber em Bitcoin. O serviço foi simples, então você só vai cobrar cerca de 100.000 satoshis, que não precisam ser enviados para a blockchain; você prefere usar a Lightning Network porque tem liquidez rápida e menos taxas.

Seu cliente não responde e você já está com sono, então envia uma fatura da Phoenix para ele porque sabe que o aplicativo já permite receber bitcoins mesmo se a carteira não estiver ativa.

A empresa francesa ACINQ, responsável pelas carteiras da Lightning Network, Eclair e Phoenix, anunciou este novo recurso no Twitter em 20 de outubro de 2020.

Uma transação na Lightning Network em uma carteira não custodiante é como uma chamada telefônica: se a outra pessoa não atender, não haverá chamada.

Para uma carteira LN, você deve manter o aplicativo ativo até que o pagamento seja recebido para sincronizar com o pagador. Se não sincronizado, há até a possibilidade de uma interceptação do pagamento por um invasor.

Com este novo “truque de mágica” a equipe Phoenix afirma que o aplicativo fica em segundo plano com um gatilho de “despertar na hora certa” ao detectar que um pagamento está sendo realizado, resolvendo então o problema da sincronização.

Quando a mensagem de despertar chegar, uma notificação aparece. o pagamento é esperado por cerca de 30 segundos para que o aplicativo aceite ou o rejeite.

Se o pagamento for bem sucedido, a notificação mostrará o valor recebido.

Apesar de ter que reestruturar parcialmente o aplicativo, esse recurso tornou a carteira sem custódia mais amigável aos usuários, ao mesmo tempo que torna transações na Lightning Network mais parecidas com uma transferência de Bitcoin tradicional na blockchain.

A Lightning Network do Bitcoin evoluiu em 2020 com a adoção mais ampla do MPP (pagamentos multipartes), a ativação do WUMBO (canais grandes) e a maturidade crescente das carteiras fáceis para os usuários, como é o caso da Phoenix, Breez e Strike.

Em novembro de 2019, durante uma conferência da Lightning Network, a carteira concorrente da Phoenix, Breez, apresentou o Lightning Rod, uma solução semelhante para pagamentos assíncronos.

Além de receber pagamentos em segundo plano, a atualização mais recente da carteira Phoenix incluiu a criação automática de canais de pagamento; um novo método de criptografia de seed; um aumento nos metadados usados ​​para pagamentos; e a integração do explorador de bloco mempool.space.

A Phoenix continua criando recursos para assimilar ainda mais sua carteira com as carteiras tradicionais.

O Bitcoin tem sido criticado devido a sua dificuldade de executar pequenas transações, a LN resolve jutamente este problema.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Livecoins
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.

Pelé terá coleção NFT na plataforma Ethernity

Edison Arantes do Nascimento, conhecido mundialmente como Pelé, é o mais famoso jogador de futebol da história e é um grande ícone para os...

Rothschild investe R$ 26 milhões em Ethereum

A Rothschild Investment adquiriu mais de 265.302 ações da Grayscale Ethereum Trust, marcando seu primeiro investimento em Ethereum, o ativo digital nativo da plataforma...

Banco central da Turquia proíbe uso de Bitcoin para pagamentos

O banco central (CBRT) da Turquia proibiu o uso de Bitcoin no país, alegando que as criptomoedas possuem riscos significativos devido a volatilidade, transações...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias