Polícia ‘apreende’ R$ 288 milhões em bitcoin, mas não sabe a senha

Valor dos bitcoins atualmente é de cerca de 53 milhões de euros. Uma semana atrás, eram seis milhões a menos.

Siga no

As autoridades alemãs confiscaram 1.800 bitcoins, atualmente avaliados em 53 milhões de euros, cerca de R$ 288 milhões, de um homem que já foi condenado por fraude em informática. Mas os investigadores não conseguiram a senha para ter acesso a carteira.

O Ministério Público tem acesso a carteira digital que permite movimentar os bitcoins. Mas o antigo dono da carteira se recusa a revelar a senha.

De acordo com as autoridades, o condenado que espalhava malwares na internet já terminou de cumprir sua pena após sua condenação em 2014. Porém, disseram, o homem não pode mais acessar os bitcoins: “especialistas da agência de aplicação da lei protegeram a carteira virtual de acesso externo.”

A promotoria só conseguiu vender 86 dos 1.800 bitcoins que o homem minerou ilegalmente nos computadores de outras pessoas. As autoridades conseguiram acesso a cerca de 500 mil euros para o tesouro do estado. Os 1700 bitcoins restantes ainda estão em poder do Ministério Público, mas sem solução de acesso até o momento.

Mineração ilegal

Em abril de 2014, o tribunal distrital condenou um jovem de 29 anos, entre outras coisas, por fraude de informática, Ele instalava secretamente um malware que minerava criptomoedas em computadores das vítimas.

Ele possuía mais de 1.800 bitcoins, que na época eram apenas uma fração de seu valor atual. Da quantia, as autoridades conseguiram acesso a 86 e venderam por 500 mil euros em 2018. De acordo com o promotor público Sebastian Murer, o dinheiro foi para o tesouro estadual.

Os 1.730 bitcoins restantes estão protegidos por senha. De acordo com o promotor, eles ainda não puderam ser acessados ​​“e estão protegidos contra acesso não autorizado”.

Resta saber se o tesouro do estado algum dia conseguirá os bitcoins. Até então, seu valor de mercado continuará subindo e descendo. Atualmente é de cerca de 53 milhões de euros. Uma semana atrás, eram seis milhões a menos.

Bitcoins fora do alcance do antigo dono?

As autoridades disseram que os bitcoins não podem ser acessados pelo antigo dono porque estão “protegidos de acesso externo”, mas isso não faz muito sentido.

Se o antigo dono tiver a senha da carteira e a seed, ou um simples backup da carteira, ele pode ser capaz de recuperar os bitcoins tranquilamente.

Por se tratar de um minerador experiente no mercado, muito provavelmente o jovem deve ter feito alguma cópia de segurança em algum lugar e no futuro certamente iremos ver alguma notícia sobre a recuperação dos bitcoins.

Bitcoin, vale lembrar, é uma moeda digital a prova de confisco e censura, quem entende o básico da moeda sabe que é possível tornar impossível que alguma autoridade confisque as moedas digitais.

Será que o jovem fez backup da carteira?

Só o tempo dirá.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.
Robert Kiyosaki Imagem: Instagram

“Compre Bitcoin e Ethereum antes do maior crash da história”, alerta autor de “Pai...

Robert Kiyosaki, o autor do livro de finanças pessoais "Pai rico, Pai Pobre", insiste que as pessoas se protejam da maior crise do mundo,...
Elon Musk alerta sobre criptomoedas. Imagem: TMZ

Elon Musk pede agilidade para que Dogecoin faça melhorias

Após passar um tempo afastado das criptomoedas, esta semana Elon Musk voltou a se mostrar mais ativo no Twitter. Após a AMC divulgar estar...
Itajaí Moeda digital de recompensa

Itajaí vai dar moeda digital para quem contribuir com meio ambiente

O município de Itajaí, no estado de Santa Catarina, vai dar uma moeda digital para a população que contribuir com o meio ambiente. A novidade...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias