Preço do Bitcoin pode subir 1.000% e chegar em US$ 65 mil

Analista confirma que criptomoeda está pronta para viver nova onda extrema de valorização.

-

Siga no
Anúncio

O preço do bitcoin está alcançando valores que podem levar a criptomoeda a cotação de US$ 65 mil. De acordo com analistas do mercado, esse seria o preço do bitcoin até o final do ano. Sendo assim, o crescimento representaria dez vezes mais que o valor atual da criptomoeda no mercado.

O bitcoin já viveu momentos de valorização anual em que a criptomoeda subiu mais de 1.000%. Em 2017, por exemplo, o preço do bitcoin acumulou uma máxima de cerca de 1.320%, em um momento de completa valorização do mercado. Após a profunda desvalorização da criptomoeda em 2018, a tendência de queda está prestes a ser revertida.

Bitcoin já cresceu mais de 53% somente em 2019

Em 2019 o bitcoin já acumulou mais de 53% de valorização em apenas quatro meses. Esse aumento pode impulsionar o ativo digital em outras direções. Com o mercado aquecido a expectativa é de que o bitcoin continue crescendo nos próximos meses. Para alguns analistas, esse crescimento poderá atingir cerca de 1.000%. Sendo assim, o bitcoin deverá chegar até dezembro com uma cotação superior a US$ 60.000.

Anúncio

Segundo a previsão de um popular comerciante de criptomoedas, o bitcoin deverá chegar em US$ 65.000. Com esse preço a criptomoeda atingirá um valor impressionante no mercado. O perfil que anuncia o aumento do bitcoin nos próximos meses alega que a criptomoeda deverá ultrapassar um importante valor, antes de encarar uma abrupta onda de valorização.

Criptomoeda deverá atingir nível importante de resistência

O preço do bitcoin apresenta sólidos sinais de crescimento contínuo. Há pouco tempo a criptomoeda estava sendo cotada pouco acima de US$ 3 mil, quando uma reviravolta fez o bitcoin voltar a crescer no mercado. Desde então, níveis de resistência foram quebrados e máximas foram renovadas várias vezes em 2019.

Um dos maiores problemas para o bitcoin seria ultrapassar a faixa dos US$ 5 mil, o que já aconteceu. Isso permitiu ao ativo digital caminhar para chegar em valores próximos a grande queda que aconteceu no final de 2018. Naquele momento o bitcoin viu seu preço despencar para valores abaixo de US$ 6 mil. Desde então, a criptomoeda nunca havia voltada a essa faixa de valor.

Após ultrapassar a barreira dos US$ 6 mil, o bitcoin chega em uma cotação que pode elevar a criptomoeda para US$ 7 mil. Para o perfil Crypto Bitlord, essa faixa de preço deverá ser um grande divisor para o bitcoin. Após a criptomoeda ultrapassar os US$ 7 mil no mercado, a cotação do bitcoin estará pronta para renovar a sua máxima histórica de preço.

Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Paulo Carvalho
Paulo Carvalho
Jornalista em trânsito, escritor por acidente e apaixonado por criptomoedas. Entusiasta do mercado, ouviu falar em Bitcoin em 2013, mas era que nem caviar, "nunca vi, nem comi, só ouço falar".

Leia mais

Últimas notícias

Brasileiro é acusado de fraudar programa de recompensas de criptomoeda

Um brasileiro foi acusado de ter fraudado um programa de recompensas da criptomoeda Monero, na acusação, Everton Melo teria copiado a análise de outro...

Possível diretor da CVM destaca Bitcoin aquecido

Um possível novo diretor da CVM destaca que o Bitcoin atravessa um momento em 2020 bem aquecido e a autarquia está de olho. O...

PayPal entra no mercado de criptomoedas

O gigante dos pagamentos PayPal anunciou que vai entrar de vez no mercado de criptomoedas, a empresa vai permitir que seus clientes comprem, vendam...