“Presidente da Aliança Mundial de Esportes” é preso por golpe com criptomoedas

O réu foi condenado a uma acusação de cometer fraude, sem uma estipulação de sentença até o momento, que será dada pelo juiz em breve, mas pela lei dos EUA, esse tipo de condenação leva a uma pena máxima de 20 anos de prisão.

O site da justiça dos EUA divulgou na última sexta-feira (18) um mandado de prisão contra Asa Saint Clair, que se dizia o presidente da associação Aliança Mundial de Esportes (World Sports Alliance), por usar a associação para participar de um esquema de pirâmide que lesou mais de 60 vítimas.

De acordo com o comunicado, o promotor de Nova York, Damian Williams anunciou a condenação Asa Saint Clair, também conhecido pelos nomes Asa Williams e Asa Sinclair, após um julgamento de uma semana presidido pelo juiz Kevin Castel.

A condenação afirma que Saint Clair participou de um esquema com criptomoedas que utilizava a associação World Sports Alliance para angariar fundos para o esquema.

“Saint Clair desenvolveu um esquema que enganou mais de 60 vítimas que deram empréstimos para a sua organização, a World Sports Alliance, que estava ligada a um suposto lançamento de uma moeda digital chamada IGObit.”, diz o comunicado.

De acordo com a condenação, Saint Clair falsamente apresentou aos investidores a ideia de que a World Sports Alliance estava “intimamente ligada” à Organização das Nações Unidas, e que eles iriam receber a garantia de retorno em seus investimentos.

No entanto, como é de se imaginar, o dinheiro arrecadado foi usado para gastos pessoais e benefícios próprios de Saint Clair. O golpe foi muito mais simples do que um esquema de pirâmide, ele só roubou todo o dinheiro e não investiu em absolutamente nada.

Durante a condenação, o promotor ressaltou que o júri determinou que o réu era culpado de ter usado mentiras para enganar pessoas comuns.

“Como o júri decidiu, Asa Saint Clair usou de mentiras para enganar pessoas comuns do dinheiro que elas lutaram para conseguir, prometendo lucros garantidos se elas investissem na IGObit, uma moeda digital que a World Sports Alliance estava supostamente desenvolvendo.” , disse Williams.

Ainda de acordo com a condenação, Clair afirmava que a Worlds Sports Alliance estava trabalhando com a ONU para promover os “valores do esporte e da paz para um mundo melhor”, mas na verdade “estava apenas promovendo o aumento da sua conta bancária.” 

A WSA não tinha nenhuma ligação real como a ONU ou qualquer outra agência nacional ou internacional.

O réu foi condenado a uma acusação de cometer fraude, sem uma estipulação de sentença até o momento, que será dada pelo juiz em breve, mas pela lei dos EUA, esse tipo de condenação leva a uma pena máxima de 20 anos de prisão.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.

Últimas notícias