Programa Federal Agro 4.0 lança edital para startups

Programa deve levar mais tecnologias para o campo, inclusive a blockchain.

Siga no
Agricultura (Agro) e Tecnologia blockchain
Agricultura/Pixabay

Uma iniciativa federal interministerial foi lançada com o edital do programa Agro 4.0. Esse projeto espera receber propostas de startups que desenvolvem tecnologias para o setor rural.

O programa foi lançado pelos Ministérios da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), da Economia (ME) e da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) e a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI). A iniciativa deverá premiar em até R$ 4,8 milhões os projetos vencedores.

Com inscrições até o próximo dia 26 de setembro, podem participar do concurso empresas de base tecnológicas. Dessa forma, a iniciativa abre espaço para startups e agritechs enviarem seus projetos e receberem apoio para o negócio.

Com foco em melhora do setor rural, ministérios do governo federal lançam edital do Programa Agro 4.0

O Brasil é um país que tem no setor de agropecuária uma das principais rendas. Com clima e solo favorável, o país produz alimentos para grande parte da população mundial. O que é bom, contudo, tem um grande potencial para melhorar.

Isso porque, um projeto interministerial lançou um edital na última quinta (3). Chamado de Programa Agro 4.0, a iniciativa visa captar projetos de startups para ajudar na inovação do setor rural brasileiro.

As startups, e agritechs, deverão utilizar tecnologias 4.0 para inovar a produção rural brasileira. Dentre essas tecnologias, destacam-se a blockchain, IoT, inteligência artificial, entre outros.

“Serão investidos R$ 4,8 milhões em 14 projetos pilotos de adoção e de difusão de tecnologias 4.0”, afirmou comunicado do lançamento do concurso

De acordo com Pedro Correa Neto, secretário-adjunto de Inovação, Desenvolvimento Rural e Inovação do Mapa, a agricultura digital é uma das prioridades atuais. Em comunicado, Pedro destacou que “ações como essa fortalecem a rede de inovação no agronegócio brasileiro“.

Aumento da eficiência e produtividade com redução de custos é o foco do programa

O Programa Agro 4.0 deverá ajudar o governo federal a apoiar o setor não só nas propriedades rurais. Segundo Cleber Soares, diretor de Apoio a Inovação no Mapa, toda a cadeia produtiva deverá ter um melhor desempenho com as propostas.

Para Igor Calvet, presidente da ABDI, o programa ajuda na disseminação de tecnologias no setor rural. Dessa forma, há um aumento da eficiência e produtividade, aliada a uma redução nos custos do setor.

Foram propostas quatro temáticas de aplicação de propostas, que devem ser inscritas até o dia 26 de setembro. Poderão ser utilizados até R$ 4,8 milhões como investimento em 14 projetos pilotos, divididos nas quatro categorias do concurso.

A premiação varia de R$ 300 mil para até quatro projetos nas categorias 1, 2 e 3; a R$ 600 mil para até dois projetos na categoria 4. Os projetos selecionados serão conhecidos ainda em 2020 e terão, a partir da divulgação, um prazo de sete meses para a execução e outros 12 meses para o monitoramento dos resultados.

Antes de lançar o projeto, o governo fez uma pesquisa e 80% dos respondentes expressaram desejo de participar. O Ministro Marcos Pontes, do MCTI, afirmou que com as tecnologias 4.0 as aplicações podem ir “desde a coleta de dados para melhoria do solo até a aplicação precisa de defensivos, por exemplo“.

Cunhada pelo Bitcoin, em 2009, a tecnologia blockchain é uma das apostas do setor agropecuário brasileiro. Com essa inovação em um programa amplo de digitalização, o governo espera aquecer o setor e movimentar a economia brasileira.

As inscrições para o Programa Agro 4.0 podem ser feitas neste link.

Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Miami pode ser a primeira cidade a ter reservas em Bitcoin

O prefeito de Miami, Francis Suarez, vem, desde dezembro de 2020, considerando apostar no Bitcoin para fazer parte das reservas da cidade. Segundo Suarez,...
PayPal e Bitcoin criptomoedas blockchain

Ações do PayPal podem valorizar 46% “graças ao Bitcoin”, diz analista

Por causa do Bitcoin, o PayPal pode alcançar uma incrível valorização no preço das suas ações. Um analista da Mizuho Securities elevou sua estimativa...

Irã sofre com apagões, governo culpa mineração de Bitcoin

O governo do Irã tem apontado que os recentes apagões ocorridos no país têm sido causados pelo alto consumo das fazendas de mineração de...

Cotações por TradingView

Últimas notícias

Ações do PayPal podem valorizar 46% “graças ao Bitcoin”, diz analista

Por causa do Bitcoin, o PayPal pode alcançar uma incrível valorização no preço das suas ações. Um analista da Mizuho Securities elevou sua estimativa...

Irã sofre com apagões, governo culpa mineração de Bitcoin

O governo do Irã tem apontado que os recentes apagões ocorridos no país têm sido causados pelo alto consumo das fazendas de mineração de...

Banco Central da Nova Zelândia é hackeado

Há uma semana, no domingo (10), o Banco Central da Nova Zelândia foi alvo de um ataque hacker que deixou graves consequências. As autoridades...

Binance abre inscrições para voluntários no Brasil

Quem busca empreender com criptomoedas ou mesmo ingressar nas comunidades brasileiras, uma oportunidade de aprendizado surgiu nos últimos dias. A Binance, a maior maior...

Uganda desliga internet, comércio de bitcoins para de funcionar

Na véspera das eleições presidenciais, o governo da Uganda bloqueou, sem avisar, a Internet de toda população. Isso ocorreu depois de os ugandeses contornarem...