Polícia prende traficantes que lavaram R$ 38 milhões em criptomoedas

De acordo com a polícia o traficante criou uma companhia dedicada ao trading de criptomoedas.

Siga no
Polícia prende hacker
Polícia prende hacker - Reprodução

Um traficante holandês de descendência colombiana foi preso na Espanha. Além de vários carros de luxo e outros itens caros, a polícia suspeita que o criminoso possa ter lavado cerca de € 6 milhões (R$ 38 milhões) utilizando criptomoedas.

De acordo com um comunicado realizado no Twitter da Polícia Nacional da Espanha, o holandês preso já era bem conhecido pelas autoridades por um bom tempo. A sua identidade não foi revelada  para proteger a investigação.

Além da notoriedade do acusado na Espanha, a polícia também informou que ele estava atuando em parceria com um dos criminosos mais procurados pela Interpol. Ainda de acordo com o comunicado oficial, o homem apreendido fazia parte do Cartel Colombiano Cali e era representante de um famoso sindicato do crime na Europa, principalmente nos Países Baixos e do Reino Unido.

Criminoso pode ter lavado dinheiro usando criptomoedas

O criminoso holandês pode ter usado criptomoedas para lavar um quantidade milionária de euros. O site informou que o homem está sendo investigado desde 2018, quando a polícia da Espanha descobriu a existência do cartel criminoso com sede na província de Malaga.

Supostamente a gangue tinha “conexões com figuras históricas” do cartel da Colombia. A recente ação foi resultado da investigação que ocorria desde 2018 e levou à prisão do homem que comandava toda a rede de tráfico.

Segundo as informações o homem fugiu da Holanda para a Espanha para se esconder da polícia.

A parte mais interessante da história é que ele usava operações em criptomoedas para lavar o dinheiro ilícito. De acordo com a polícia o preso supostamente criou uma companhia dedicada ao trading de criptomoedas. As autoridades estimaram que o indivíduo possa ter movimentado mais de 6 milhões de euros sem ter declarado para autoridades da Holanda.

Durante a operação conjunta entre a policial da Espanha e da Holanda, as autoridades apreenderam € 85.000 em dinheiro, relógios de luxo, três carros, cartões de crédito ligados a contas em exchanges de criptomoedas, computadores e celulares. Já na Holanda foram aprendidos mais de $ 170 mil em diferentes criptomoedas.

Matheus Henrique
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.

Justiça manda bitcoin.org revelar quantos bitcoins brasileiro tem

A justiça do Estado de São Paulo expediu um ofício ao Bitcoin.org, considerado o site oficial do Bitcoin no mundo todo. O caso aconteceu...
BlackFriday-Bitcoin

Bitcoin com 20% de desconto na Black Friday

O bitcoin estará à venda com desconto nesta Black Friday, quando se espera que bilhões sejam gastos em todos os tipos de produtos e...
Imagem: Coin360

Por que o Bitcoin caiu $ 3.000 em poucas horas?

O Bitcoin não conseguiu superar seu preço histórico e caiu rapidamente de $ 19.500 para menos de $ 17.000. A moeda digital chegou enfrentar...

Últimas notícias

Bitcoin com 20% de desconto na Black Friday

O bitcoin estará à venda com desconto nesta Black Friday, quando se espera que bilhões sejam gastos em todos os tipos de produtos e...

Por que o Bitcoin caiu $ 3.000 em poucas horas?

O Bitcoin não conseguiu superar seu preço histórico e caiu rapidamente de $ 19.500 para menos de $ 17.000. A moeda digital chegou enfrentar...

Adolescente tem o sonho de ser investidor de criptomoedas

Um adolescente que ainda cursa o ensino médio no Brasil tem o sonho de ser investidor de criptomoedas ou trabalhar em uma agência bancária. O...