Polícia Federal e Civil discutem criptomoedas em conjunto

Ao compartilhar informações, investigadores aprimoram conhecimentos no setor.

Polícia, Bitcoin e Bandeira do Brasil ao fundo, criptomoedas apreensão
Polícia, Bitcoin e Bandeira do Brasil ao fundo

A Polícia Federal e Civil de vários estados e Distrito Federal participaram de um encontro onde puderam discutir sobre criptomoedas em conjunto.

O Bitcoin é a maior criptomoeda do mercado e tem sido alvo de projetos de lei em todo mundo, assim como no Brasil. Logo, apesar de não ser uma moeda formalmente regulada como querem parlamentares e membros do estado brasileiro, esta tecnologia tem sido alvo de operações policiais no país.

Algumas dessas operações acontecem em casos de fraudes contra o sistema financeiro nacional, mais conhecido como esquemas de pirâmides financeiras. Crimes contra o direito do consumidor, assaltos, sequestros, entre outros mais já foram detectados pelas autoridades brasileiras envolvendo a imagem do Bitcoin e demais criptomoedas.

Várias operações já foram feitas por autoridades nacionais nos últimos anos, sendo uma das mais recentes a Operação Kryptos, em Cabo Frio, prendendo líderes de uma possível quadrilha de pirâmide financeira.

Contudo, outros crimes de colarinho branco com uso de criptomoedas também estão na mira das autoridades, principalmente os de lavagem de dinheiro.

Polícia Federal e Civil do DF fazem curso em conjunto sobre criptomoedas

O Ministério da Justiça e Segurança Pública realizou durante toda esta última semana um encontro entre a Polícia Federal e Civil do Distrito Federal.

Este encontro reuniu 108 agentes da polícia civil de todos os estados e Distrito Federal, mais a PF, para discutir sobre técnicas utilizadas para descapitalização das organizações criminosas.

Polícia Civil do Distrito Federal e Polícia Federal em evento sobre criptomoedas
Polícia Civil do Distrito Federal e Polícia Federal em evento sobre criptomoedas – Foto: Ascom/PCDF

Os agentes tiveram cursos sobre investigações patrimoniais, lavagem de dinheiro, criptomoedas, rastreabilidade, gestão e recuperação de ativos. Para o diretor de Operações da Secretaria de Operações Integradas, Jerry Antunes, essa é uma oportunidade de trocar informações e fortalecer o combate ao crime organizado no país.

“A oportunidade de trocar informações e discutir aspectos práticos e teóricos fortalece, cada vez mais, o combate ao crime organizado”.

Segundo o Ministério da Justiça e Segurança Pública no Brasil, o evento foi realizado pela Secretaria de Operações Integradas (Seopi), Secretaria de Gestão e Ensino em Segurança Pública (Segen) e Secretaria Nacional de Justiça (Senajus). Este evento foi sediado pela Polícia Civil do Distrito Federal.

Além de representantes da Polícia Federal, membros do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (COAF) e três representantes das Polícias Civis de cada estado estiveram presentes.

Cresce a capacitação de agentes da segurança pública brasileira em criptomoedas

Em nota, o MJ declarou que esta capacitação foi realizada no âmbito do chamado Projeto de Modernização de Operações de Segurança Pública com Autonomia e Integração para o Combate a Organizações Criminosas (M.O.S.A.I.C.O.).

A proposta deste projeto é apoiar investigações contra o crime organização, bem como ampliar a atuação em rede integrada dos profissionais que possuem essa atribuição. Para isso, o projeto tem três eixos como base, que são Operações, Capacitações e Aquisições.

No final de outubro de 2021, outra capacitação no âmbito do projeto já havia sido realizada para agentes da polícia do Nordeste e Centro-Oeste, mostrando que cresce a capacitação de agentes de segurança pública em criptomoedas no Brasil.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias