Pirâmide que atua no Brasil usa contrato inteligente Ethereum

Sofisticação do golpe!

Siga no
Ethereum - Imagem Cortesia do Flickr
Ethereum - Imagem Cortesia do Flickr

Uma pirâmide financeira altamente sofisticada tem buscado atuar no Brasil, com a criação de um contrato inteligente em Ethereum. De acordo com um alerta publicado por um site americano, o golpe está focado na Colômbia.

As pirâmides certamente buscam alcançar as pessoas com promessas de rendimentos garantidos, fixos e fáceis. Neste caso, a DoubleWay é a bola da vez, que promete rendimentos de até 40 mil Ethereum por ano.

O preço do Ethereum hoje em dólares é de cerca U$ 124, ou ainda R$ 625 por unidade. Para entrar no golpe da pirâmide DoubleWay, que ataca a América do Sul, as vítimas devem depositar 0,08 ETH, que daria em torno de R$ 50, no mínimo.

Pirâmide financeira cria contrato inteligente em Ethereum e tem recebido visitas de pessoas do Brasil

Os crimes contra economia popular, conhecidos também como pirâmides financeiras, estão sofisticando sua abordagem. Isso porque, com a capacidade de criar negócios fraudulentos com uso da tecnologia blockchain, algumas pirâmides já se reinventam.

A mais nova pirâmide a atuar principalmente na América do Sul é a DoubleWay, que promete dobrar a quantidade de Ethereum através de recrutamentos. De fato, chamou atenção que a pirâmide apresenta seu modelo de negócios como presentes em Ethereum.

Ao presentear o contrato da DoubleWay com um valor, o usuário pode convidar pessoas para a fraude. Dessa forma, ele receberia “presentes” dos convidados, dobrando seus rendimentos.

No primeiro nível, um usuário que depositar 0,08 ETH na pirâmide ganhar 0,16 ETH de dois usuários. No último nível, um usuário que depositar 10,24 ETH receberia 2621,44 ETH de 256 afiliados. A quantia no último nível daria mais de R$ 1600 milhão, seguindo a cotação do Ethereum hoje.

Criptomoeda Ethereum
Criptomoeda Ethereum

Pirâmide já possui acessos do Brasil, contudo, Colômbia é público alvo

A Ethereum é a segunda maior criptomoeda em valor de mercado, além de permitir a criação de contrato inteligente. Contudo, a pirâmide DoubleWay não possui como foco o Brasil, mas tem sido mais utilizada pelos venezuelanos.

De acordo com o site americano BehindMLM, que publica alerta de golpes pelo mundo todo, esse é um esquema que tem atuado forte na América do Sul. Citando dados da Alexa, os países que mais visitam o site são Colômbia (50%), o Brasil (12%) e a Venezuela (8%).

Pirâmide possui acessos de Brasil, Colômbia e Venezuela, usa contrato inteligente Ethereum
Pirâmide possui acessos de Brasil, Colômbia e Venezuela, usa contrato inteligente Ethereum – Reprodução/Alexa

Segundo o BehindMLM, não fica claro quem está por trás da pirâmide DoubleWay, mas pela origem de acessos, não seria espanto verificar que seu dono está na região dos principais países que acessam o site.

Além disso, a DoubleWay possui uma forte ligação com outra possível pirâmide, que opera nos mesmos moldes. A Cryptohands, que também opera com Ethereum, possui modelo de negócios igual, e tudo indica que foi criada pela pessoa.

Isso porque, no código do contrato Ethereum da DoubleWay, o programador deixou indícios da Cryptohands. As empresas poderiam ser parceiras, mas não fica claro quem opera as possíveis fraudes.

Marca da Cryptohands mostra uma pirâmide, seria um sinal?
Marca da Cryptohands mostra uma pirâmide, seria um sinal?

Ambas as plataformas de ganhos mágicos, DoubleWay e Cryptohands, afirmam ser descentralizadas, risco zero e sem pessoas por trás. Mesmo assim, o BehindMLM destacou que quando as pessoas pararem de efetuar novos depósitos, o esquema ponzi eventualmente irá ruir.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Pelé terá coleção NFT na plataforma Ethernity

Edison Arantes do Nascimento, conhecido mundialmente como Pelé, é o mais famoso jogador de futebol da história e é um grande ícone para os...

Rothschild investe R$ 26 milhões em Ethereum

A Rothschild Investment adquiriu mais de 265.302 ações da Grayscale Ethereum Trust, marcando seu primeiro investimento em Ethereum, o ativo digital nativo da plataforma...

Banco central da Turquia proíbe uso de Bitcoin para pagamentos

O banco central (CBRT) da Turquia proibiu o uso de Bitcoin no país, alegando que as criptomoedas possuem riscos significativos devido a volatilidade, transações...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias