Reconhecimento facial ajuda polícia prender golpista de Bitcoin que roubou US$ 5 milhões

Golpista era procurado pelo FBI e tecnologia ajudou em sua prisão.

Siga no
Reconhecimento facial e Bitcoin
Reconhecimento facial e Bitcoin

Um golpista de carreira dos Estados Unidos, que já aplicou até fraudes com Bitcoin, foi identificado por um sistema de reconhecimento facial e preso pela polícia.

Com o avanço das tecnologias pelo mundo, uma das que mais seguem obtendo avanços é a de reconhecimento de imagens. Ao reconhecer uma foto ou vídeo, por exemplo, esses sistemas conseguem armazenar as características de uma pessoa.

Para isso, esses sistemas são treinados com grandes bases de dados, para conseguirem assim identificar com maior precisão as feições de uma pessoa. Mesmo que ela mude a cor do cabelo, ou deixe um bigode crescer, esses sistemas ainda permitem reconhecer uma característica com grande margem de segurança.

Implementados em sistemas de segurança, esse sistema acabou levando um homem foragido há 15 anos para a prisão.

Golpista de carreira que aplicou fraudes com Bitcoin é identificado por sistema de reconhecimento facial

De acordo com o departamento de Justiça dos Estados Unidos, Randy Craig Levine, 54, operou três sites na internet entre 1999 a julho de 2004. Todos eles eram ligados ao setor de apostas, mas acabaram enganando vítimas.

Para criar os sites, o fraudador criou uma empresa de fachada que operava os valores recebidos pelos internautas apostadores. O dono do golpe utilizava vários nomes para conversar com clientes, o que dava a sensação de uma empresa grande. Além disso, ele utilizava diversos sotaques em conversas por telefone, o que dava credibilidade ao negócio na visão dos clientes.

Ao receber o dinheiro, ele não abria contas em cassinos para apostas, como prometia aos clientes, mas embolsava o dinheiro e gastava com despesas pessoais.

Durante sua investigação, ele teve seu passaporte apreendido, mas solicitou um novo e fugiu dos Estados Unidos, em 2005. Na polônia, em 2008, ele foi preso pelas autoridades locais, mas novamente escapou da extradição.

O problema do golpista, que aplicou até golpes com investimentos em Bitcoin durante sua carreira, chegou no ano de 2020, quando tentou abrir uma conta bancária em uma instituição da Áustria, passando pelo sistema de reconhecimento facial. Ele foi detectado na hora, mesmo usando outro nome e preso.

“Durante o curso da investigação, e depois que seu passaporte foi apreendido pelas autoridades policiais, Levine solicitou e recebeu um passaporte substituto, que usou para fugir dos Estados Unidos em 2005. Em 2008, Levine, usando um pseudônimo, foi preso na Polônia. Enquanto estava em liberdade e aguardava extradição, Levine fugiu das autoridades polonesas e não foi localizado novamente até maio de 2020, na Áustria, quando as autoridades austríacas o identificaram usando o reconhecimento facial enquanto Levine tentava abrir uma conta bancária usando outro pseudônimo.”

Golpe com Bitcoin causou prejuízos de US$ 5 milhões para duas pessoas

Um dos golpes perpetuados por Levine durante sua ‘carreira’ roubou US$ 5 milhões de duas pessoas. Contudo, essas duas vítimas nunca receberam nenhum valor, conforme apurado pelo The Verge.

Após fugir por 15 anos e aplicar golpes em vários países, o homem acabou sendo extraditado para os EUA, onde foi condenado nos últimos dias a 48 meses de prisão mais uma multa de US$ 600 mil, que deverá ressarcir os clientes.

“Na sexta-feira [13], um juiz do distrito federal em West Palm Beach sentenciou um residente de Boca Raton que estava foragido por 15 anos a 48 meses de prisão por enganar as vítimas para que lhe enviassem dinheiro para abrir contas de jogos de azar no exterior ou em cassinos de Las Vegas, o que ele nunca fez.

O juiz também ordenou que o réu pagasse mais de US $ 600.000 em restituição às vítimas”

Esse caso mostra que a vida dos golpistas está ficando mais difícil com as novas tecnologias.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Praia do Forte em Cabo Frio pirâmide com Bitcoin

Eagle Eyes, empresa do “Pastor do Bitcoin” em Cabo Frio suspende saques

A empresa Eagle Eyes, que operava com sede na cidade de Cabo Frio (RJ), é mais uma possível pirâmide usando a imagem das criptomoedas...

Segunda maior pool de Ethereum encerra atividades devido a restrições na China

A SparkPool, segunda maior pool de mineração de Ethereum, anunciou que encerrará suas atividades no dia 30 deste mês. Hoje a pool é responsável...

Empreendedores vs investidores, quem ganhou mais dinheiro com criptomoedas?

Qual será a melhor estratégia para ganhar dinheiro, investir direto em criptomoedas ou empreender em setores essenciais relacionados a elas? Neste artigo faremos um comparativo...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias