Prefeitura de Vitória sofre ataque hacker igual ao STJ

Até a UNIMED da cidade chegou a ser atacada, mas conteve a ação.

Siga no
Hacker segurando criptomoeda Bitcoin
Hacker segurando criptomoeda Bitcoin

A prefeitura de Vitória, Capital do Estado Espírito Santo, sofre com um ataque hacker na última semana. Em nota, a prefeitura informou que o ataque sofrido é semelhante ao realizado contra o STJ.

Conforme anunciado pelo Livecoins, os ataques hackers se intensificaram na última semana. Os alvos são principalmente órgãos públicos, como STJ, Ministério da Saúde, entre outros.

As ações chamaram atenção do governo federal, que através do GSI emitiu um alerta para sites públicos. De qualquer forma, as ações continuam a assolar vários domínios, inclusive com ransomwares.

No caso da Prefeitura de Vitória, a equipe de TI trabalha desde o dia 7 para reabilitar os sistemas. Em nota, a prefeitura afirmou que estão sendo priorizados sistemas essenciais, como os de educação, saúde, entre outros.

“A Prefeitura de Vitória informa que, na noite do último sábado (7), os servidores do município foram alvo de um ataque global de hackers, a exemplo do que aconteceu com os servidores do Superior Tribunal de Justiça. Todos os serviços on-line da Prefeitura estão momentaneamente indisponíveis”, afirmou em nota a nova vítima de um ataque.

Até a UNIMED de Vitória, de acordo com A Gazeta, foram alvos de ataques. No entanto, a empresa afirma ter controlado o ataque e não precisou paralisar os serviços. Mesmo assim, contratou uma empresa de segurança para investigar o incidente.

Ataque hacker na Prefeitura de Vitória atrapalha até processos na justiça

O ataque hacker que atingiu a prefeitura de Vitória levou o Tribunal Federal de Justiça da 2.ª região a congelar os processos do município. Isso porque, com a indisponibilidade dos sistemas, a Procuradoria do Município de Vitória estaria com problemas.

O Livecoins entrou em contato com o TRF2, que comentou que os prazos processuais estão paralisados até o dia 27 de novembro. Ou seja,

“O referido ataque hacker foi à Procuradoria do Município de Vitória e, em razão disso, o TRF2 suspendeu os prazos processuais exclusivamente dos processos em que figure como parte aquele município, entre os dias 9 e 27 de novembro de 2020”, afirmou o TRF2 ao Livecoins em nota.

No caso do ataque ao STJ, o órgão havia um backup que segue sendo restaurado. Após mais de uma semana do ataque ao tribunal, vários serviços ainda estão parados, mesmo com ajuda do exército e polícia federal.

No caso da Prefeitura de Vitória, não foi divulgado se o órgão tinha backup e como estão sendo feitos os reparos. De qualquer forma, fica claro que o mês de novembro é um desafio a segurança cibernética de órgãos públicos brasileiros.

O Livecoins procurou a Prefeitura de Vitória, mas não recebemos retorno até o fechamento desta matéria.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Vista do teatro AMC Empire em Manhattan cinema Bitcoin

“Paguem com qualquer criptomoeda, mas por favor, voltem aos cinemas”, diz maior rede de...

A rede de cinemas AMC, a maior do mundo no setor, já anunciou anteriormente que pretende aceitar Bitcoin na compra de ingressos para os...
Imagem de Dólar e Bitcoin fundos

Criador de Fundo de Hedge com Bitcoin é condenado a sete anos de prisão

O criador de dois fundos de hegde com Bitcoin, Virgil Sigma e do VQR, que operavam em Nova Iorque, foi condenado pela justiça dos...

“Bitcoin salvará as pessoas da cultura do cancelamento”, diz New York Times

James Poulos, um dos colunistas convidados do New York Times, publicou no famoso veículo de notícias um ensaio onde explica como o Bitcoin pode imunizar...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias