Playboy do bitcoin tem vídeo intimo vazado

No vídeo, uma das mulheres aparece "plantando uma bananeira." Marlon quer ser o "Dan Bilzerian brasileiro".

Siga no

Investigado por crime de estelionato, Marlon Gonzalez teve um vídeo vazado em grupos do Whatsapp onde aparece com duas mulheres nuas em um hotel de luxo. As informações são do Jornal Metrópoles.

Marlon é conhecido como “Playboy do Bitcoin“, e foi denunciado por fraude pelo MPDFT, o golpista oferecia as suas vítimas altas taxas de retorno sobre investimentos em criptomoedas.

De acordo com a reportagem, o vídeo onde Marlon aparece torrando dinheiro dos investidores provocou fúria e indignação nas vítimas da empresa que estão na justiça na tentativa de reaver valores aportados.

No vídeo, que pode ser visto abaixo, uma das mulheres aparece nua e “plantando bananeira”.

No vídeo também é possível ver Marlon mostrando pilhas de dinheiro, com vários bolos de 100 reais e 50 reais.

Playboy do Bitcoin torrando dinheiro dos clientes em hotel de luxo. Imagem: Metropoles
Playboy do Bitcoin torrando dinheiro dos clientes em hotel de luxo com mulheres. Imagem: Metropoles

O Jornal Metrópoles identificou o hotel e confirmou que o “playboy do bitcoin passou uma temporada em uma das regiões mais nobres do Rio de Janeiro.

 

As investigações atuais apontam que Marlon criou uma empresa chamada M3 Private. Com isso, ele captava dinheiro dos clientes para investimentos em Bitcoin.

Além disso, o golpista também dizia ter robôs de trade que operavam na Bolsa de Valores brasileira, a B3.

O sucesso de Marlon em viagens pelo exterior foi um dos pontos que chamaram atenção dos clientes. Com muitas viagens pelo mundo, o rapaz demonstrava que a empresa era de sucesso.

Marlon quer ser o “Dan Bilzerian brasileiro”

Depois de conseguir enganar várias vítimas com seu esquema em 2019, Marlon passou a querer ser o “Dan Bilzerian brasileiro”.

Para quem está perdido, Dan Brandon Bilzerian é uma celebridade do Instagram e jogador de pôquer, ele é conhecido principalmente por seu estilo de vida extravagante. Posando sempre com modelos usando biquínes de sua própria marca.

Marlon parece querer ser o “Bilzerian brasileiro”, de acordo com o Metrópoles, ele contratou 14 modelos, pagando cachês de R$ 2 mil (com dinheiro das vítimas) usando usa própria marca, a “Marlon Gonzalez Group”.

Quem é Marlon Gonzalez?

Marlon Gonzalez é investigado por ter dado um suposto golpe de R$ 3 milhões por meio de sua antiga empresa, a M3 Private. Ele captava dinheiro dos clientes para investir em bitcoins. Como de costume nesse tipo de crime, ele costumava prometer altas taxas de retorno sobre os investimentos.

Por causa das dívidas, no final do ano passado o golpista foi vítima de um sequestro real, segundo reportagem da emissora Record. Ele teria sido sequestrado por dois empresários que haviam investido R$ 152 mil na empresa e queriam a grana de volta.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Livecoins
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.
Departamento de Tesouro dos Estados Unidos

Departamento do Tesouro dos EUA quer ferramenta para rastrear Bitcoin

A agência dos Estados Unidos responsável pela implementação de sanções contra empresas, parte do Departamento do Tesouro, quer uma ferramenta capaz de rastrear o...
Polícia investiga negócio de criptomoedas no ES

Corretora cripto é alvo de operação policial por fraude bilionária

A polícia da Coreia do Sul realizou uma operação em diversos escritórios de uma corretora de criptomoedas após a empresa ter sido acusada de ser...
Criptomoeda Ethereum mãe do DeFi

Banco Central dos EUA elogia Ethereum e inovação com DeFi

O Banco Central dos Estados Unidos de St. Louis publicou um artigo elogiando as inovações da plataforma Ethereum. Ao criar aplicações bancárias com tokens,...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias