Prefeitura de Birigui, em São Paulo, paralisa atividades após ataque ransomware

Serviços estão paralisados até correção, sem data prevista para normalizar!

-

Siga no
Computador infectado por ataque ransomware
Computador infectado por ataque ransomware

As maiores ameaças do mundo digital possuem certamente um nome: ransomware. A mais nova vítima de um ataque ransomware no Brasil é a Prefeitura de Birigui, cidade do interior de São Paulo.

O ataque teria acontecido no último dia 8 de janeiro, afetando os principais sistemas da prefeitura. As atividades de atendimento ao público tiveram que ser suspensas por hora, não havendo previsão para voltar a funcionar.

A cidade que possui cerca de 120 mil habitantes, fica a 500 quilômetros da capital do estado, São Paulo. Por lá, os serviços públicos estão paralisados desde a tarde do último dia 8.

Prefeitura de Birigui recebe ataque ransomware que pede resgate em Bitcoin

O departamento de informática da Prefeitura de Birigui tem passado por um desafio nos últimos dias. Isso porque um ataque ransomware foi conduzido na rede da prefeitura, que está sem atendimento ao público desde a última quarta (8).

De acordo com nota da prefeitura no último dia 9, o departamento de informática está trabalhando no caso. Mesmo assim, o atendimento ao público que necessita de equipamentos informáticos está suspenso.

A Prefeitura de Birigui informou que os atendimentos passam apenas por uma paralisação temporária. Contudo, não há previsão de quando os serviços serão normalizados novamente.

O atendimento ao público não será retomado hoje (9) sem previsão de volta. Pedimos desculpas pelo incidente e por transtornos gerados.

Resgate em Bitcoin é solicitado, porém, sem garantias

A prefeitura lembrou que ataques como este tem sequestrado dados e exigido pagamentos em resgates. Normalmente, os hackers pedem Bitcoin como pagamento, uma moeda virtual que funciona pela internet. A moeda, que funciona de qualquer local do mundo, é a maneira mais segura para que estes recebam um pagamento sem se identificar.

O problema é, que mesmo realizando o pagamento da quantia solicitada, não há garantias de que os sistemas serão liberados. Alguns hackers, ao receber seu pagamento, somem sem desbloquear os serviços.

A Prefeitura de Birigui, por exemplo, pegou um vírus considerado de última geração, semelhante ao que recentemente atacou uma empresa de turismo e pediu R$ 12 milhões para desbloquear os sistemas.

O Brasil é um dos países que estão na mira de grupos hackers que atuam na América Latina. Um dos motivos seria a enorme quantidade de empresas do país, além dos baixos investimentos em segurança digital, negligenciado por grande parte destas.

Eleições municipais de 2020 poderão ser alvos de ataques hackers

Segundo Altieres Rohr, colunista do G1, 2020 será marcado por espionagem, ataques hackers e eleições municipais. Ou seja, o ano está ainda mais propício para que hackers atuem na região, uma vez que haverá uma maior exposição de informações.

O ano será interessante para a segurança digital do Brasil, pois casos de espionagem poderão se intensificar. Além disso, Rohr afirmou que as empresas devem tomar cuidado com vazamentos de dados, que são desafios vividos, principalmente na era da LGPD.

Segundo um levantamento da Veritas, cerca de 25% dos computadores do mundo estão expostos à ransomwares em 2020. Um dos motivos seria o uso do Windows 7, sistema operacional descontinuado pela Microsoft. A empresa anunciou o fim do suporte ao sistema para o próximo dia 14 de janeiro.

A reportagem do Livecoins entrou em contato com a Prefeitura de Birigui, que até o fim desta não havia comentado o ataque sofrido. Ainda não está claro, portanto, quanto foi solicitado, se será pago o resgate e qual a extensão dos danos sofridos. Assim que tivermos mais informações iremos atualizar este texto.

Saiba tudo sobre:
Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Anúncio

Bitcointrade - 95% dos depósitos aprovados em até 30 minutos!

Eleita a melhor corretora do Brasil. Segurança, Liquidez e Agilidade. Não perca mais tempo, complete seu cadastro em 5 minutos!

Complete seu cadastro em 5 minutos!
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertolucci
Entusiasta e estudante de Bitcoin, graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Mapa da América do Sul no Globo

Bitcoin explode na América do Sul, na contramão do mundo

O Bitcoin é uma moeda digital que não tem nenhuma relação com nenhum governo, sendo totalmente descentralizada. Em meio à pandemia, o interesse no...

Justiça aceita pedido de recuperação judicial da BWA Brasil, suspeita de golpe com bitcoin

A 2ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais do Foro Central Cível de São Paulo aceitou o pedido de recuperação judicial da BWA Brasil....
Yuan Digital (Moeda Digital da China)

China vai testar moeda digital com Uber Chinês

A China é uma das principais economias do mundo, e está lançando uma moeda digital, que será testada primeiramente pelo "Uber Chinês". Chamada Didi...