Presidente do Banco XP acredita que Bitcoin é bolha

XP já teve sua própria corretora de criptomoedas no mercado, mas encerrou atividades em 2020.

Siga no
Bitcoin em bolha
Bitcoin em bolha

O presidente do Banco XP, da XP Investimentos, acredita que o Bitcoin seja uma bolha no mercado. Apesar disso, ele acredita no potencial da tecnologia por trás das criptomoedas, a blockchain.

A relação da XP Investimentos com o Bitcoin já teve dias melhores, com a empresa lançando até uma corretora no mercado. A XDEX, contudo, ela encerrou suas atividades em março de 2020, afirmando que um dos motivos para sua saída era a falta de regulamentação das criptomoedas no Brasil.

Recentemente, um dos principais concorrentes da XP, o BTG Pactual, começou a dar um amplo suporte ao mercado de criptomoedas. Um dos produtos lançados pelo banco foi um fundo de investimentos com exposição de 100% ao Bitcoin.

Presidente do Banco XP acredita que Bitcoin é uma bolha de mercado

Em entrevista para o Valor Econômico, José Berenguer, presidente do Banco XP, falou sobre incomodar os bancos no Brasil, levando mais competição ao mercado financeiro nacional.

Para conseguir esses objetivos, Berenguer afirmou até que o banco ligado à XP Investimentos vai lançar mais produtos. A promessa de José é que essa instituição se torne uma das grandes no Brasil, nos próximos anos.

Contudo, a visão do presidente do Banco XP sobre as criptomoedas não é nada animadora. De acordo com ele, investir em Bitcoin é perigoso, atravessando um momento de bolha.

Berenguer disse ainda que para montar uma posição de investimento ele precisa entender um determinado ativo. Como isso não consegue fazer com as criptomoedas, ele teme pelo pior.

“Posso estar errado, tem muita gente ganhando dinheiro”

Como tem muita gente ganhando dinheiro com criptomoedas, o presidente do Banco XP acredita afirmou que pode estar errado em sua visão. Ou seja, há como montar posições de investimentos, ainda que ele não saiba como fazê-lo.

Mesmo assim, José Berenguer ainda disse que apesar de não gostar do Bitcoin, é um fã da tecnologia blockchain. Segundo ele, tanto a base das criptomoedas quanto a possibilidade de tokenização, aliadas ao surgimento de novas plataformas, são ferramentas com amplo potencial de uso.

“Isso é fascinante e vai continuar crescendo’, declarou o presidente do Banco XP

A XP Investimentos é uma empresa que já testou um produto ligado ao mercado de criptomoedas no Brasil. Apesar de não mais trabalhar diretamente com as criptomoedas, a empresa lista hoje o Hashdex Bitcoin Full 100 FIC FIM IE, um fundo de investimentos com exposição de 100% ao Bitcoin.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Tesla. Imagem: Shutter Stock

Elon Musk diz que Tesla voltará a aceitar Bitcoin

A Tesla começará a aceitar Bitcoin novamente quando a maior parte do processo de mineração da criptomoeda for realizado por fontes de energia renováveis,...
Bitcoin regulação. Imagem: ShutterStock

Deutsche Bank diz que Bitcoin “passou dos limites” e não pode mais ser ignorado

A popularidade crescente do Bitcoin está incomodando governos e bancos centrais. A gota d'água foi a legalização da criptomoeda em El Salvador. De acordo...
Bitcoin Liberdade

Bitcoin, o novo Índice de Liberdade Econômica

Bitcoin pode ser a medida de liberdade mais neutra do mundo que nenhum país pode acusar de ter preconceito ocidental, ao contrário de alguns...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias